Maldivas

Malé

0 avaliação
0% recomendam
0

Malé é a capital das Maldivas e provavelmente o portão de entrada no país.

Trata-se de uma cidade portuária, ligeiramente caótica, com prédios sem grandes atrativos espremidos numa ilhota. Há pouco para se ver. Caso seja inevitável passar uma noite próximo ao aeroporto, prefira a ilha artificial vizinha, Hulhulmalé, conectada por uma ponte e bem mais agradável.

Se tiver tempo e realmente quiser passear pela ilha — pequena e facilmente acessível a pé de uma ponta a outra —, há alguns pontos interessantes para visitação, como a Mesquita da Grande Sexta-feira (a maior mesquita das Maldivas, que é um país de maioria muçulmana) e o Museu Nacional. A praia artificial é uma decepção e nem de longe se compara às praias paradisíacas das outras ilhas.

Maldivas

Malé está em constante expansão e diversos aterramentos foram necessários ao longo do tempo. A perda de caracterização da ilha é visível, com paisagens nem sempre idílicas. Trânsito e poluição inacreditavelmente fazem parte dos pequenos 6,8 km² de área total da ilha.

Perder-se pelas ruelas da capital das Maldivas também é uma boa oportunidade para ver o dia a dia da população local, fora dos holofotes do turismo. É fácil perceber a paixão pelo futebol, presente na quantidade de estádios feitos em tão pouco espaço físico. Caminhar por Malé pode não ser o destaque da sua viagem pelas Maldivas, mas certamente vale a pena caso tenha algumas horas para matar antes de seguir com seu voo.


Male
Avalie Malé