Melhores Destinos
Monique Renne Repórter fotográfica. Com um mundo inteiro a ser descoberto.

Museu do Louvre

O Museu do Louvre, em Paris, é o maior museu de arte do mundo e visita imperdível para quem está na capital francesa. Casa da famosa Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, o Louvre por si só já é uma grande obra de arte. Andar pelas galerias do Louvre não é fácil, já que estamos falando de um museu com mais de 400 salas, 35 mil peças em exposição e recorde de turistas nos corredores. Com um pouco de paciência — e até preparo físico — será possível ver as principais obras de arte e peças históricas, entre elas: A balsa da Medusa, de Géricault; a Liberdade Guiando o Povo, de Eugène Delacroix; e a escultura Vênus de Milo.

O tamanho do museu pode assustar, mas o mínimo que você conseguir ver do acervo já será maravilhoso. Sendo assim, faça o máximo que puder durante a sua visita a Paris para conhecer o Louvre. E não deixe de se organizar. É um passeio bem disputado e garantir o ingresso antecipado é fundamental.

Museu do Louvre em Paris

Onde fica o Louvre

O Louvre marca o centro de Paris e o ponto de partida da espiral que dá número aos bairros da cidade, chamados de arrondissements. Localizado no 1º arrondissement, o Museu do Louvre ocupa uma área de mais de 70 mil m² na margem direita do Rio Sena, onde está o edifício principal, a área externa das pirâmides e ainda o Jardim do Carrossel, que também faz parte do museu.

Ingresso para o Museu do Louvre

  • Ingresso tarifa cheia - €22 (antecipado online);
  • Tour guiado - €9 a €12;
  • Audioguia - €6;
  • O Museu do Louvre faz parte do Museum Pass, passe com tarifa única que dá acesso sem fila a mais de 50 museus de Paris no período de tempo contratado. O agendamento do ingresso no site do Louvre é obrigatório para portadores do Museum Pass. Veja mais informações sobre o Museum Pass;
  • O Louvre costuma ter grandes filas para a compra de ingresso. Garanta o ingresso antecipado — com horário marcado — pelo site oficial, principalmente na alta temporada. A reserva de ingresso é obrigatória mesmo nos dias de gratuidade.

Entrada gratuita no Louvre

  • A entrada gratuita no Louvre é válida para todos os visitantes na primeira sexta-feira do mês, a partir de 18h (exceto julho e agosto); 
  • No dia 14 de julho há gratuidade para os visitantes durante todo o horário de funcionamento;
  • O acesso ao Louvre é gratuito para todos os visitantes com menos de 18 anos e também para todos os moradores da União Europeia com menos de 26 anos; 
  • A reserva de ingresso é obrigatória mesmo nos dias de gratuidade. Fique atento e garanta o seu ingresso grátis para o Louvre com antecedência.

Ingresso do Louvre esgotado

Caso você não encontre ingresso para o Louvre durante o período da sua visita, não deixe de tentar a compra em agências online especializadas em passeios. A vantagem da compra em agência é poder pagar em real, com site em português, sem o IOF e ainda com a possibilidade de parcelamento. As agências costumam ter mais ingressos disponíveis, mesmo depois de já estarem esgotados no site do museu. Muitas vezes o ingresso disponível é com visita guiada, mas você irá garantir a visita ao Louvre!

Museu do Louvre Mona Lisa

História do Museu do Louvre

A história do Museu do Louvre data do século XII, quando o Rei Filipe II construiu uma fortaleza para defender Paris de ataques ingleses. Já no século XVI, com o crescimento da cidade, a fortaleza perdeu a função original e o lugar deu espaço à nova residência real, sendo ampliado por diversas vezes ao longo da história. Somente no final do século XVII, com a mudança da família real para o Palácio de Versalhes, o espaço do Palácio do Louvre passou a ser dedicado a exposições de arte.

Inicialmente, o Palácio do Louvre foi destinado a mostras de peças de arte da monarquia francesa. Somente cem anos depois, durante a Revolução Francesa e com a queda da monarquia, o espaço passou a receber exposições com acesso ao público. O Louvre foi oficialmente inaugurado quatro anos após a Queda da Bastilha, em 10 de agosto de 1793, com uma mostra que contou com apenas 537 pinturas. Atualmente, o Louvre conta com mais de 35 mil peças em exposição, 500 mil peças no acervo e quase 10 milhões de visitantes por ano.

