Como chegar a Siena

Apesar de ser muito visitada por turistas, Siena não é uma das cidades mais bem conectadas da Toscana e não tem aeroporto. Por isso, chegar até lá pode ser uma tarefa um pouco complicada, a não ser que você já esteja em alguma cidade toscana. Confira abaixo as melhores maneiras de chegar até Siena, dependendo de onde você estiver:

Saindo do Brasil

Siena não tem aeroporto e fica a 140 quilômetros de Pisa e a 80 quilômetros de Florença. Portanto, se você estiver no Brasil, a melhor opção é pegar um voo até alguma cidade europeia e, de lá, pegar outro voo até o aeroporto de Florença (Ameriggo Vespucci) ou o aeroporto de Pisa (Galileo Galilei). Outra opção é pegar um voo até Milão ou Roma e, de lá, pegar um trem até Siena. No entanto, a viagem fica muito mais cansativa, já que os trajetos ferroviários duram cerca de 4 a 5 horas. Abaixo, confira as opções para chegar até Siena partindo dessas cidades.

Chegando pelo Aeroporto de Florença

Uma boa opção é alugar um carro no aeroporto e desbravar a Toscana no seu ritmo. As lojas de aluguel de carro ficam na saída do aeroporto, no Palagio degli Spini. O aeroporto oferece vans a cada 20 minutos para levar os passageiros até a área de aluguel de carro. Ao todo, são sete empresas: Auto Europa, Avis, Budget, Europcar, Hertz, Maggiore Nacional e Sixt. Se você preferir transporte público, pode pegar o ônibus que vai até o centro da cidade (a parada fica na saída, perto do desembarque. Os bilhetes, que custam 6 euros, podem ser comprados diretamente com o motorista). O ponto final é a estação de trem Santa Maria Novella. Lá você pode pegar um trem até Siena. Eles saem a cada meia hora, todos os dias. Dá para comprar o bilhete na hora, já que os trens partem praticamente vazios e não há lugar marcado. As passagens custam cerca de 10 euros-variam de acordo com o horário e o tipo de trem. Há trens diretos ou com uma baldeação em Empoli (as viagens duram entre 1h30 e 2h, dependendo da baldeação). Para checar horários, consulte o site www.trenitalia.com. Outra boa opção é pegar um ônibus de Florença até Siena. Eles partem da estação Pullman (via Santa Caterina, ao lado da estação Santa Maria Novella) e chegam até a Piazza Gramsci, no centro de Siena. As passagens custam 7,80 euros em lojas tabacchi, ou 10 euros, se compradas diretamente com o motorista. O trajeto dura 1h15, se o ônibus for direto, ou 1h30, se parar no caminho. Para checar os horários, consulte o site www.tiemmespa.it.

Chegando pelo Aeroporto de Pisa

Uma ótima opção é alugar um carro e desbravar a Toscana. No aeroporto de Pisa, você encontra 10 lojas de aluguel de carro. Entre elas, Avis, Budget e EuRopcar. Se preferir transporte público, é possível pegar um trem no próprio aeroporto até Siena. No entanto, serão necessárias duas baldeações: uma em Pisa Centrale e outra em Empoli (as viagens duram cerca de 2h e custam aproximadamente 10 euros). Outra opção é pegar um ônibus ou táxi até a estação Pisa Centrale e de lá pegar um trem até Siena, com apenas uma baldeação (Empoli). O trajeto dura aproximadamente 1h40 e custa cerca de 8 euros. Os trens partem a cada meia hora. Para consultar horários, acesse o site www.trenitalia.com. Se preferir, pode ainda pegar um ônibus direto do aeroporto de Pisa até Siena. A viagem dura cerca de 2 horas e custa 14 euros. Para checar horários, consulte o site www.tiemmespa.it.

Chegando pelo Aeroporto Fiumicino (Roma)

Do aeroporto Fiumicino, saem trens para Siena. No entanto, são necessárias duas baldeações: em Roma Termini ou Roma Tiburtina e em Chiusi-Chianciano Terme. A viagem dura entre 4h30 e 5h, dependendo das conexões, e custa entre 25 euros e 42 euros. A melhor forma é comprar online, com antecedência. Em viagens mais longas, os assentos são marcados e os trens costumam ser mais cheios do que os regionais da Toscana. Para conferir horários, consulte o site www.trenitalia.com.

