Lara de Souza Vieira Saneto
Lara de Souza Vieira Saneto

  1. Avaliações de San Andrés Foto9 Lara de Souza Vieira Saneto
    Vitória - ES há quase 6 anos
    8,0
    Bom

    O Guia do Melhores Destinos é perfeito!
    Vou escrever os prós e contras aqui no mesmo post, para ter uma linha de raciocínio bacana.
    Preciso ressaltar que a ilha não é lá grandes coisas... Não espere hotéis de luxo e extremo conforto, grande infraestrutura, tudo lá é muito simples. Vale a pena pagar resort com tudo incluso? Não sei, depende do seu perfil. Eu e meu marido somos aventureiros (mais ele do que eu), mas preferimos pegar um hotel só pra dormir e investir mais nos passeios. Mesmo assim, o Noblehouse foi em torno de R$1.600,00. Muito caro pelo que oferece, não recomendo. Foram 06 diárias.
    Não foi exigido, mas tomamos vacina de febre amarela. Nos sites que pesquisamos, dizia ser obrigatório.
    A cidade a primeira vista me causou grande impacto. Fui com uma expectativa alta, afinal, é mar do Caribe, 7 cores, etc. Realmente, a água é impressionante, nunca na minha vida vi coisa igual! Me arrepio só de lembrar! É indescritível vc estar em alto mar e ver o fundo do mar... lindo! Mas a cidade em si é suja, com calçadas pocadas, gente feia cheia de rastafari... rsrsrs! Bom mesmo é o reggaeton, ritmo musical deles!!!
    O que é mais importante destacar é a tarjeta turística, paga em Bogotá (fizemos conexão lá) no balcão da companhia aérea no momento do check-in para San Andrés. Carregue com você sempre que sair da ilha e nunca a perca! É um documento super importante. Foi uns R$25,00 por pessoa. Troque moeda em Bogotá para o pagamento dessa tarjeta, pois só aceitam pesos colombianos. Para trocar moeda na Ilha, vá ao Banco Colômbia, fizemos nosso câmbio lá.
    Voamos de Lan e achei perfeito! Comida perfeita, atendimento nota 10 e pontualidade show.
    O aeroporto de San Andrés consegue ser pior do que o de Vitória/ES onde moro. Sem ar condicionado, passamos muito calor na chegada. Fiquei com receio de passar mal em Bogotá por conta da altitude (tive que dormir lá uma noite por causa da diferença de horário entre os vôos), mas me senti ruim mesmo na Ilha. Muito quente, parece que o ar é mais pesado... demorei uns minutinhos para me adaptar. Fui em agosto de 2013 e estava bem quente.
    Nós achamos tudo na ilha caro, na verdade, a média de preços é igual aqui em Vitória/ES. Para comprar, a rede de free shop La Riviera domina a ilha e tem preços muito bons de mala. O resto também é bom, mas na época que fomos a intenção nem era consumir tanto, até porque os passeios consumiram a grana toda. Fiquem atentos, pois tem muita loja falsificada. Não deixe de tomar café no Juan Valdez. Clássico na Colômbia, em San Andrés tem uma cafeteria bem na orla.
    Procure hotéis na Peatonal, praia principal e com os melhores hotéis/restaurantes. Na rua de trás fica o centro da cidade. Indico o Lord Pierre (na época que fomos ele não tinha disponibilidade) ou o Casablanca. Jantamos duas vezes no restaurante do Casablanca, ótima comida. Vá também ao restaurante La Regatta, é mais caro, mas fabuloso! Também tem o CaféCafé, para lanches, o Gourmet Shop Assho que é bom também e o Mister Panino, que fomos três vezes lá (é a melhor massa com frutos do mar, pelo melhor preço). Tem o Punta Sur que amamos, fica depois de La Piscinita. Não vá no Margherita e Carbonara!
    Sobre os passeios, faça quantos puder! Cada ilha tem uma cor diferente e todas são perfeitas. Johnny Cay é a mais linda de todas, não deixe de ir!!! Fomos uma vez só e nos arrependemos de não voltar de novo. Haynes Cay e Aquario são feitas juntas, geralmente após um passeio a Johnny Cay. Não pague somente pelo passeio das mata raias, não vale a pena. Quando começar a dar o horário de ir embora de lancha do Aquário, elas começam a aparecer.
    Faça com certeza o passeio de carrinho de golfe pela Ilha. Fizemos duas vezes e foi muito bacana. Ela é bem pequena, vale a pena alugar o carrinho por um dia e dar a volta. Alguns lugares são bem exploradores de turistas, tipo o Hojo Soplador. Se puder, não pare. Logo a frente, no restaurante Punta Sur (fica em uma curva) eles tem dois hojos e ainda uma piscina de água do mar. Comendo lá, você pode desfrutar de tudo.
    La picinita, lindo demais (você paga uns 2 reais para entrar)! Eu tenho gastura de peixinhos e nem entrei no mar, mas meu marido amou, tirou muitas fotos. Ah! Leve máquina a prova d'água!!! Nós levamos daqui dois snorkels e compramos os sapatinhos de neoprene lá. Isso tem que levar/comprar, ok? Lá tem muitos corais, fora e dentro da água.
    West View nós não fomos, pois estava cheio (você paga uns 2 reais para entrar). San Luís, uma das praias mais lindas também!! Rocky Cay fomos no último dia. É legal, você atravessa pra ir na ilha no meio do mar. Bacana é a vista da Ilhota para a Ilha de San Andrés.
    Não fomos na caverna de Morgan, não despertou nosso interesse...
    Com relação a segurança, é igual em todos os locais. Ficando atento e não dando bobeira, a ilha é bem tranquila. Eu tive dificuldade com a língua, lá eles falam muito embolado e rápido, além de não gostarem de repetir. A sorte foi que meu marido entende bem o espanhol. Mesmo assim, passamos alguns apertos até decifrar o que eles estavam falando.
    Na Peatonal a chatisse fica por conta do assédio aos turistas para fazer tranças no cabelo e alugar jet-ski. Compramos alguns passeios no Lord Pierre (tem uma "agência" antes do saguão do hotel), em uma casinha de turismo próximo a cafeteria Juan Valdez e a de Providência compramos perto da colônia de pescadores. Por falar nisso, só vá a Providência se tiver dindin sobrando. Fomos e nos arrependemos. Além de ter chovido no dia, resolvemos ir de catamarã e foi horroroso. 3 horas em mar aberto, as ondas batendo pra caramba pra chegar lá e ter que gastar quase 100 reais de táxi, pois na ilha tudo é longe. Acabamos voltando de avião teco-teco, gastamos uns 600 reais a mais e nem foi tão bom assim...
    Fizemos o passeio de Cayo Bolivar, lindo! São 40 minutos de lancha mega rápida. Mas o visual compensa! A ilha é desabitada, tanto que os carinhas do barco que fizeram nosso almoço. Experiência única que faria de novo. Foi um passeio caro, mas valeu a pena. Faça!
    Leve muito protetor solar, o sol lá castiga. O arroz em qualquer lugar que vc for comer é feito com côco. Ruim demais. Mas os patacóns são uma delícia! A maioria das refeições vem com o arroz de côco, patacón e peixe.
    Os preços do guia está bem atualizado, pode se programar por aqui com certeza.
    Espero ter ajudado! O melhor de San Andrés é poder conhecer o caribe por um preço super acessível! E de quebra, ver o indescritível mar de sete cores!