É importante dizer que, ao longo da história do Louvre, muitas peças do acervo foram adquiridas de maneira questionável, especialmente em períodos de guerra. É frequente a discussão sobre a repatriação de obras de arte e artefatos históricos aos países de origem. Da mesma forma, o Louvre teve peças saqueadas do acervo, especialmente no período da Segunda Guerra Mundial, quando o museu transferiu as obras de arte mais importantes e as manteve escondidas, salvando assim coleções de valor incalculável.

Museu do Louvre onde fica

Entenda o Louvre por dentro

O Museu do Louvre conta com quase 500 mil peças no acervo, sendo que mais de 35 mil estão em exposição ao público. Para sermos bem claros, se você passar um minuto observando cada peça em exposição, levará 24 dias (sem intervalo) para conhecer o acervo das galerias. Ver tudo o que o museu oferece é impossível, por isso não se apresse. Aproveite a visita sem correria e curta cada uma das obras com calma.

Para otimizar a sua visita ao Louvre, o ideal é entender um pouco sobre o museu antes mesmo de chegar. Só assim você poderá ir direto aos lugares que deseja ver, com chances de encontrar salas mais vazias. Isso inclui a Mona Lisa, que certamente é a obra de arte mais disputada do Louvre.

É importante saber como o Louvre está organizado. Com isso, será mais fácil traçar uma rota para não perder tempo dentro do museu, o que acontece com quase todo mundo, afinal, são mais de 400 salas de exposição.

Museu do Louvre ingresso

O edifício do Louvre é dividido em 5 andares, classificados pelas numerações -2, -1, 0, 1 e 2. As principais peças em exposição estão nos andares -1, 0 e 1, mas há atrações e serviços por todo o museu.

As obras de arte do Louvre estão dispostas em três diferentes alas: Sully, Denon e Richelieu. Há salas de exposição de uma mesma ala em diferentes andares, o que confunde bastante a cabeça dos visitantes.

Nem sempre a passagem de uma ala para a outra é bem sinalizada. Ter um mapa do museu e conferir sempre o número das salas nas paredes é fundamental. Na dúvida, peça sempre ajuda aos funcionários.

Museu do Louvre como visitar

Ala Denon - Área mais popular do Louvre entre os turistas, a Denon reserva algumas das obras de arte mais famosas do museu, entre elas a Mona Lisa.

Ala Sully - Esta é a ala mais antiga do Louvre, marcada pela história do museu e peças da antiguidade egípcia, grega e romana, entre elas a Vênus de Milo e a Esfinge de Tanis.

Ala Richelieu - Marcada pelo grande jardim interno de esculturas e os aposentos de Napoleão.

Além das salas de exposição, você encontrará no Louvre banheiros, áreas para descanso, lanchonetes, restaurantes e lojas de souvenir. Se você está em dúvida de qual roteiro seguir, faça uma visita virtual ao Louvre.

Museu do Louvre obras de arte

Principais obras de arte do Louvre

Para os mais organizados (ou agoniados), vale anotar quais são os trabalhos mais importantes e famosos em exposição no Louvre e focar neles durante a visita. Listamos algumas das principais obras de arte e onde encontrar cada uma delas para facilitar a sua visita ao Museu do Louvre, em Paris.

Ala Denon

Museu do Louvre quando ir

Ala Sully

Ala Richelieu

Confira a lista completa selecionada pelo Louvre, com as 40 principais obras de arte do museu e detalhes sobre cada uma delas.

Museu do Louvre atrações

Mona Lisa de Leonardo da Vinci

A Mona Lisa é uma das obras de arte mais famosas do mundo e a grande estrela do Louvre, em Paris. Difícil encontrar alguém no museu que não esteja em busca dos traços do quadro renascentista pintado pelo artista italiano Leonardo da Vinci. Sabendo disso, prepare-se para disputar espaço com muita gente.