Chegando pelo Aeroporto Malpensa (Milão)

O aeroporto conta com estação de trem e, por isso, essa é a forma mais prática e rápida de se chegar a Siena a partir de Milão. No entanto, a viagem é longa: dura cerca de 5 horas, com duas ou três baldeações, dependendo do trajeto escolhido. As trocas acontecem geralmente em Milão (centro), Florença e Empoli. A passagem custa cerca de 40 euros. A melhor forma é comprar o bilhete online, já que os trens têm assentos marcados e costumam sair cheios. Para conferir horários, consulte o site www.trenitalia.com.

Para quem já está na Europa

De carro

As estradas toscanas são muito bem conservadas e, em geral, não costumam ser cheias. Por isso, é tranquilo conhecer a região de carro. O único cuidado que você deve ter é alugar um GPS ou então ter conexão com internet e usar aplicativos como Google Maps. As estradas até têm sinalização, mas alguns trechos deixam a desejar. Apesar de ser uma delícia se perder pelas paisagens toscanas, melhor se prevenir. O estacionamento em Siena é mais complicado, já que poucos carros autorizados podem entrar no centro histórico. O ideal é reservar um hotel com garagem, assim você deixa o carro em um local seguro. Além disso, não é necessário andar de carro em Siena, já que a cidade é pequena. 

De trem

O sistema ferroviário na Itália funciona bem e é muito fácil pegar trens para Siena, apesar de a cidade não ser muito bem conectada e exigir baldeações. Partindo de cidades toscanas, os bilhetes custam cerca de 10 euros. Não é necessário comprar o bilhete com antecedência, já que os trens partem vazios e não há lugar marcado. Você pode comprar nos guichês ou então nas máquinas espalhadas em todas as estações. Não se esqueça de validar o bilhete: caso o fiscal veja que ele não está validado, pode aplicar uma multa. Partindo de Pisa, por exemplo, a viagem dura cerca de 1h40 e tem uma baldeação. Partindo de Florença, a viagem dura cerca de 1h30 (trem direto) ou 1h50 (com baldeação em Empoli). Os trens saem a cada meia hora. Se você estiver em alguma cidade italiana fora da Toscana, é bom comprar o bilhete online. Nesses casos, os trens têm lugar marcado e saem cheios. Para checar horários, visite o site www.trenitalia.com.

De ônibus

O principal ponto de ônibus de Siena é a Piazza Gramsci, que fica bem perto do centro histórico. Lá chegam ônibus vindos de várias cidades toscanas, como Pisa, Florença e San Gimignano, entre outras. Para checar horários de ônibus na Toscana, consulte o site www.tiemmespa.it

 

  • Aeroporto di Firenze Amerigo Vespucci (FLR)

    Nota:  de 10 (0)

    Moderno e razoavelmente grande, o aeroporto funciona das 4h30 à 0h30 e fica a uma distância de 6 quilômetros do centro de Florença. O espaço recebe voos das principais cidades europeias, como Paris, Viena, Madri, Londres e Lisboa, por exemplo, e tem fácil conexão com o centro da cidade: é possível pegar...

  • Aeroporto di Pisa Galileo Galilei (PSA)

    Nota:  de 10 (0)

    Localizado 4 quilômetros do centro de Pisa e a apenas um quilômetro da estação Pisa Centrale, o aeroporto é uma ótima opção para se chegar à cidade da torre inclinada. Oferece serviços de ônibus, táxi, chauffeur, aluguel de carro e, a partir de dezembro de 2015, trem (leia mais sobre os...

  • Piazza Antonio Gramsci

    Nota:  de 10 (0)

    Estão nesta praça as paradas de ônibus que chegam e vão para as principais cidades toscanas, como Florença, Pisa, San Gimignano, Montalcino e Montepulciano. A Piazza Gramsci fica a 5 minutos a pé do centro histórico de Siena. Bastam alguns passos e você estará na Piazza del Campo, a principal da cidade. Para...

  • Stazione-siena

    Stazione Siena

    Nota:  de 10 (0)

    Localizada a 2 quilômetros do centro histórico de Siena, a Stazione Siena é a principal estação da cidade. Recebe trens vindos de diversos pontos da Toscana e é porta de entrada para a cidade histórica. Há um centro comercial com restaurantes e lojas em frente à estação. Para ir até o centro...

Tudo que você precisa saber sobre Siena!

Esse texto sobre Como chegar a Siena faz parte do guia de Siena no Melhores Destinos

Comentários para Como chegar a Siena

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.