Um clássico italiano: certamente, a Torre de Pisa é um dos monumentos mais marcantes do país. A inclinação do edifício impressiona, assim como a beleza de toda a Piazza dei Miracoli, principal ponto turístico de Pisa. A Catedral, o Batistério e o cemitério Camposanto são belíssimos, assim como a subida na torre, com seus degraus tortos (experiência única!). Mas se engana quem pensa que o turismo de Pisa se restringe à famosa praça. Na cidade está o cenário de uma das histórias mais polêmicas do clássico A Divina Comédia, de Dante Alighieri. A Torre della Muda, onde o conde Ugolino teria devorado os próprios filhos, fica na Piazza dei Cavalieri. E ainda é possível ver vestígios da torre, que se uniu ao Palazzo dell'Orologio em um projeto arquitetônico do famoso Giorgio Vasari. A Piazza dei Cavalieri, que sofreu diversas mudanças ao longo dos séculos, une o antigo ao moderno, já que hoje é palco de diversos eventos da cidade.

Pisa

Apesar da idade avançada, Pisa respira jovialidade: cidade universitária, é cheia de estudantes. Nas noites de sexta-feira e sábado, eles tomam as ruas, que viram um agito. Para quem gosta de museus, a cidade oferece variadas opções: Palazzo Blu, Museo Nazionale di Palazzo Reale e Museo Nazionale de San Matteo são alguns deles. Os que gostam de jardins também têm para onde ir: o Giardino Scotto, que foi um forte de observação, é belíssimo, assim como o horto botânico e o Lungarno delle Piagge. 

Gosta de compras? Pisa tem ruas específicas de comércio. Impossível sair de lá sem umas comprinhas. Também há feiras aos montes. Na Piazza Vittorio Emanuele II, barraquinhas de comidas típicas mostram o porquê de a culinária italiana ser tão famosa no mundo todo. Na Piazza delle Vettovaglie, feiras de frutas e de roupas enchem as ruas. Nos fins de semana, as pequenas ruas do centro histórico também são tomadas por vendedores que expõem artesanato. Depois de aproveitar tudo isso, nada como apreciar o pôr do sol: o de Pisa é maravilhoso.

Pisa  

Ah! Um dia incrível para estar em Pisa é 16 de junho. Todos os anos, os pisanos celebram San Ranieri de uma maneira inusitada (e belíssima): todas as luzes são apagadas e substituídas por mais de 70 mil velas colocadas nas janelas dos prédios ao longo do Rio Arno. As luzes das velas são refletidas no rio e a cidade vira um belo cenário! Luz e escuridão se encontram em um evento magnífico. No dia seguinte, uma regata dá continuidade à celebração do padroeiro da cidade. 

Bons restaurantes? Sim, tem aos montes. Você pode encontrar nossas sugestões na seção "Onde comer". São de dar água na boca! Agora que você já sabe que Pisa vai muito além da Piazza dei Miracoli, reserve pelo menos dois dias para conhecer essa cidade incrível! Nós garantimos: você não vai se arrepender! ;)