Melbourne

Dicas de Melbourne

Melbourne é a capital do estado de Victoria. Para entrar em território australiano, é necessário ter um passaporte com um visto de turismo válido. O visto é simples de ser emitido, é feito pela internet, exige o preenchimento de várias perguntas e o pagamento de uma taxa. Certifique-se de aplicar o visto que corresponde ao seu objetivo de viagem. Veja aqui como tirar o visto australiano ou visite o site oficial da Embaixada da Austrália para obter mais informações. 

Na entrada ou saída do país, nem sempre o passaporte é carimbado. Caso você queira ter o carimbo, peça ao oficial da imigração. 

A Vacina de Febre Amarela é necessária para entrar na Austrália e a carteira de vacinação internacional pode ser exigida pelo oficial de imigração na chegada ao país. Embora pouco se fale a respeito da necessidade da vacina, ela realmente é exigida, mas se você não tiver tomado, não significa que será deportado, a Austrália é tolerante em relação a isso. Em todo caso, ressaltamos a necessidade de ter um comprovante internacional de vacinação, que é emitido pela ANVISA, e deve atestar que a vacina foi tomada pelo menos 10 dias antes da viagem. Na hora do embarque no Brasil, a companhia aérea contratada para a viagem também poderá exigir o certificado de vacinação.

A moeda utilizada na Austrália é o dólar australiano (AUD), que não tem a mesma cotação do dólar americano. O dólar australiano não é tão fácil de ser encontrado para compra no Brasil e se você pretende comprá-lo em território brasileiro, provavelmente terá que fazer uma reserva na casa de câmbio de sua preferência. Além do dinheiro em espécie, cartões de crédito e dos cartões pré-pagos, uma outra maneira de ter poder de compra na Austrália é sacando nos caixas eletrônicos na chegada ao país. 

O sistema de transporte na Austrália utiliza a mão inglesa (lado direito), então, certifique-se de olhar para o lado correto ao atravessar uma rua, pegar o transporte público ou entrar em um carro. Quem quiser dirigir no país, além da CNH brasileira, deve ter a carteira internacional (PID), que é traduzida para o inglês. Dirigir na mão direita pode parecer estranho no início, portanto, redobre a atenção nas primeiras horas de direção em território australiano. 

Ao entrar em estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas, é muito normal pedirem um documento que comprove a maioridade, que é de 18 anos. Esse é um procedimento padrão feito, principalmente, em bares e casas noturnas. Há locais que não aceitam documentos brasileiros, como a CNH ou o RG, e que exigem a apresentação do passaporte.

Melbourne segue o fuso UTC+10. É muito natural sofrer com o jet lag, ter sono em horários "fora do comum” ou acordar muito cedo nos primeiros dias pós-viagem. As pessoas que saem do Brasil e viajam para a Austrália levam alguns dias até se acostumarem com o novo horário, sendo assim, na hora de programar o roteiro de sua viagem, reserve também um tempo para descansar-considere que a própria viagem de avião será cansativa e que os primeiros dias de viagem serão exaustivos pela falta de costume ao novo horário. 

Para sofrer menos com o jet lag, acostume-se ao horário da Austrália antes de chegar ao destino. Tente ir para a cama mais cedo e acordar mais cedo também.

A rede elétrica na Austrália é de 220/240V e suas tomadas têm três pinos chatos, sendo dois pinos "tortos" e um vertical. Provavelmente, você irá precisar de um adaptador de tomadas para recarregar seus dispotivos eletrônicos; eles podem ser encontrados em lojas de conveniência e supermercados, por exemplo.

Melbourne é uma cidade segura e você pode caminhar tranquilamente por suas ruas, inclusive à noite. Mesmo que o índice de roubos seja baixo comparado ao de cidades brasileiras, não custa nada ter atenção aos seus pertences e vigiá-los com frequência. Se alugar um bicicleta, deixe-a presa a um cadeado.

Esteja atento ao fato de que as leis na Austrália são bem diferentes das do Brasil e que um ato que parece simples pode provocar multa e fazê-lo desembolsar um bom dinheiro-a fiscalização é mais severa, assim como a aplicação de penalidades. Beber e fumar em locais públicos pode ser proibido, portanto, esteja sempre atento às placas ao redor. 

Os hábitos na Austrália são um tanto quanto "diurnos"; também fique atento a isso. Há restaurantes que fecham a cozinha em torno das 21h, então, evite jantar tarde. Parte do comércio fecha às 18h, outra parte às 20h.  

Vários estabelecimentos cobram uma taxa quando o pagamento de um serviço é feito com cartão de crédito, essa taxa varia de acordo com o cartão e, normalmente, é de 1,5 a 3% do valor total da compra. Em feriados nacionais, os restaurantes poderão cobrar uma porcentagem adicional ao valor dos pedidos.

Melbourne é uma das cidades mais geladas da Austrália e se você viaja durante o inverno, deve se preparar para enfrentar o frio! Faz calor no verão, mas também pode esfriar durante essa época! A temperatura pode mudar bastante ao longo do dia, assim, é sempre uma boa ideia ter um casaco na mochila, mesmo durante o verão.  

Os supermercados não vendem bebidas alcoólicas; caso deseje comprá-las, você deverá ir a uma Liquor Store, que são estabelecimentos especializados em bebidas com álcool. Nessas lojas, há uma enorme variedade de produtos: cervejas, vinhos, sidras, destilados, etc. Estar com um documento de identificação é sempre bem-vindo ao entrar em um local que vende bebidas. 

Há restaurantes que não vendem bebidas alcoólicas, mas permitem que você leve e consuma a sua própria. Esses locais são sinalizados com “BYO” (bring your own).

Para evitar gastos com o transporte público de Melbourne (que é bom, mas não é barato), procure se hospedar no centro da cidade, que conta com algumas linhas gratuitas e tem uma localização ideal para passear caminhando. 

  • Embassy of Brazil

    Nota:  de 10 (0)

    Caso necessite de suporte no exterior, informações, renovação de passaporte e outros documentos, procuração, registro de casamento ou outros serviços, procure a embaixada e consulado brasileiros em Canberra, na capital da Austrália.

    A embaixada de Canberra tem jurisdição sob os seguintes locais:...

  • Melbourne Visitor Centre

    Nota:  de 10 (0)

    A estrutura de Melbourne para o turismo é invejável; a cidade tem um ótimo centro de informações turísticas e até nas ruas que ajudam turistas que precisam de dicas locais.

    Caso necessite agendar passeios, comprar um myki card (cartão de ônibus), pegar um mapa, tirar dúvidas, saber onde ir e quais...

Tudo que você precisa saber sobre Melbourne!

Esse texto sobre Dicas de Melbourne faz parte do guia de Melbourne no Melhores Destinos

Comentários para Dicas de Melbourne

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.