Restaurantes em Belém

A culinária paraense está entre os grandes atrativos de Belém e vale investir em maravilhosas experiências gastronômicas durante a viagem. Famosa pelos sabores intensos, ingredientes exóticos e peixes espetaculares, a cozinha do Pará é um mundo novo que merece ser descoberto por todos os turistas que chegam por lá. Ao visitar Belém, não se prive de degustar pratos desconhecidos ou mesmo estranhos à primeira vista. A comida da região é espetacular e não irá te decepcionar.

O tour pela gastronomia paraense é intenso, então que tal começar pelo autêntico açaí do Pará? Puríssimo e cheio de sabor, o açaí paraense não leva diversas misturas, como acontece em outras regiões do Brasil. Esqueça a banana, o morango, a granola e o mel. No Pará, o açaí pode ser adoçado com açúcar ou acompanhado de farinha e costuma ser servido como um complemento para o peixe frito. O susto é grande ao experimentar pela primeira vez, mas nada que algumas tentativas não tornem o sabor bastante familiar.

Assim como o açaí, a mandioca é ingrediente muito comum na culinária paraense, porém ela é utilizada de maneiras bem diferentes para criar pratos com sabores muito intensos. A farinha é a maneira mais básica e comum de usar a mandioca, mas no Pará a fartura de farinhas é tão grande que seria possível fazer um tour gastronômico apenas para degustá-las. Se quiser levar um pouquinho da farinha do Pará para casa, experimente a premiada internacionalmente farinha de Bragança e também a farinha de tapioca, que acompanha o açaí. Não se esqueça de comer um beiju, uma tapioquinha e um bom bolo de mandioca.

Quem quiser experimentar os sabores mais exóticos da mandioca não pode deixar de provar os pratos à base do tucupi e da maniva. O tucupi é um caldo feito a base da fervura da mandioca e dá sabor intenso e amargo a pratos muito apreciados na região, como o pato no tucupi (ensopado de pato no molho de tucupi com jambu), o tacacá (caldo à base de tucupi e goma de tapioca com camarão seco e jambu) e a caldeirada paraense (peixe e camarão no caldo de tacacá). Já a maniva é um composto à base da folha da mandioca brava, que cozida por mais de sete dias perde o veneno e dá sabor à maniçoba, conhecida como a feijoada paraense. O prato é tão apreciado entre os moradores que é considerado digno de dias de grandes festas, como a comemoração do Círio. 

Os peixes estão presentes em diversos pratos típicos do Pará, mas podem ser apreciados também em versões mais comuns, como fritos, empanados ou assados na brasa. Na dúvida de qual peixe experimentar, comece pelo pirarucu, tambaqui, filhote, tucunaré e dourada. Boas pedidas são o pirarucu de casaca, o tucunaré recheado, o filhote na brasa, as caldeiradas, peixes fritos com açaí e os incríveis ceviches (releituras do prato peruano). O camarão também costuma ser bem presente nos pratos paraenses e eles são encontrados em fartura nos cardápios e feiras locais. Aproveite e experimente o caruru e o vatapá do Pará. Vale também investir nos pratos com caranguejo, especialmente na hora dos petiscos, quando é possível saborear a unha de caranguejo, um salgado frito e empanado que não é coxinha e nem croquete, mas é bom como os dois juntos.

Ingrediente chave em diversos pratos do Pará e seguindo a linha de sabores bem intensos, o jambu está na lista dos favoritos dos turistas. A folha, cantada nos versos de carimbó, causa leve dormência na boca e dá toque especial aos pratos regionais. O jambu vai bem em diversas combinações, até mesmo em pratos mais comuns, como uma surpreendente pizza de jambu com camarão.

Para quem gosta de novidades gastronômicas, o Pará também surpreende pela grande quantidade de frutas pouco usuais em outras regiões do Brasil. Não se prive de experimentar cada suco diferente dos cardápios. Esqueça a laranja e o morango e se jogue em sabores como murici, graviola, mangaba, araçá, bacuri, cupuaçu e outras frutas deliciosas da Amazônia.

Restaurantes em Belém

Com tantos pratos novos para experimentar, pode não ser uma tarefa fácil escolher onde comer em Belém. A variedade gastronômica é grande e os dias da viagem nem sempre são suficientes para tanto. Para ajudar no seu tour pelos sabores do Pará, temos algumas dicas que serão úteis na hora de escolher onde se aventurar.

Para boa introdução às comidas do Pará, o restaurante Manjar das Garças é uma excelente pedida. O espaço conta com buffet de comidas típicas a preço fixo. É uma ótima chance de experimentar um pouquinho de cada comida e escolher as suas favoritas para repetir depois. Se a ideia for economizar, passear e experimentar de tudo, o Mercado Ver-O-Peso é o lugar certo! Por lá há uma grande seção dedicada à culinária do Pará, onde é possível conhecer os mais distintos pratos regionais. 

Depois de saborear um pouquinho de cada comida e já com os seus pratos prediletos em mente, experimente o restaurante Remanso do Peixe, um dos mais tradicionais da cidade e onde o filhote recheado é sucesso absoluto. Já o Point do Açaí agrada pela variedade do cardápio e combinações de açaí com peixe, camarão e charque. Por lá será possível também experimentar o açaí branco, bem raro em outras regiões do Brasil.

Quem gosta de investir em pratos regionais com releituras especiais e toques de grandes chefes vai ser muito feliz em Belém. Há excelentes restaurantes na cidade que agradam aos mais exigentes paladares. No restaurante Remanso do Bosque, do chef Rodrigo Castanho, as inovações são muitas, mas o grande destaque é mesmo o filhote assado na brasa. Já no restaurante Avuado os olhos dos apreciadores da boa mesa brilham ao se depararem com a moqueca e o supertacacá. 

Para aliar um bom restaurante típico ao mais deslumbrante cenário amazônico, o pacote completo fica por conta do Saldosa Maloca, na Ilha do Combu. Se estiver passeando pela Estação das Docas de Belém e quiser esticar até o jantar, experimente os pratos do restaurante Lá em Casa ou coma alguns petiscos acompanhados de cervejas na Amazon Beer, onde as cervejas artesanais ganham ingredientes como açaí, bacuri, taperebá e priprioca. Para a sobremesa, não deixe de experimentar as delícias da Sorveteria Cairu, onde os frutos da amazônia ganham ainda mais sabor em sorvete especiais.

Sabemos que os sabores do Pará são mesmo maravilhosos, mas os novos temperos podem pesar um pouco depois de alguns dias. Se quiser dar um intervalo no tucupi e jambu, procure por restaurantes mais comuns. Para sabores bem familiares, experimente o requintado italiano Famiglia Sicilia ou os excelentes sanduíches do Porpino Burger. Depois do intervalo, volte aos sabores do Pará!

Tudo que você precisa saber sobre Belém!

Esse texto sobre Restaurantes em Belém faz parte do guia de Belém no Melhores Destinos

Comentários para Restaurantes em Belém

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.