Joanesburgo

Avaliações de Joanesburgo

Avalie Joanesburgo

  1. Cpy9r Carla Araujo
    há mais de 6 anos
    8,0
    Bom

    Johannesburg é aquela cidade que para muitos é apenas um ponto de passagem obrigatória, mas para os poucos que decidem pesquisá-la um pouco melhor, ela se revela uma excelente opção merecendo mais dias em seu roteiro.
    Minha dica é alugar um carro e se hospedar em Sandton. No primeiro dia vale fazer um city tour com parada obrigatória no Museu do Apartheid. Dedicar o segundo dia a vida selvagem e visitar pelo menos dois dos inúmeros parques existentes nas proximidades, como o Lion Park por exemplo. E no terceiro não deixar de conhecer um pouco sobre história com uma dose de aventura voando de balão e explorando cavernas no berço da humanidade. Deixei mais relatos no meu blog pessoal, passa lá: https://asaspraquetequero.wordpress.com/

    Como qualquer cidade grande é preciso estar atento no trânsito e a pé. Senti a mesma sensação de insegurança que no Rio de Janeiro, onde vivo. Mas nada que inviabilize seus passeios. Outro ponto negativo é o horário em que o comércio fecha. Não vi muita vida noturna nas proximidades de Sandton.

    Seja o primeiro a comentar essa avaliação. Cadastre-se ou faça login.

  2. Profilepicture Tico Brazileiro
    Recife - PE há quase 8 anos
    8,0
    Bom

    Hoje é dia de mais uma postagem retroativa. O destino de hoje é uma das principais cidades do continente africano e a maior da África do Sul. Estou falando de Johanesburgo, que historicamente era um assentamento de mineradores, que teve uma invasão europeia (em especial dos ingleses) com a notícia que era uma terra rica em ouro. Por volta de 1910, foi instituído o regime do apartheid, aonde negros e indianos foram pesadamente taxados, além de serem barrados na contratação de serviços não braçais. Após durar por cerca de 80 (oitenta) anos e desde o ano de 1994, que os sul africanos não tem mais essa discriminação racial, na qual era regulamentada em legislações locais.

    Apesar de não ser um destino tradicionalmente escolhido pelos turistas, estive por lá em 2011, enquanto aguardava o meu voo de conexão para Sydney, na Austrália. Neste período, ficou claro o benefício da Copa do Mundo realizada um ano antes, com vias largas e um ótimo aeroporto internacional. Mesmo com o sucesso do mundial de futebol, o principal esporte praticado por lá ainda é o Rugby, que é um pouco da herança dos ingleses.

    Num passado não muito distante, Johanesburgo detinha o péssimo título de cidade mais violenta do mundo. Ainda assim, as coisas estão muito mais organizadas e melhores, o que tranquiliza mais os turistas que ali desembarcam. A dica é ficar hospedado na cidade vizinha e parte da sua região metropolitana: Sandton City. Para os consumistas de plantão, é por lá que se encontra um dos maiores centros de compras da África do Sul, com mais de 400 (quatrocentas) lojas de marcas de moda local e internacional e deixando muitos centros de compras no mundo com inveja. O shopping está localizado ao lado da estação Sandton do Gautrain.

    Aproveitando o passeio, encontramos a Nelson Mandela Square, uma grande praça a céu aberto repleta de restaurantes com as mais diferentes especialidades (desde massas italianas, carnes e frutos do mar, até iguarias africanas, como pescoço de girafa e cérebro de macaco). Considerando que o Real tem se valorizado frente a diversas moedas, o câmbio é bastante favorável ao turista brasileiro, um motivo a mais para provar dos sabores que a África tem a oferecer. Para se ter uma noção, R$ 1,00 vale cerca de R 4,68 (a moeda local se chama Rand).

