Ouro Preto

Como se locomover em Ouro Preto

Impossível falar de locomoção em Ouro Preto sem começar pelo principal: a cidade é tomada por ladeiras. E não estamos falando de ladeiras comuns, daquelas que se vence com um pouquinho de esforço. Não mesmo! Estamos falando de um intenso sobe e desce em ruas íngremes de pedras, capazes de roubar a energia do mais atlético turista. É daqueles lugares onde é preciso parar e tomar fôlego para continuar. Vale até entrar em uma lojinha pra fazer hora enquanto o coração volta a bater em um ritmo que não beire a morte. Exagero? Nem um pouco. Prepare as pernas, um calçado bem confortável e enfrente as ruas de Ouro Preto. Afinal, caminhar é a melhor maneira de conhecer as vielas e atrações que tornam a cidade um destino tão espetacular.

Passado o susto inicial ao se deparar com uma academia de ginástica a céu aberto, é hora de se organizar para não subir e descer ladeiras à toa. Um mapa na mão irá ajudar, mas bom mesmo é ter um aplicativo de locomoção no smartphone, onde seja possível calcular o tempo de deslocamento entre uma atração e outra. Sabendo a distância e o tempo, será mais fácil descobrir se o percurso será doloroso. Com o mapa, não haverá voltas desnecessárias e certamente você economizará muita energia. Vale também puxar papo com os moradores e fazer uma pergunta simples: a igreja é no alto? Se a resposta for sim, prepare-se para enfrentar a subida. 

Para quem está de carro, a tarefa é mais fácil. Apesar de não ser muito tranquilo percorrer as estreitas ladeiras de Ouro Preto em um automóvel, ele será útil para visitar as igrejas mais distantes ou que se localizam no topo de morros. O carro vale também para chegar aos melhores mirantes, sempre em pontos altos da cidade. Organize-se para fazer todas essas visitas em um mesmo dia e fique atento para não estacionar em lugares proibidos. Importante! Se estiver viajando de carro, dê preferência para hotéis que tenham estacionamento próprio. Não é fácil encontrar vagas em Ouro Preto e muitos dos estacionamentos funcionam em sistema rotativo, com pagamento por hora. Sem uma vaga, o custo poderá ser alto. 

Os viajantes que não estiverem de carro poderão usar o serviços dos táxis, ônibus (surpreendentemente eficientes) e até dos tuk tuks, que cobram R$ 35 a hora para passear pela cidade. Pessoas com dificuldade de locomoção terão problemas para percorrer tudo a pé em Ouro Preto. Essas soluções ajudarão muito!

Para ir à cidade vizinha, Mariana, é possível escolher entre o trajeto de carro, em ônibus comum de linha (bastante prático e fácil) ou o passeio de trem da Vale. Já para regiões mais distantes, como Lavras Novas, Catas Altas, Santa Bárbara e Congonhas, recomendamos a viagem de carro. Não há tantos transportes públicos disponíveis e o tempo perdido no trajeto poderá ser bem grande. 

Tudo que você precisa saber sobre Ouro Preto!

Esse texto sobre Como se locomover em Ouro Preto faz parte do guia de Ouro Preto no Melhores Destinos

Comentários para Como se locomover em Ouro Preto

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.