Fernando de Noronha

Dicas de Fernando de Noronha

Taxas
1 - Para ter acesso ao arquipélago mais badalado do Brasil é preciso pagar uma taxa de preservação ao Estado de Pernambuco. A taxa não é barata (R$70,86 a partir de 2018), mas é necessário pagá-la se você visita Noronha a turismo. E como o pagamento é obrigatório, é melhor fazê-lo pelo site oficial de Noronha, entre dois a três dias antes da sua viagem. Pagando pelo site e não no próprio aeroporto você evita uma fila que sempre se forma na chegada dos voos. 

2 - Parte da ilha de Fernando de Noronha faz parte do Parque Nacional Marinho (PARNAMAR) e essa área que compreende atrações como a Praia do Sancho, Sueste, Mirante dos Golfinhos, Atalaia, etc só pode ser visitada se for adquirido o ingresso do Parque Nacional. O ingresso custa R$97 para brasileiros, para 10 dias de uso. Com o ingresso em mãos você poderá agendar trilhas e visitar praias cujo acesso só é feito em posse desse ingresso, que na verdade é um cartão. Ele é vendido em 4 pontos da ilha e pode também ser comprado antecipadamente pelo site. Veja aqui mais informações sobre o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.

- Depois da chegada da EcoNoronha, concessionária que administra a ilha, o acesso a algumas praias melhorou bastante, assim como a estrutura e organização em determinadas praias. Tenha em mente que certas praias de Fernando de Noronha têm horário de visitação e regras, que em caso de violação o turista está sujeito a multas. Essas regras foram estabelecidas para a própria proteção dos visitantes e preservação do espaço. 

- Faça a reserva de sua pousada com antecedência. Os preços das hospedagens em Noronha raramente são baixos - como tudo na ilha -, mas escolhendo a pousada com tempo de antecedência você terá mais alternativas e chances de encontrar ofertas. 

- Tudo em Noronha é caro. É relativamente normal uma lata de refrigerante custar R$8 e um prato principal para uma pessoa em um restaurante custar R$80. Vá para lá tendo isso em mente. Todos os produtos de que turistas e moradores precisam chegam ao arquipélago de barco, fazendo encarecer todo tipo de serviço. 

- Cartões de crédito são amplamente aceitos nas pousadas e restaurantes, mas em alguns lugares mais simples a transação é apenas em dinheiro. Há uma agência do Santander na Vila dos Remédios e uma agência dos Correios onde se faz saque do Banco do Brasil. Não conte apenas com os caixas eletrônicos; por precaução, leve um pouco de dinheiro.

- De dezembro a julho é época de reprodução de tartarugas. Nesse período é possível acompanhar as atividades do Projeto Tamar, que incluem desova, medição ou eclosão de ninhos. É lindo de ver!

- O mar em Noronha não é sempre calminho. Se você tem medo de ondas fortes, procure conhecer a ilha entre agosto, setembro e outubro. 

- Leve roupas frescas, porque sempre faz muito calor em Noronha. Vale o aviso, também, de ter na mala uma roupa de frio leve para aqueles que são mais sensíveis aos ventos à noite e para o voo. 

- Se você possui máscara e tubo de respiração para snorkeling, não esqueça em casa. É possível alugar na ilha, sim, mas trazendo seu próprio conjunto você não tem o trabalho de alugar e precisar pagar por fora toda vez que quiser observar a vida marinha. 

- Celulares funcionam, sim, em Noronha, mas não em todos os pontos da ilha. A internet 3G/4G do celular deixa bastante a desejar. Grande parte das pousadas possui conexão de internet para os hóspedes, mas ainda assim, as conexões nem sempre são boas. Aproveite a viagem para abstrair... tenha ciência de que grande parte das vezes a internet não funcionará bem. 

