Melhores Destinos
Lima
Camille Panzera Entusiasta da fotografia, curiosa por outros idiomas, culturas, costumes e histórias!☺️

Transportes em Lima

Não precisa pensar muito; a melhor maneira de circular por Lima é em táxis, que são superbaratos, basta aprender a utilizá-los. O trânsito da cidade é ruim, porém inevitável, já que a capital peruana não tem metrô. As caminhadas serão úteis no Centro e em Miraflores, apenas para percorrer curtas distâncias. 

Antes de tomar um susto, já adiantamos: o trânsito em Lima é caótico, confuso, cheio de buzinas e pessoas furando os semáforos. É preciso ter cuidado ao circular a pé e prestar atenção ao atravessar as ruas. Motoristas não respeitam os motoristas, muito menos os pedestres. 
 

Táxi
Os táxis oferecem o melhor custo-benefício para circular por Lima. A cidade é muito grande; por isso, ir até um lugar caminhando não será uma atividade diária. Como não há taxímetro, o valor é acertado com o motorista ANTES da corrida, o que não é de todo ruim, uma vez que o valor não se alterará se a corrida demorar mais do que o previsto ou se o caminho tomado for mais longo.

Apesar de as corridas serem muito baratas, é preciso ter alguns cuidados. Diferentemente dos táxis no Brasil, não existe taxímetro - o taxista para o carro, você diz para onde quer ir antes de entrar no veículo e ele dá um valor. SEMPRE pechinche o preço até ambos chegarem a um acordo. Outra coisa diferente é que algumas empresas têm uma cor padrão para os carros; isso não é regra, há táxis de todas as cores. 

A verdade é que há tantos táxis em Lima, alguns tão caídos, que a sensação é de que o motorista simplesmente colocou uma placa de táxi no carro e passou a se oferecer para levar pessoas. Isso realmente acontece; há diversos casos de assaltos e é importante ficar atento. 

Você verá muitos táxis nas ruas; basta ficar parado na calçada, próximo às faixas, para que um táxi se ofereça para levá-lo. No entanto, é preciso estar alerta ao possível perigo de pegar um táxi sem cuidado. Hotéis e restaurantes indicam pegar táxis com empresas contatadas por eles - os tais "táxis seguros", normalmente com modelos de carros novos. É mais seguro sim, mas também mais caro. 
Quando estiver na rua e quiser pegar um táxi, lembre que taxistas com carros mais novos cobram mais caro que aqueles com carros antigos. Independentemente do modelo do carro, pechinchar é a regra. Se o taxista oferecer a corrida por 20 soles, diga que paga 8 e espere uma contraproposta. 

É importante sempre ter o endereço completo do seu destino - Lima é uma cidade enorme, os motoristas não sabem chegar a um local apenas pelo nome próprio. Outra dica é ter um mapa consigo para ter ideia do percurso que o taxista irá percorrer. Você pode, ainda, perguntar a um morador local quanto ele acha que custará uma corrida até seu destino e ter uma ideia do valor razoável a ser pago. 

Durante nossa experiência não tivemos qualquer problema com os táxis, muito pelo contrário. Pegamos inúmeros táxis nas ruas - novos e velhos - e não tivemos contratempo. Há pequenas regras que valem para inúmeros destinos e também podem ajudar: utilizar apenas carros com modelos novos; pegar táxi com pintura que indique que aquele veículo pertence a um radiotáxi; dar notas pequenas; e informar o endereço com precisão, de forma que pareça que você conhece a cidade. 

Resumindo:
- Confira num mapa a distância que provavelmente vai percorrer. Lembre que motoristas com carros novos cobram mais caro que os "velhinhos". Aguarde e escolha um táxi que lhe apeteça.
- Antes de entrar no carro, pergunte quanto o motorista cobra para ir até o local.
- Negocie o valor.
- Tenha anotado o nome da rua, o bairro, o número e um ponto de referência para negociar com o taxista. 
- Pague com notas pequenas e evite problemas com o troco. 

A dica final é não ficar inseguro e ter domínio da situação. Incidentes ocorrem em qualquer cidade, mas podem ser evitados se você tiver cuidados. Lima é uma cidade excelente, curta sem medo!

A pé
Lima é uma cidade muito grande, por isso as caminhadas serão para os dias em que você for conhecer o centro, ou para caminhar dentro de um bairro como San Isidro e Miraflores. Se bater a preguiça e você não quiser caminhar, opte pelos táxis, que são baratíssimos. 
Esteja atento ao trânsito para atravessar as ruas, pois os motoristas não param nas faixas para pedestres nem gostam de respeitar os semáforos. 

Ônibus e Van
Há muitos ônibus em Lima e eles são superbaratos, mas contraindicados para turistas. Apesar do preço atrativo e da boa quantidade de linhas, os veículos são velhos e por vezes estão lotados. Além disso, é muito complicado para quem não conhece uma cidade andar de ônibus; evite transtornos e vá num táxi. 

Trem

O trem urbano de Lima, ou metrô, possui mais de 20km de linhas e, apesar de não ser muito utilizado por turistas e sim por moradores locais, é mais uma forma de percorrer longas distâncias na cidade.