San Andrés

Passaporte/RG para ingresso no país

  • Hxj4h Jessica Schimpf    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Pessoal, boa noite!
    É o seguinte, eu estou a 15 dias de embarcar para San Andres com escala em Bogotá, e desdo dia em que escolhi o destino da minha viagem tinha plena consciência de que por conta do acordo do MERCOSUL, todo brasileiro (desde que a passeio) poderia embarcar para Colômbia APENAS com o RG legível e com menos de 10 anos de emissão.
    Acontece que, eu entrei em contato com a LAN, companhia com a qual eu viajarei, apenas pra confirmar a informação de que a vacina amarela NÃO É OBRIGATÓRIA, até ai ok, eis que falei do passaporte e o atendente MUITO do mal educado inclusive me disse que eu nunca conseguiria embarcar pra Colômbia sem Passaporte, que não faz parte do MERCOSUL, que eu estava louca, que seria barrado meu embarque, tudo isso com uma estupidez de dar gosto. Desliguei o telefone quase chorando e fui pro Google. Realmente, sites como consulado e Ministério do Turismo, afirmam que NÃO É OBRIGATÓRIO o Passaporte para embarque.
    Mas óbvio que depois do discurso ao telefone eu estou com a pulga atrás da orelha, e corri pra cá abrir esse tópico para perguntar: alguém por um acaso, conhece alguém que, ou foi barrado, num vôo GUARULHOS-SAN ANDRES com escala em Bogotá, por NÃO PORTAR passaporte?

  • Missing Renata    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    É tão barato e simples tirar um passaporte. O mesmo para a vacina de febre amarela. Nao entendo por que as pessoas insistem eu não fazer os dois e depois vir desesperadas nos foruns perguntando se dá pra viajar assim mesmo.

  • Hxj4h Jessica Schimpf    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Renata realmente é barato e simples, o problema é que não se tira um passaporte na mesma velocidade em que se tira um RG por exemplo, o processo é MUITO mais demorado. E eu não sei se você leu, mas eu coloquei ai no post mesmo que desde que eu fechei meu itinerário da viagem, a pouco tempo atrás, já tinha plena consciência de que pelo acordo do MERCOSUL, nós podemos entrar no país usando apenas o documento de identidade. O meu problema foi apenas um funcionário desinformado e com preguiça de ajudar igual tantos por ai, que me botou 1% de dúvida de uma coisa que eu já tinha 100% de certeza.
    Eu acho que o espaço aqui serve pra isso e muitas outras coisas, se você não está disposta a ajudar dizendo algo que acrescente basta pular pro próximo tópico do fórum, é bem fácil!

  • Hxj4h Jessica Schimpf    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    E deixando aqui pra quem possa interessar, entrei em contato com a ANVISA, apesar de já ter optado por tomar a vacina por precaução, e fui informada de que NÃO É OBRIGATÓRIO tomar mesmo, é bom se precavir pela questão de saúde mesmo, mas lá não consta NADA referente a ser obrigado a tomar.
    Fica a informação pra alguém que passe por essa preocupação de "necessário ou não"..

  • 264mw Camille Panzera    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Jessica, aqui no guia tem essas informações...
    A Colombia não faz parte do Mercosul (não é membro pleno), mas existe um acordo que permite utilizar o RG para viajar. A vacina também não é obrigatória, fica tranquila. A excessão da necessidade do passaporte é quando você faz conexão em um local onde o passaporte é obrigatório. Por exemplo, se você fizer conexão no Panamá, o passaporte é necessário, mesmo que a Colombia não exija.
    Quando você passar por esse tipo de situação e tiver dúvida sobre a necessidade do passaporte ou visto, procure a página do consulado do país no Brasil. Ligue pro consulado que eles te ajudam.

  • Hxj4h Jessica Schimpf    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Camille, muito obrigada!
    Realmente essa informação é muito "exposta", exatamente por isso eu fiquei encucada em ouvir de um funcionário da LAN, que é uma das companhias que mais fazem esse trecho, que sem o passaporte eu não embarcaria, e minha primeira opção era voar COPA, mas como no Panamá eu sabia que iria precisar, optei pela LAN mesmo por falta de tempo.
    Eu dizia pra ele que no site do consulado constava a informação do acordo, e ele batia na tecla de que Colômbia não era MERCOSUL, não sei se ele não tava entendendo o que eu falava, mas disse mil vezes que eu não embarcaria, e eu fiquei com aquele sentimento de "tranquei o carro, mas será que eu tranquei mesmo?" ahahahahaha.
    Enfim, obrigada mais uma vez, e acho bom esse tópico aqui com a sua explicação, porque eu já revirei esse site de ponta cabeça e sempre encontro pessoas com essa dúvida.

  • Missing Fabio    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Olá Jéssica, fique tranquila pois a Colômbia te aceitará apenas com a apresentação do RG e o preenchimento das fichas que te fornecerão.
    Quanto ao MERCOSUL, o referido país associou-se à ele no ano de 2004.
    Com relação à vacina de febre amarela, já que você a tomou, aproveite sua passagem pelo aeroporto e caso tenha um posto da ANVISA (sei que GRU, VCP e CGH possuem) aproveite e faça sua carteira internacional de vacinação, mesmo que desta vez não seja necessário, pode ser que você um dia precise, e ela valerá pelo tempo constante em sua caderneta de vacinação (10 anos a partir da data em que você tomou a vacina). Lembre-se de levar consigo a caderneta onde está o selo da vacina, assim a ANVISA emitirá a internacional com base nela (faça o pré-cadastro no site da ANVISA pois isso facilitará a emissão da carteira no posto do aeroporto).
    E lembre-se, como bem salientado pela Camille, o passaporte, bem como vistos, serão exigidos em caso de conexão por países que assim os exijam, logo, muito bem ponderada a informação da colega. Atente-se sempre a isso. Como você informou que estará viajando de LAN, depreende-se que sua conexão será nos países da América do Sul, o que não demanda esta preocupação.
    Abraços e boa viagem, divirta-se bastante!!
    Fábio

  • 264mw Camille Panzera    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Valeu, boa viagem! ;)

  • Missing Caroline M    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Jessica
    Tive essa dúvida há algum tempo atrás e entrei em contato diretamente com a embaixada. Segue a resposta:

    Embaixada - Bogotá - Setor Consular
    Prezada Senhora Caroline,

    Boa tarde.