O quadro da Mona Lisa está em exposição em uma grande sala da Ala Denon. Mais especificamente na sala 711 do 1º andar. Ao longo de todo o Louvre, há cartazes sinalizando o local exato do quadro. Se esse for o seu foco durante a visita, basta seguir as setas.

A sala onde está exposta a Mona Lisa não é exclusiva para a obra. Há diversas outras lindas peças em exposição, entre elas: O Casamento em Caná, de Paolo Veronese; e a Mulher com Espelho, de Ticiano.

Museu do Louvre como é a Mona Lisa

Para quem nunca pesquisou sobre o quadro da Mona Lisa, que data do início do século XVI, pode ser um choque descobrir que a obra prima de Leonardo da Vinci tem a pequena dimensão de 79,4 cm de altura por 53,4 cm de largura. O tamanho do quadro é bem menor que a grandiosidade histórica e importância artística da obra de arte, por isso, nada de decepção.

Uma parede inteira é dedicada à Mona Lisa. Para ver o quadro bem de frente será preciso encarar uma pequena fila. O tempo varia conforme o horário e época do ano, mas pode facilmente passar de uma hora de espera. Para os que não desejam aguardar tanto, basta seguir caminhando pela lateral da sala, onde será possível uma visão lateral do quadro (que é bem boa). Não haverá fila e você poderá seguir o passeio pelo museu, que oferece outras grandes obras de arte.

Museu do Louvre

Restaurantes e cafés

Há diversas opções de restaurantes e cafés dentro do Museu do Louvre. A oferta cabe em todos os bolsos e desejos, mas algumas vão além da comida e oferecem ambientes convidativos e até uma bela vista para o intervalo de descanso. Você não precisará sair do museu para fazer um lanche.

Refeição econômica

Para quem está em busca apenas de um lanche rápido e um café com orçamento mais econômico, as melhores ofertas do Louvre são:

  • Starbucks - Andar -1 / Mezanino da Ala Richelieu (abaixo da pirâmide)
  • Paul - Andar -2 (abaixo da pirâmide)
  • Denon & Richelieu para viagem - Andar -1 / Mezanino da Ala Denon
  • Goguette - Andar -1 / Mezanino da Ala Richelieu (abaixo da pirâmide)

Museu do Louvre restaurantes

Refeição com preço médio

  • Café Angelina - Andar 1 / Ala Richelieu (terraço)
  • Terrace Colbert - Andar 1 / Ala Richelieu (entrada pelo Café Angelina - terraço)
  • Le Café Moulien - Andar 1 / Ala Denon (terraço)

Refeição luxo

  • Bistro Benoit - Andar -2 (abaixo da pirâmide)
  • Café Marly - 93 rue de Rivoli (de frente para a pirâmide do Louvre)

Restaurantes com vista no Louvre

Para quem deseja aliar a refeição a um belo visual, as melhores pedidas do Louvre são os restaurantes e cafés no terraço, que oferecem vista para o pátio central do Louvre e também para atrações como o Jardim do Carrossel e até a Torre Eiffel. No terraço, com mesas externas e internas, vale conferir o Café Angelina, Le Café Moulien e o Terrace Colbert (apenas com área externa). Já para o visual do pátio e pirâmide do Louvre no andar térreo, a varanda do Café Marly é perfeita.

Museu do Louvre

Passeios pelo Louvre

Se você quiser conhecer a fundo o Louvre, experimente fazer um tour guiado pelo museu. Vale também investir em tours que passam pelo Louvre e toda a região próxima. Confira os principais passeios que visitam o Museu Louvre e região:

Como chegar ao Louvre

O Louvre tem 4 entradas diferentes e elas proporcionam experiências bem distintas, por isso é importante atentar-se na hora da escolha. A entrada da Pirâmide é a mais disputadas pelos turistas, já as outras são bem mais tranquilas. A depender do tipo de ingresso comprado, a sua entrada já estará definida. Leia as instruções com calma para não chegar pela porta errada.

