Melbourne

Transportes em Melbourne

Melbourne tem uma estrutura incrível para o turismo e uma boa parte de seu mérito se deve ao ótimo sistema de transporte público. A cidade também é ótima para caminhar e conhecer suas ruas e lanes com calma, mas quando as pernas cansarem do vai e vem a pé, pegue o tram (bondinho), que é gratuito no centro. Os trans são um símbolo da cidade!


A pé

As caminhadas são uma ótima maneira de conhecer Melbourne. Na região central da cidade, é perfeitamente possível fazer tudo caminhando e os passeios são mais do que recomendados, porque somente andando você poderá conhecer as lanes e arcades, que tanto fazem sucesso. A cidade é bem plana, então as caminhadas são fáceis, e assim você poderá conhecer melhor cantinhos e ruelas escondidas. Os quarteirões do centro são grandes, dessa maneira, andar o tempo todo pode ser cansativo; quando estiver cansado, utilize os trans, que na área do CBD são gratuitos e não exigem a utilização do Myki (cartão do transporte público).


Bike 

As bicicletas são outra maneira de circular pela cidade, porém são mais utilizadas pelos próprios moradores. As principais vias da cidade possuem ciclofaixas e os pedestres devem ficar atentos, porque algumas áreas que parecem calçada às vezes são ciclovia, com prioridade das bicicletas. Caso goste de pedalar, pode valer a pena alugar uma bike para um dia inteiro. Não se esqueça: o uso do capacete é obrigatório. 
 

Transporte público

O transporte de Melbourne é eficiente e composto por ônibus, ferries, trens e trans (bonde), sendo os trens e trans os meios mais utilizados pelos turistas. Os meios de transporte são integrados e seu valor varia de acordo com a condução e zona (área) em que é feito o trajeto.

Para utilizar o transporte público de Melbourne, você deve comprar um myki card ($6), que é o cartão pré-pago em que você coloca crédito para utilizar o transporte. O cartão pode ser encontrado em mais de 800 lojas da cidade, inclusive no centro de informações turísticas da Fed Square e nas lojas de conveniência 7-Eleven. O Myki é um cartão recarregável e você pode utilizar seu crédito a cada uso no transporte ou comprar passes que permitem circular de maneira ilimitada pela cidade durante o período escolhido. 
 

Transporte Gratuito

Uma coisa muito legal do transporte em Melbourne é que, no centro da cidade, existe a “Free Tram Zone”, ou seja, dentro dessa zona, todos os trans são gratuitos! Esse artifício é ótimo para quem precisa circular apenas pelo centro. Não é preciso apresentar nada, basta entrar na condução. Quando o tram sai da zona gratuita, um aviso sonoro é feito e só então você deve pagar pelo trajeto utilizando seu o Myki Card. 

Além do fato de todos os trans serem gratuitos no centro, existe ainda uma linha especial e gratuita que é voltada exclusivamente para turistas. A linha 35 (City Circle) faz um volta pela cidade passando pelos principais pontos turísticos com um audioguia que explica sobre monumentos, parques e pontos de interesse. É o transporte perfeito para conhecer os principais pontos turísticos da cidade sem gastar um tostão.
 

Trens e Trans

Os trans (bondes) costumam ser modernos, têm ar condicionado e horário estabelecido para estar em cada ponto (e costumam ser pontuais). Eles funcionam por cabos e trilhos e seguem as normas de trânsito, ou seja, param nos semáforos como os carros. Não é uma maneira veloz, como um metrô, de se transportar, mas é eficiente. Toda vez que entrar e sair do tram, você deve tocar seu Myki Card em um sensor, pois é assim que é feito o desconto de crédito no cartão e o cálculo do valor a ser gasto no deslocamento. 

As paradas de tram funcionam basicamente como paradas de ônibus; em cada ponto passam linhas específicas; ao chegar na parada de tram, você deve conferir nas placas indicativas se a linha que quer pegar passa por ali realmente.