- Protetor solar e repelente são produtos para ter na bolsa toda vez que você deixar a pousada. Quando programar um mergulho, não deixe de passar protetor nas orelhas, nas costas e na parte de trás do corpo - essas partes queimam bastante, principalmente quando se faz snorkeling. E já que você muito provavelmente precisará de protetor solar e repelente, compre-os antes de viajar! Não deixe para comprar na ilha pois lá tudo é mais caro! 

- Aos que acham que Noronha tem muita infraesutrura e é como uma pequena cidade, não se enganem. Vá para lá ciente de que a estrutura da ilha é limitada, muitas ruas não são asfaltadas e, quando chove, é comum ter que pisar em um pouco de lama. As praias nem sempre são de fácil acesso; por isso, caminhar faz parte do dia a dia e tudo isso faz parte da magia do lugar. Sem um pouco de esforço, não dá para desfrutar de Noronha. 

- É sempre bom levar água e um biscoito ou lanches na mochila, pois várias praias da ilha quase não têm estrutura. 

- Leve remédios básicos que você usa no dia a dia, já que a farmácia de Noronha pode ser cara e, além disso, pode não ter o medicamento de que você precisa.

Tudo que você precisa saber sobre Fernando de Noronha!

Esse texto sobre Dicas de Fernando de Noronha faz parte do guia de Fernando de Noronha no Melhores Destinos

Comentários para Dicas de Fernando de Noronha

  • Missing maria do carmo reis há 6 anos

    Leve repelente pq os maroins (mosquinhos bem pequenos) atacam sem pena quando perto de vegetação ou ao cair da tarde, especialmente pelo meio do ano.

  • Missing maria do carmo reis há 6 anos

    vele dizer que, em Noronha, a maioria das praias está a uma boa distância de caminhada, com caminho de subidas e descidas bem íngremes. Para quem quer ficar mais dias e não está disposto a alugar buggy ou ficar pagando pacotes turísticos, vale saber que há um ônibus circular que percorre a ilha de ponta a ponta, na diagonal (acompanhando a BR que corta a ilha). Esse ônibus, hoje com a passagem a 3 reais, vai da praia do porto à praia sueste te largando, no mínimo, a uma distância mais razoável de caminhada até as outras praias.
    Também vale dizer que a administração da ilha tem internet aberta via satélite que pode ser utilizada por qualquer pessoa. Mas não pega em qualquer ponto da ilha.Você tem de descobrir onde pega e alí assentar e usar seu tablet ou computador.

  • Eu Adriano Wagner há quase 4 anos

    Na minha opinião é indispensável o aluguel de um buggy no período que estiver em Noronha, fica muito fácil de ir nas praias. Até a rodovia BR o ônibus pode te levar, mas varias praias são bem distantes da BR, em estrada de chão. Vale a dica.

  • 184 Keila há 3 anos

    Boa tarde!!! Pretendo ir com minha familia em Setembro ou outubro.. somos 4 adultos e 2 crianças ( 9 e 3 anos) queria dica de hotel ou pousada que seja adequado a elas... e quanto aos restaurantes, gostaria de algum que tivesse a opção de carnes, meu filho não come frutos do mar... Se poderem me ajudar com dicas.. agradeço!!!

  • 264mw Camille Panzera há 3 anos

    Oi, Kelia. Praticamente todos os restaurantes que fui tinham opções de pratos com carne. Você pode ler sobre onde comer aqui: http://guia.melhoresdestinos.com.br/onde-comer-fernando-de-noronha-72-570-p.html
    e onde ficar aqui: http://guia.melhoresdestinos.com.br/onde-ficar-fernando-de-noronha-72-575-p.html

  • Missing Alessandra Ceci há quase 2 anos

    Olá! Por favor, gostaria de saber se há muitos mosquitos, principalmente da espécie 'borrachudo'?
    Pois tenho alergia e não há repelente que não os façam me picar.. =/
    Alguém poderia me informar?
    Obrigada!!!

  • Vaajy Paulo Ficks há 1 ano

    sim muitos.

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.