Transportes em Belém

Belém, no Pará, tem um trânsito bastante caótico e nada amigável com os turistas. Locomover-se por lá pode não ser tarefa tão simples, especialmente por se tratar de um destino com transporte público ineficiente, calor excessivo e grande volume de chuvas. Não vamos florear e dizer que por lá será fácil andar de ônibus. Não mesmo! O transporte coletivo não oferece boas rotas e não tem o conforto mínimo esperado pelos usuários. Um bom exemplo é a falta de ar-condicionado nos ônibus, que deveria ser obrigatório em uma cidade tão quente e com tanta chuva. Sendo assim, o transporte público não é uma boa pedida. Para quem não abre mão de usar o transporte público, vale procurar as melhores rotas e acompanhar o tempo dos ônibus por aplicativos de locomoção como o Google Maps, o Moovit App e o Olha o Ônibus.

Para os turistas, as melhores opções em Belém são andar a pé (se a região for segura) ou usar os serviços de táxis e aplicativos de mobilidade. As distâncias a serem percorridas entre os principais pontos turísticos não são grandes e o custo, especialmente se você estiver com mais pessoas, será bem baixo ao usar apps como Uber, Cabify e 99. Para atrações bem próximas, a melhor solução ainda será uma boa caminhada. Vale, entretanto, ficar ligado ao passear a pé pelas ruas de Belém. A cidade não é tão segura quanto parece e os trajetos merecem atenção. Evite, especialmente, caminhar durante a noite ou a madrugada. Nesses casos, prefira sempre o trajeto de carro. Se o passeio for para lugares muito distantes, vale investir até mesmo no aluguel de um automóvel.

Tudo que você precisa saber sobre Belém!

Esse texto sobre Transportes em Belém faz parte do guia de Belém no Melhores Destinos

Comentários para Transportes em Belém

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.