Cuba, sem choque cultural mas uma realidade muito diferente!

  • Missing Jose Matos    há 3 anos Balloon-quotation

    Estive em Cuba em fev/16. Os pontos negativos são todos da conta do governo! Não há crimes praticamente. Pode-se caminhar por qualquer lugar a qualquer hora inclusive da noite, nas ruas escurecidas pela fraca iluminação pública. Não há drogas. Mas há sim fome, não há opções de trabalho que não sejam para o governo q paga muito mal e cobra impostos excessivos. As residencias, "moradias" decrépitas são gratuítas, mas sem manutenção pois o povo não tem dinherio nem pra comer, e o governo não tem recursos para os consertos. Despencando mesmo! Assim como a educação, inclusive a superior, e saúde é também gratuita. Um "SUS" gigantesco que funciona bem entre o básico e o intermediario. Nas exigencias especiais a coisa muda. Não há empresas privadas de expressão. Tudo pertence ao governo. Táxis(carros coreanos basicamente) novos e modernos, na cor padrão amarela. Oníbus coreanos ou chineses, modernos e bons. Há um regime comunista que "proteje" o cidadão e o discrimina já que para ele tudo é proibido. OS carros antigos recuperados e lindos, são para o deleite dos turistas q pagam muito pelo seu uso. Os antigos (velhos)e não reformados, todos com motores a diesel adaptados(como se lá não existem auto peças?), sem suspensão, sem máquinas de vidros, pneus lisos e díspares, com muita fumaça interna, entupidos de pessoas já que não se observa o no. de passageiros. Cinto de segurança não é obrigatório. Estes são para o uso dos nativos e funcionam como lotação. Uma loucura as filas de carros grandes, velhos, barulhentos, fumacentos pegando pessoas em qualquer lugar! Um médico recebe mensalmente o equivalente a 40 dólares, o mesmo q a esposa de médicos do programa mais médicos do BR, recebe do governo cubano. É comum um garçom médico, ou enfermeiro ou engenheiro de eletrônica atendendo em bares pequenos e ou nos " paladares", q são pequenos restaurantes q existem nos apartamentos particulares. No geral, clandestinos, mas quando a fiscalização os descobre vem multas e altos impostos!
    A cesta básica do governo existe mas é uma piada, pela quantidade e ítens. Por pessoa, por quinzena! Básicamente arroz(3 libras peso) feijão(2 libras peso), quarto de frango(coxa e sobrecoxa), ovos(4 por quinzena), café(excelente mesmo!), açucar, pão(um diario). Leite sómente se houver criança na casa, carne não, higiene e limpeza não! A carne vermelha, de rês, é um capítulo a parte. O governo detém as fazendas de pecuária e sómente ele pode abater e vender a carne. As pessoas podem ter reses mas lhes é proibido abaterem. Então uma vaca vem a calhar, pelo leite, mas um boi não se deve ter pois não se pode abater. Os cavalos são mais cuidados ainda pelo governo, pois o indivíduo pode fugir a cavaleiro e abater o animal e vender a carne. Lá eles consomem. Falei a um nativo de q aqui no RS o cavalo é especial, amigo e como se fosse da família. O "cabrón" ficou olhando-me como quem não entendeu o espírito da coisa
    Mas vale a pena conhecer Cuba e Havana, sobretudo. Havana Vieja, fica perto de tudo! As pessoas são muito educadas e adoram os brasileiros! NÂO é mais necessário pagar-se taxa de saída do País bem como não exigem qualquer tipo de vacina. Tem-se q assinar no aeroporto, uma declaração q de não se é portador de nenhuma doença! Bagagens, não examinam! Dizem os nativos q a alfandega poderá examinar suas malas se vc estiver levando mais de uma. Internet é uma incógnita! Vc compra um cartão( tipo raspadinho) apenas nos 2 ou 3 grandes hoteis do centro, carrega os créditos em seu smartfone e tem q ficar no saguão ou na porta do hotel para obter o sinal da internet. Custo, 3 a 5 CUCs por uma hora. O hotel poderá resolver vender sómente para os hóspedes, mas com jeito e choradeira vc consegue comprar o cartão. Não há supermercados em Cuba. Pequenos mini mercados q vendem ítens afins ou segmentados, sómente laticinios e frango congelado e frios, ou sómente ovos e pasme, as padarias são um verdadeiro lixo. Mas o pão é bem cascudo mas muito bom.
    Recomendo visitarem o País, desde q sem " nojinhos" e podem falar mal do governo. O povo de lá não gosta do regime mas tem medo d falar. Preços de primeiro mundo, um CUC vale cerca de 1,14 dólares americanos, para serviços de 7.o ou 10.o mundo. O CUC é a moeda dos turistas, os nativos somente podem usar o Peso cubano q vale cerca de 15 centavos de dólar. Um aposentado recebe 250 pesos cubanos. Um kg de carne de vaca custa 25 pesos, então o consumo de frango é muito grande, também porq este faz parte da " cesta básica".
    Importantíssimo: as praias são maravilhosas porém de acesso caríssimo, translado refeições bebidas etc.. E Não deixem de levar sabonetes(as mulheres pedem), pirulitos(chupa chps), balas(caramelos ) e principalmente a maior paixão dos cubanos, crianças e adultos, os Chicletes! Te param na rua para perguntar com educação, se "tienes un chiclet"? Basta q vc esteja mastigando. Impressionante isto! Ah! Levem dólares canadenses pois estes não tem sobretaxas em Cuba. O dólar americano tem taxa de cambio, e taxa para a troca. E procurem ficar em casas de nativos como fizemos, as pessoas são amigas, dão excelentes dicas gerais. A não ser q queiram pagar cerca de 180 Cucs(R$ 700) a diaria! Um abraço !

Enviar Comentário