    Um dos restaurantes mais badalados da praça é o Montego Bay Seafood Restaurant, Sushi & Oyster Bar (http://www.montegobay.co.za/), que é um espetáculo em frutos do mar, além do atendimento bastante simpático por seus atendentes. Além disto, é uma ótima oportunidade para se experimentar um poucos do vinhos tintos de corte Shiraz, Pinot Noir ou Pinotage. Como não poderia deixar de ser, a minha escolha foi um assemblage sul-africano: o Kanu Rockwood Red, de cortes Shiraz, Cabernet Sauvignon, Roobertnet, Merlot e algumas uvas locais, da região de Cape Town (muito bom). É importante destacar uma curiosidade: na África do Sul, são produzidos mais vinhos brancos do que tintos. Principalmente os Chardonnay, Chenin Blanc, Riesling e Sauvignon Blanc. Com uma das mais repeitadas produções vinícolas do novo mundo, essa expansão se deu com o término do apartheid. Para os que gostam de uma culinária mais exótica e típica da região (com iguarias que variam desde pescoço de girafa, cérebro de macaco ou crocodilos), a dica é provar o restaurante Lekgotla (http://www.lekgotla.com/).

    Por fim, ir ao continente africano e não viver uma aventura num safári seria bastante frustrante. As opções são inúmeras e a mais indicada é sem dúvida o famoso Kruguer Park, que fica um pouco mais afastado (na fronteira com Moçambique) e tem o tamanho de Israel. Infelizmente devido ao tempo curto, a opção foi ir ao Lion Park (http://www.lion-park.com/). Dependendo do tempo de sua estadia em Johanesburgo, é possível escolher com calma a melhor programação. Os programas são dos mais variados, que incluem desde um tour pela vida selvagem africana numa espécie de “carro-gaiola” ou ainda se hospedar em um desses parques, para acordar nas primeiras horas do dia e se aventurar num tour caminhando, sempre acompanhado de um guia com um rifle, por questão de segurança. Além de ser possível interagir com vários animais típicos da África, também é possível encontrar uma espécie rara de leões. O Panthera leo krugeri, ou simplesmente o Leão branco, que distingue-se dos outros por conta de sua pelagem branca, decorrentes de anomalias genéticas. Apenas na África do Sul é possível conferir esta espécie rara, sejam adultos ou seus filhotes.

    Confiram um pouco dos registros que fiz com a minha máquina filmadora, mostrando um pouco mais da cidade e seus arredores de forma interativa: http://www.youtube.com/watch?v=DFRmdyjR_Dc

    Se quiserem outras dicas (inclusive de outros lugaress) que, em conjunto com as diversas do Melhores Destinos, podem adicionar/ ajudar e muito a sua viagem, convido todos a conhecerem o meu blog, baseado nas minhas próprias experiências pelo Brasil e pelo Mundo.

    Basta acessarem o endereço abaixo:
    www.ticobrazileiro.blogspot.com.br

    Também tenho uma fanpage no facebook, que peço que conta com todas as atualizações do blog: www.facebook.com/blogdoticobrazileiro

    Espero que gostem.

    A cidade é tão grande como São Paulo e possui os mesmos problemas sociais, como favelas, pobreza e claro: o trânsito. Mas, dá para conviver com isso tudo, pois é de forma ordenada.

    Avaliacao-joanesburgo Avaliacao-joanesburgo Avaliacao-joanesburgo Avaliacao-joanesburgo
    Seja o primeiro a comentar essa avaliação. Cadastre-se ou faça login.

  3. 264mw Camille Panzera
    Vila Velha - ES há 8 anos
    8,0
    Bom

    Muitos passeios legais, boa gastronomia, muitos shoppings.
    O Gautrain é ótimo, pena não ir para mais lugares.
    Não dá para deixar de fazer pelo menos um mini safári e conhecer o Lion Park.
    Achei curiosa a quantidade de carros importados nas ruas.

    Transporte público deixa a desejar e é preciso tomar muito cuidado com taxistas espertinhos.

    Seja o primeiro a comentar essa avaliação. Cadastre-se ou faça login.

  4. Cqm4r Fernando Assumpcao
    há 8 anos
    9,0
    Bom
    Avaliacao-joanesburgo
    Seja o primeiro a comentar essa avaliação. Cadastre-se ou faça login.