Melhores Destinos
Diamantina
Monique Renne Repórter fotográfica. Com um mundo inteiro a ser descoberto.

Dicas de Diamantina

  • O padrão de voltagem da cidade de Diamantina é 110 volts. Fique atento às tomadas.
  • O DDD de Diamantina é 38.
  • O caminho de carro de Belo Horizonte até Diamantina é realmente espetacular! Não tenha pressa e aproveite o visual. 
  • Diamantina é uma cidade tranquila, especialmente no Centro Histórico. Não há risco em caminhar pela rua para fotografar. Ainda assim, fique atento para não deixar bens à mostra dentro do carro estacionado ou esquecer objetos de valor dentro das igrejas e museus. Evite andar à noite sozinho por regiões mais distantes do Centro Histórico.  
  • Há igrejas e museus que não permitem fotografias, mesmo sem flash. Respeite as regras e evite problemas.
  • Algumas igrejas cobram uma taxa de manutenção para a entrada dos turistas. Não é caro, mas pode pesar no bolso no caso de uma família grande. O pagamento só é aceito em dinheiro, por isso tenha sempre à mão dinheiro em espécie e não apenas cartão de crédito.
  • Muitas atrações e restaurantes permanecem fechados de segunda a quarta-feira. Mesmo aos domingos, muitos restaurantes não abrem. Para conhecer tudo, prefira viajar de quinta a domingo. 
  • Ao caminhar por Diamantina, opte por calçados confortáveis. A cidade é repleta de ladeiras e as ruas de pedras não são adequadas para salto alto, por exemplo. Desníveis são constantes, assim como enormes ladeiras. Previna-se do cansaço e da possibilidade de levar um tombo. 
  • A cidade não é muito receptiva a pessoas com dificuldade de locomoção. Se for o seu caso, prefira estacionar o carro bem próximo às atrações. 
  • No período de estiagem, as cachoeiras ficam com volume de água muito baixo. 
  • Evite estacionar em local proibido. O veículo poderá ser guinchado.
  • Use um app de locomoção — como o Google Maps — para saber o caminho mais fácil e mais curto entre os pontos de interesse.