Playa del Carmen

Não há como falar em Playa del Carmen sem mencionar Cancún. As duas cidades são dois hits do turismo mexicano, mas ao mesmo tempo vivem em completa antagonia. Se Cancún é um espaço moderno e grandioso, perfeito para compras, além de representar diversão o dia inteiro, Playa del Carmen é a prima hippie, alternativa e intimista, onde a tranquilidade é fundamental. Há quem diga que Playa é a Arraial de Porto Seguro, a Búzios do Rio de Janeiro ou a Pirenópolis de Brasília -  preferimos pensar que é um camarote de Cancún. 

As duas cidades estão a uma hora de carro uma da outra e, mesmo num curto espaço, representam gostos opostos. Cancún está para o gosto americano assim como Playa está para o europeu. A costa de Playa del Carmen fica protegida por Cozumel, o que significa (salvo exceções) mar tranquilo, limpo e esverdeado. O mar caribenho nesse padaço da Riviera Maia é um convite ao mergulho; pela longa faixa de areia da costa não se vê hotéis altos e estruturas grandiosas, pois tudo é simples e harmonioso. 

Playa é o tipo de lugar pra sentar-se numa mesinha e ficar observando o vaivém de pessoas na rua, tomando uma bebida para se refrescar do sol, ou pra curtir o clima de relax total. Na praia, o ritual é quase sempre o mesmo: pessoas deitadas em grandes colchões, aproveitando a sombra dos coqueiros. A cidade é pequena, mas seu público é tão variado que Playa se tornou um point perfeito para estudantes de inglês e espanhol fazerem intercâmbio e aperfeiçoarem os idiomas.  

A 5ª Avenida é o coração de PdC. Lá se concentram os restaurantes, as lojas, as pessoas e o charme. Seja de dia ou à noite, tudo acontece na 5ª ou ao redor dela; por isso não deixe de caminhar pela avenida diversas vezes. A localização da cidade é perfeita, ainda, para aproveitar os parques da Riviera, conhecer as ruínas maias, fazer um mergulho em Cozumel e descobrir a biodiversidade marinha que o Caribe reserva.

Ande, mergulhe, divirta-se e aproveite cada instante de sua viagem nesse refúgio divino.