Douglas Sanches
Douglas Sanches

  1. Avaliações de Azul Linhas Aéreas Hyn7x Douglas Sanches
    há mais de 4 anos
    1,9
    Ruim
    Pontualidade
    Serviço de bordo
    Check-in
    Conforto do avião
    Entretenimento
    Cuidado com bagagem
    Atendimento dentro do avião
    Custo-benefício
    Voo Doméstico - Classe Econômica
    Data de ida: 19/11/2015

    Infelizmente nada, pois o voo não aconteceu.

    Isso não é mimimi, quero relatar algo muito chato, louco e porque não cômico da experiência que tive com a Azul:

    O fato ocorreu no dia 19/11 comigo e com minha esposa, nosso voo estava marcado para partir as 22h45 de Campinas com destino a Florianópolis (Voo AD 2786).
    Por se tratar de uma véspera de feriado em muitas cidades de SP, o aeroporto estava cheio e o voo atrasou, fazendo com que o embarque previsto para 22h05 fosse ocorrer apenas as 23h00. Normal, acontece!

    Tivemos que ingressar uma aeronave "Tryp", pois a aeronave "oficial" do voo não pode decolar. Dessa forma, os assentos marcados previamente já não tinham mais validade, ficando livre para cada um sentar onde bem entendesse.

    Após todos se ajeitarem, a aeronave iniciou o taxiamento pela pista e permaneceu assim por cerca de 40 a 50 minutos. Após essa longa espera, o comandante informou que teríamos que retornar ao ponto inicial pois a aeronave poderia estar sem combustível (mas ele não sabia afirmar, o que era muito estranho).

    Voltamos ao ponto inicial e ali permanecemos por mais uns 25 minutos, e sem nenhuma explicação por parte da tripulação. Após mais essa demora, fomos informados que a aeronave estava com problemas técnicos e deveríamos mudar de avião para seguir viagem.

    Dois ônibus do aeroporto deslocaram todos os passageiros para um novo avião. Seguimos no ônibus e paramos em frente a uma aeronave agora sim da Azul, mas tivemos que esperar todos abarrotados dentro do ônibus pois a aeronave ainda não estava pronta. Todos insatisfeitos começaram a falar alto e xingar dentro do ônibus, até que dois passageiros já de muito saco cheio começaram a dar tapas na porta do ônibus para sair.

    Passados uns 10 minutos fomos liberados para entrar no avião. Entramos e nos acomodamos mais uma vez com a esperança de chegar a nosso destino. Ledo engano amigos. 20 minutos depois a comissária anunciou que o voo não poderia mais acontecer pois as horas de trabalho da tripulação excederiam a carga permitida e não havia mais nada que pudessem fazer.

    Claro que a insatisfação foi geral e as pessoas começaram a ficar revoltadas, isso já era por volta das 01h30 da madrugada, fomos orientados a seguir para o saguão do aeroporto para pegar nossas malas e aguardar novas informações para a remarcação do voo.

    Nesse momento todos tinham dúvidas e queriam uma atenção da tripulação para saber como proceder e também para verbalizar sua insatisfação, eu não abordei ninguém, mas vi de perto passageiros tentando contato com a tripulação e sendo destratados fortemente.

    De volta ao aeroporto para buscar as malas, fomos informados que a Azul providenciaria um hotel para nós e que um novo voo aconteceria as 07h30.
    Depois de mais algumas filas para pegarmos os ônibus até o hotel, fomos conduzidos por cerca de mais uns 20 minutos até a área central de Campinas para o hotel, onde enfrentamos mais filas para check-in e elevadores. E todos muito cansados, com nervos aflorados e com muita fome, já que até esse momento apenas alguns afortunados conseguiram com algum custo um biscoito de polvilho de esmola da tripulação.

    A situação toda em si já é muito chata, mas o pior eu vou contar agora...
    Já conformados, ficamos no hotel, tivemos uma janta de bife, batata e arroz e subimos para os quartos lá pelas 03h00 da manhã para ter duas horinhas de sono, já que às 06h00 da manhã deveríamos estar prontos no saguão do hotel para tomarmos o ônibus de volta.

