A Air China é uma das maiores companhias aéreas chinesas e vem quebrando paradigmas dos brasileiros com seus dois voos semanais para Pequim, com escala em Madri. Operados em jatos A330, eles oferecem um bom serviço com preços muito melhores que as concorrentes que fazem a rota para a Espanha, e têm se tornado a opção de muitos brasileiros.

A Air China é relativamente nova:  foi fundada em 1988 quando o governo chinês decidiu dividir as linhas que antes eram concetradas no departamento estatal de aviação civil em seis companhias aéreas. Com uma frota de 285 aeronaves, ela voa para 185 destinos no mundo, tendo hubs em Pequim e nas cidades chinesas de Chengdu e Pudong. 

O símbolo da Air China representa a fênix, ave lendária da China, e a palavra "VIP" estilizada. Mesmo não sendo luxuosa, a companhia foi eleita a 37ª melhor do mundo no último ranking do Skytrax -  para se ter uma ideia, ela ficou apenas cinco posições atrás da TAM e três atrás da KLM, além de superar companhias como a LAN, Taca, Air France e Avianca. É membro da Star Alliance.