Note que, nas ruas por onde passam os trans, há pontos de parada nos dois lados da via; veja com atenção em qual lado da via você deve ficar para pegar o tram e fazer o trajeto que pretende. 

Os trens de Melbourne também são, em maioria, modernos e têm ar condicionado. Eles são rápidos e úteis, principalmente para quem vai para localidades distantes do centro da cidade; para quem se restringe ao centro, o tram funciona melhor. Entre as principais estações de trens de Melbourne, estão a Flinders Street Station e a Southern Cross, de onde partem ônibus para o aeroporto. 

Durante a madrugada, o transporte público de Melbourne não funciona bem e para suprir essa falta de trans e trens à noite, existe o NightRider, que é um tipo de ônibus com apenas algumas linhas, que partem do centro e vão para diferentes áreas de Melbourne. Veja aqui mais informações sobre o ônibus noturno

Infelizmente, o transporte público de Melbourne não está integrado ao Google Maps; se você quiser acompanhar os horários dos trens/trans, deve utilizar aplicativos do transporte local, como o Tram Tracker ou o PTV Mobile


Myki Card - tipos de passes e uso

Depois de comprar seu Myki Card ($6), que pode ser adquirido em diversos locais da cidade, você deve decidir se quer pagar pelo transporte a cada uso (Myki Money) ou por dia (Myki Pass). Não se esqueça que toda vez que você for entrar ou sair do transporte, seja ele um bonde, seja ele um trem, você deverá tocar o seu Myki Card no sensor para confirmar que o pagamento será descontado do cartão. 

A opção Myki Money-“pague o quanto usar”-é indicada para quem vai utilizar ocasionalmente o transporte da cidade; a opção dos passes por dia é útil para quem utilizará o transporte frequentemente fora da Free Tram Zone.

Escolhendo pelo uso do Myki Money, você precisa também comprar o Myki Card (cartão recarregável) e escolher quanto de crédito quer inserir em seu cartão, de forma que a recarga seja suficiente para suprir os gastos com o transporte. As corridas são cobradas de acordo com a distância (zonas) e valem para integração em diferentes meios de transportes, como bonde+trem. Elas têm validade de 2h a partir do primeiro momento do uso. 

Um passe para uso diário é indicado para quem utilizará o transporte diversas vezes durante o dia e não quer se preocupar com quanto irá utilizá-lo. Ele custa $7,52 por dia de uso +$6 pelo custo do Myki Card. Já um passe ilimitado durante 7 dias custa $37,60 ($6 do Myki Card). Veja aqui as tarifas unitárias do transporte e confira qual tipo de cartão é mais vantajoso para você. 

O site do transporte público de Melbourne oferece uma ferramente que permite a você simular qual a forma mais vantajosa e mais barata de circular pela cidade, de acordo com o seu propósito. Com ele, fica mais fácil entender se o melhor para você é usar o Myki Pass ou Myki Money. 
 

Melbourne Visitor Shuttle

Muitas cidades têm um ônibus turístico que faz um trajeto pré-estabelecido e passa nos principais pontos de interesse da cidade, mas em poucas cidades esse ônibus custa tão barato. Em Melbourne, a linha turística de ônibus hop on hop off (que permitem a você descer e subir do veículo nas paradas que preferir) custa apenas $5 e tem 13 pontos de parada. Ao longo do trajeto, um audioguia conta sobre curiosidades dos pontos turísticos e explica um pouco sobre a capital do estado de Victoria.

Veja aqui mais informações.
 

Carro

Um carro é completamente dispensável para conhecer o centro de Melbourne, mas é um meio de transporte conveniente para visitar os arredores da cidade. Se você quer fazer o passeio da Great Ocean Road, por exemplo, considere alugar um carro e elaborar seu próprio roteiro. A estrada é uma delícia, ideal para conhecer por conta própria e parar nos mirantes que preferir.

Tudo que você precisa saber sobre Melbourne!

Esse texto sobre Transportes em Melbourne faz parte do guia de Melbourne no Melhores Destinos

Comentários para Transportes em Melbourne

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.