Deserto do Atacama

Dicas do Deserto do Atacama

Geral

- Brasileiros que viajam a turismo por até 90 dias ao Chile não necessitam de visto. O passaporte não é obrigatório, dessa forma, é possível entrar no país com um RG que permita a fácil identificação do portador pela foto. Não é possível utilizar a CNH para entrar no país, mas se você pretende alugar um carro, ela será necessária. 

- Vacinas não são obrigatórias para entrar no Chile.

- Fala-se espanhol no Chile e, pela semelhança entre português e espanhol, não é tão difícil compreender e ser compreendido ao falar português. As pessoas de San Pedro já estão acostumadas aos brasileiros que visitam a cidade e várias falam português. 

- A moeda oficial do Chile é o peso chileno (CLP), representado cotidianamente por um "$". Ela pode ser adquirida no Brasil ou no Chile e também pode ser retirada nos caixas eletrônicos chilenos, diretamente em pesos. Sim, há caixas eletrônicos em San Pedro de Atacama, assim como casas de câmbio. Provavelmente, a maneira mais vantajosa de conseguir pesos será levando reais para o Chile e trocando-os em Santiago.  

- Os valores dispostos neste guia se referem a pesos chilenos. 

- San Pedro não é um destino barato, na verdade, em alguns pontos, é até um destino caro; tenha isso em mente na hora de planejar a viagem. Os gastos com passeios podem ser altos. 

- San Pedro tem muitos cachorros e alguns deles são enormes! Vários desses cachorros que ficam nas ruas têm donos, são cuidados e têm até chip de localização. Alguns pertencem aos donos dos restaurantes, outros a moradores da cidade.

- Mesmo sendo um local pequeno, há caixas eletrônicos em San Pedro! Desbloqueie o seu cartão para uso internacional e você deverá conseguir realizar saque e fazer pagamentos de despesas com seu cartão normalmente. 

Dicas de Saúde

- A altura é um fator importantíssimo a se considerar na hora de planejar a viagem. Muitas pessoas não pensam sobre o assunto, mas viaje sabendo que ela pode provocar efeitos indesejados no corpo e na saúde. Devido ao "soroche", ou o mal de altura, nome dado à doença provocada pela grande altitude, é relativamente comum sentir cansaço, ter enjoos, falta de ar, dor de cabeça e mal estar geral. A baixa umidade do deserto também pode provocar problemas, por isso hidrate o corpo e beba MUITA água durante a viagem. Tomar o chá de coca também é uma ótima ideia para diminuir os efeitos da altura. 

- Nas farmácias procure pelas "soroche pills", remédio que pode começar a ser tomado antes mesmo de chegar a San Pedro, e que ajuda a evitar o mal de altura. Essas recomendações valem também para quem visitará o Salar de Uyuni, cuja altura ultrapassa os 4.000 metros. 

- San Pedro está a 2.450 metros de altitude, então, o ideal é que você faça atividades mais leves nos primeiros dias de viagem e vá se aclimatando devagar. Se puder descansar no primeiro dia de chegada, melhor ainda. Nos primeiros dias faça os passeios mais próximos de San Pedro e deixe para o final da viagem os passeios com maior altitude. 
Durante os primeiros dias no Atacama, você pode fazer passeios para o Vale da Morte e da Lua, Laguna Cejar, Vale do Arco-Íris. Quando já estiver aclimatado, faça os passeios de maior altitude, como Salar de Tara, Lagunas Altiplanicas e Geyser del Tatio. 

- Monte uma "farmacinha" pessoal e leve todos os medicamentos que você possa precisar durante a viagem. Alguns medicamentos que são de compra livre no Brasil exigem receita para serem comprados no Chile. Consulte um médico, que poderá auxiliá-lo e indicar medicamentos que podem ser úteis em um caso de emergência durante a viagem. Sugerimos levar, principalmente, soro para lavar o nariz, além de remédio para dor de cabeça, dor de estômago e náuseas. Leve também hidratante para o corpo e rosto, além de protetor solar. Usar um produto como o Bepantol (ou similar) cai muito bem para hidratar a boca e evitar feridas.

- Se estiver com dificuldades para respirar por causa da baixa umidade, lave o nariz com sono e utilize um produto que ajude a desobstruir as vias respiratórias. De noite, no quarto, coloque uma toalha molhada próxima à cama. 

- Procure fazer refeições leves e beber muita água ao longo de sua estadia. Recomenda-se levar 1,5 litro de água em cada um dos passeios. Evite carne vermelha e bebida alcoólica na refeição anterior a um passeio que vá a locais muito altos. 

O que levar 

- Mochila para carregar seus pertences no passeios;
- Toalha, caso pretenda entrar na água (outra alternativa é pegar a toalha do hotel emprestada);
- Óculos escuros;
- Boné ou chapéu;
- Protetor solar (é possível comprar em San Pedro mesmo, algumas marcas de protetor são bem baratas lá);
- Roupas de inverno e verão. Caso viaje no inverno, intensifique a quantidade de roupas de inverno. Pode cair bem incluir uma segunda pele para se proteger do frio, gorro, luvas etc. Esses itens de frio intenso serão mais utilizados durante o inverno ou nos passeios que saem de manhã cedinho e vão para locais muito altos, como o Salar de Tara e Gêisers del Tatio;
- Tênis ou sapatos para trekking;
- Hidratante para o corpo, rosto e boca;
- Remédios de emergência, como remédios para dor de cabeça e enjoo, soro para o nariz, além de remédios de uso diário; 
- Lanterna (pode ser útil para passar por ruas escuras).

  • Consulado - Geral do Brasil no Chile

    Nota:  de 10 (0)

    O Consulado Brasileiro no Chile fica em Santiago, no centro da cidade, em uma região de fácil acesso.

    O turista que tiver eventuais problemas na cidade ou no Chile, deve procurar o Consulado ou entrar em contato por telefone ou e-mail. Se você sofrer com a perda de sua documentação, necessitar de uma procuração ou...

Tudo que você precisa saber sobre Deserto do Atacama!

Esse texto sobre Dicas do Deserto do Atacama faz parte do guia de Deserto do Atacama no Melhores Destinos

Comentários para Dicas do Deserto do Atacama

  • Missing Patricia de Campos Gazaroli há quase 6 anos

    Ola ,
    Fiquei apaixonada pelo Lugar, mas gostaria de levar meu filho de 4 anos, você recomenda?

  • 264mw Camille Panzera há quase 6 anos

    Oi, Patricia. Vi poucas famílias com crianças por lá. Acho que se seu filho tem 4 anos ainda é um pouco cedo para fazer essa viagem... O Atacama é um lugar em que os passeios são cansativos, alguns acontecem muito cedo, em outros é preciso passar um bom tempo dentro do carro, então para crianças pequenas acho complicado. Ainda tem o fato da altura, que de repente pode afetar seu filho. Essa é a minha opinião, mas talvez você é mais aventureira que eu e acha que vale a pena, hehe. Beijos.

  • Missing Jorge Alencar Filgueiras Viégas há mais de 1 ano

    Por gentileza, quantos dias seriam o ideal, mínimo, para passar no Atacama e conhecer os melhores lugares?

  • 264mw Camille Panzera há mais de 1 ano

    Bom dia, Jorge. Eu penso que 4 dias seria o ideal.

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.