    Avaliacao-san-andres

    Comentários da avaliação

    • 264mw Camille Panzera há quase 6 anos

      Oi, Lara! Somos conterrâneas! :)
      Que bom que você gostou do nosso guia! Seu comentário tá super completo e cheio de dicas valiosas, você se importaria de copiá-las e colar no nosso fórum? Com certeza vai ajudar a planejar a viagem de outras pessoas! Abs! ;)

    • Foto9 Lara de Souza Vieira Saneto há quase 6 anos

      Camile, que bacana que você gostou! Sempre faço uma super pesquisa na internet antes de fazer qualquer viagem, porém nunca contribui em nenhum site. Como o guia do MD está fantástico, resolvi escrever um pouco sobre a minha viagem para ajudar outras pessoas também. Vou copiar lá no fórum, ok? bjo

    • 264mw Camille Panzera há quase 6 anos

      Que bom, Lara! Sinta-se convidada a escrever sobre outros destinos! Beijo! :)

    • Image Alex Rodrigues há quase 6 anos

      Oi Lara, gostei muito do seu comentário, com certeza vai ser muito útil pra mim, estarei indo em Maio pra Ilha, mas só uma duvida se puder me ajudar, vc não indica o Hotel Noblehouse? Estou com a reserva feita neste hotel...obrigado desde já.

    Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.