    Subimos nos ônibus as 06h00 da manhã (chuvosa) e seguimos para o aeroporto. Nesse ponto é importante eu salientar que os ônibus eram de uma empresa terceirizada, bem velhos e desconfortáveis. Não eram ônibus da Azul.

    Aí que aconteceu aquilo que seria cômico se não fosse trágico. No caminho, as malas de alguns passageiros caíram do bagageiro do ônibus para a pista. O motorista não notou e só foi saber porque um carro fechou o ônibus cerca de 1 km à frente do ocorrido para avisar. Fazendo os passageiros descer numa baita chuva para conferirem se suas bagagens ainda estavam ali.

    Não perdi minha mala, mas vi várias pessoas desesperadas com a situação, incluindo um casal com uma criança de colo, uma mãe sozinha com seu filho e uma garota que também viajava sozinha. O motorista fez o caminho de volta para tentar achar as malas, o que foi em vão. Nenhuma das malas foi encontrada e essa pessoas tiveram que seguir para o aeroporto, pois já eram 07h10, e o novo voo estava para decolar.

    Chegando ao aeroporto, debaixo de uma baita de uma chuva, tivemos que correr para dentro do aeroporto novamente com as malas e mais uma vez, nem tanto por mim, mas pelo casal com o bebê, pelas crianças e idosos, não havia sequer um membro da Azul com um guarda-chuva para ajudar esse pessoal. Digo mais não havia funcionário algum da Azul nem no ônibus e nem no hotel. Sério, uma grande sacanagem com os clientes.

    Ao chegar ao aeroporto, eu e minha esposa tomamos a decisão de não continuar essa viagem que deveria ser de lazer, uma viagem curta de três dias que já havia sido tomada por uma série de inconvenientes e trapalhadas por parte da Azul que fez com que desistíssemos dessa viagem. Não sou religioso e nem tenho superstições, mas já estava começando a acreditar que aquilo podia ser um sinal.
    Enfim, não sei como essa viagem atrapalhada seguiu, sei de alguns passageiros que estavam seguindo para o guichê da polícia para prestar B.O contra a Azul por causa das malas e outros que também estavam desistindo do voo assim como nós.
    Uma curiosidade, tenho viajado razoavelmente nos últimos anos, mas sempre por outras cias aéreas e sem problemas. Essa foi minha primeira experiência pela Azul, e que experiência! Parabéns Azul, me traumatizaram de primeira. Troféu Jóinha para vocês!

    Bom, apesar de ter sido ressarcido pelas passagens, ainda tive o prejuízo das minhas diárias do hotel, estacionamento, pedágios e transporte (algo em torno de R$ 2.500,00). Tudo isso a Azul fez por mim! Mais uma vez OBRIGADO AZUL (leia com sarcasmo aqui)!

    Apenas para terminar o meu desejo com esse texto é que ele viralize pelas redes sociais e faça com que a Azul tome providências em relação ao meu caso, ao caso das pessoas que tiveram suas malas jogadas na pista (sério, inacreditável isso) e que isso não volte a acontecer no futuro.

    Comentários da avaliação

    • Missing Andry há mais de 2 anos

      Eu fiz meu cadastro só pra comentar isso aqui.... Eu sei que foi em 2015, mas aconteceu!!
      Eu dei risada, me perdoe, não tive como segurar na hora das malas caindo na rua, foi trágico!! Estou literalmente chocada!! Inacreditável!!
      Só com esse seu cometário e em homenagem a todos vcs, hoje em 2018, não voarei nessa linha, ou enquanto puder evitar, estarei evitando. Merecemos respeito e mesmo não estando presente e fazendo tanto tempo, me sinto como cidadã também atingida.
      Lamento muito o ocorrido!!
      Fez bem em ter desistido, eu teria feito o mesmo, um sinal sim!! Beijos e boa sorte!! Deus abençoe vcs e todos desse bendito voo. Beijos

    Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.