Ao visitar o Louvre, prefira chegar a pé. Você terá a oportunidade de percorrer belas avenidas e ainda investir em algumas fotos na área externa do museu, onde está a famosa pirâmide. Independente de qual seja o seu ponto de partida, não perca a chance de caminhar entre as ruas de uma das regiões mais lindas de Paris.

Museu do Louvre pirâmide

Estações de metrô próximas

  • Palais Royal / Musée du Louvre - Linhas 1 e 7;
  • Louvre / Rivoli - Linha 1;
  • Pyramides - Linhas 7 e 14.

Linhas de ônibus

21, 27, 39, 67, 68, 69, 72, 74, 85, 95.

Entrada da pirâmide

A pirâmide é a entrada principal do Louvre e a mais procurada entre os turistas, especialmente os que estão sem ingresso. Com isso, essa é também a entrada que costuma ter maiores filas. O acesso à entrada da Pirâmide é pela praça central do Louvre, exatamente na pirâmide de vidro. Ao chegar pela pirâmide, você terá a chance de descer a bela escadaria que leva ao hall de entrada. Uma visão incrível da parte mais moderna do Louvre.

Na entrada da pirâmide, há 4 filas: visitante sem ingressos, visitante com ingressos, visitante com cartões de sócio e acesso prioritário (visitantes com deficiência, funcionários, entre outros).

Museu do Louvre como chegar

Entrada do Carrossel de Louvre

A entrada do Carrossel do Louvre (um pequeno shopping de luxo) também leva ao hall central do museu, com a diferença que você chegará pelo subsolo, onde está a ponta invertida da pirâmide. Para quem tem o ingresso dos primeiros horários do dia, a chance é grande de pegar o hall da pirâmide invertida bem vazio, o que sempre rende uma foto incrível. No geral, essa entrada é dedicada aos visitantes que têm ingresso com horário marcado.

  • O acesso à entrada do Carrossel é pela Rue de Rivoli 99.

Museu do Louvre ingresso

Entrada Richelieu

A entrada Richelieu é destinada apenas a grupos e visitante com cartões de sócio (Amis du Louvre, Louvre Pro, Ministère de la Pass Education, ICOM, etc.). Essa entrada fecha todos os dias às 17h30.

  • O acesso à entrada Richelieu é pela Rue de Rivoli 168.

Entrada Port des Lions

O acesso ao Louvre pela entrada Port des Lions é permitido a todos os visitantes, mas alguns detalhes precisam ser levados em consideração. No local, não há guarda-volumes, o que impede a entrada de quem está com mochilas grandes, por exemplo. Em alguns casos, a bilheteria da Port des Lions pode estar fechada para a compra de ingressos e, com isso, apenas turistas com ingressos já comprados poderão ter acesso. Vale dizer que essa porta não abre às sextas-feiras.

  • O acesso à entrada Port des Lions é pela Quai François Mitterrand.

Horário de funcionamento do Louvre

  • Segunda, quarta, quinta, sábado e domingo, das 9h às 18h
  • Sexta-feira, das 9h às 21h45
  • Fechado às terças-feiras e também nos dias 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro

Confira os valores, tarifas reduzidas, gratuidades e horários de acesso atualizados.

Faça um seguro viagem para não se preocupar com contratempos - essa semana com até 70% OFF!

Fazer um seguro de viagem é muito importante para evitar contratempos durante as férias. Sempre que viajamos para o exterior fazemos o seguro, sendo ou não obrigatório no país de destino. Afinal, o seguro pode te amparar em casos de despesas médicas e hospitalares, mas também com problemas de extravio de bagagem, cancelamento e interrupção da viagem, entre outros perrengues que todos estão sujeitos a enfrentar.

Aproveite nessa semana incríveis 70% de desconto no seguro viagem Allianz Travel, válido para todos os destinos e planos internacionais, inclusive o anual multidestinos. É só acessar o site da promoção e fazer sua cotação que o cupom exclusivo MELHORESDESTINOS será aplicado automaticamente, reduzindo o valor da apólice. A oferta vale somente para compras realizadas até 22 de julho, em viagens planejadas até julho de 2025.

Confira os 5 hotéis mais reservados por nossos leitores em Paris

Museu do Louvre

Rue de Rivoli
Paris
75001
http://www.louvre.fr