    Os brasileiros a turismo não precisam de visto para ingressar na Colômbia e podem permanecer por período de até 90 dias.

    Os documentos necessários para a entrada são: documento de viagem vigente (passaporte ou carteira de identidade, com foto relativamente recente - recomendável até 10 anos de expedição) e passagens de ida e regresso da Colômbia. Não é necessário apresentar certificado de vacinação contra a febre amarela.

    Recomendamos fazer cópia de seus documentos e tê-los em seu email, para o caso de perda.

    Seguimos à disposição e desejamos excelente estada no país.

    Cordialmente,

    Setor Consular
    Embaixada do Brasil em Bogotá
    Calle 93, n. 14-20, 8º andar
    consular.bogota@itamaraty.gov.br
    Horário de atendimento:
    Segunda a sexta-feira 09h às 12h para solicitações e
    de 14h às 16h para entrega de documentos processados
    https://www.facebook.com/consularbrasilbogota

  • Missing Caroline M    há mais de 6 anos Balloon-quotation

    Se ainda tiver dúvidas, pode mandar email pra eles que são bem solícitos em responder.

  • N4gnm Helen Flaminio    há quase 4 anos Balloon-quotation

    Bom dia Pessoal,

    Gostaria de saber se alguem ja foi para Cartagena e Saint Andreas, e qual o roteiro que fizeram?

    Vou fazer essa viajem em abril e estou um pouco perdida por não conhecer nada.

    obrigada.

  • Missing Felipe    há quase 3 anos Balloon-quotation

    Olá pessoal! Vi que as postagens a respeito desse assunto estão um pouco ultrapassadas (3 anos atrás), e pesquisei sobre o assunto: (1) Vacina e Certificado Internacional de Vacina (2) Documento de identidade para entrada no pais.

    Vamos lá, utilizei como fonte o site do Consulado (BRA/COL):

    (1) Exigência de Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela na Colômbia: O ministério da Saúde Colombiano determinou a exigência de apresentação do Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre amarela (após 03/04/2017) a passageiros provenientes do Brasil para a entrada na Colômbia, por recomendação do ministério da Saúde da Colômbia. Lembrando que a imunização contra a febre amarela deve ser realizada com antecedência mínima de 10 dias antes da viagem.

    Fonte: http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/alertas/exigencia-de-apresentacao-de-certificado-internacional-de-vacinacao-contra-a-febre-amarela-na-colombia

    (2) Acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem: Devido à existência de acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem, cidadãos brasileiros podem ingressar no país portando documento de identidade civil, sem necessidade de passaporte. A exigência de RG emitido há menos de dez anos não consta do Acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem. Nos termos do Acordo, o RG brasileiro expedido pelas instituições competentes não tem prazo de validade e é documento hábil para entrada em países-parte do acordo. É necessário, no entanto, que o RG esteja 1) em bom estado de conservação e 2) com foto que permita identificar claramente o titular.

    Ainda nos termos do Acordo do MERCOSUL sobre documentos de viagem, se houver alguma dúvida sobre a identificação do portador (RG com foto antiga), o agente da imigração poderá solicitar outro documento com foto para esclarecer a identidade. É possível, caso o RG esteja com foto desatualizada mas em bom estado de conservação, argumentar que o procedimento previsto no Acordo do MERCOSUL sobre Documentos de Viagem autoriza o esclarecimento da identidade do viajante com base em outro documento com foto. Mas tal possibilidade será aplicada ou não a critério do agente migratório. Assim sendo, caso o RG conte com foto muito desatualizada, recomenda-se que cidadãos brasileiros solicitem novo documento de viagem (RG ou passaporte) a fim de evitar dissabores.

    Não são aceitos como documento de viagem: Certidão de Nascimento (mesmo para recém nascidos ou para menores de idade) e qualquer outro documento, mesmo aqueles que tenham aceitação como documento de identidade no Brasil, como Carteira Nacional de Habilitação, carteira de identidade de associações profissionais, de Ministérios, inclusive militares, ou emitidos pelos poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário da União e dos estados.

    Estrangeiros residentes permanentes no Brasil têm seu ingresso permitido mediante a apresentação do passaporte. O RNE não constitui documento de viagem, nem mesmo para o ingresso em cidades que fazem fronteira com o Brasil.

    Fonte: http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/seu-destino/colombia#entrada

  • Missing Felipe    há quase 3 anos Balloon-quotation

    Ou segue informativo do Consultado de forma resumida dos documentos obrigatórios para entrada na Colômbia a turismo:

    a) Passaporte vigente ou carteira de identidade em bom estado de conservação e com foto que permita identificar claramente o titular. Caso faça escala em país fora da região da UNASUL (Argentina, Bolívia, Chile, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela), é fundamental levar o passaporte e verificar a necessidade de apresentação de visto de trânsito; e

    b) Passagem de ida e volta da Colômbia.
    As autoridades colombianas têm soberania para solicitar quaisquer documentos adicionais.

    c) Comprovante de vacinação contra febre amarela.

    Fonte: http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/seu-destino/colombia

Enviar Comentário