Melhores Destinos
El Calafate
Jéssica Weber Jornalista apaixonada por mato e praia, interessada na história dos lugares, na arquitetura das cidades e em comida, é claro.

Transportes em El Calafate

Não tem muita variedade de transportes em El Calafate, e isso é uma das coisas que encarece o destino. Como as principais atrações são longe da cidade, não tem transporte público e o aluguel de carro é caro no verão, eu acabei fazendo quase tudo por meio de excursões que incluíam o translado. 

Neste post, eu busco esclarecer todas as alternativas, com seus prós e contras. Ah, não deixe de ler nossa lista completíssima de o que fazer em El Calafate

Aluguel de carro em El Calafate

Ter um carro à disposição é interessante para quem não renuncia a conforto, para fazer passeios por conta própria, sem precisar se importar com horário, e curtir as estradas cinematográficas da região. E dá para retirá-lo no Aeroporto de El Calafate mesmo. 

Transportes em El Calafate

Até tem uma boa variedade de locadoras, mas preciso alertar que o aluguel de carro em El Calafate não é coisa barata, especialmente no verão, a alta temporada. No resto do ano, você consegue encontrar preços melhores. A gente sempre indica a Rent Cars para comparar os preços e conseguir a melhor oferta, com o nosso cupom:

Utilize o código MDGUIA5 no site da Rent Cars para ter 5% de desconto

Ah, é importante também baixar o mapa da região no seu smartphone ou habilitar o uso offline, porque a internet tende a ficar instável fora do Centro da cidade. Dessa forma, você não ficará perdido a caminho das atrações. 

Ônibus de excursão em El Calafate

Vou decepcionar a galera que faz mochilão: basicamente não existe transporte público em El Calafate, nem tem como chegar aos principais atrativos de forma econômica. Se você descobriu, me avisa, porque eu também quero!

O que existem são ônibus de excursão que buscam no hotel ou em lugar previamente combinado. Isso você contrata nas agências de turismo na cidade ou pela Civitatis, que tem a vantagem de dar o preço final, já em reais. A gente fez praticamente tudo por meio dela. 

Transportes em El Calafate

Mas não é coisa muito barata, também. Tipo, para visitar a grande atração da região, o Glaciar Perito Moreno, o transporte somando ida e volta custava 45 mil pesos em fevereiro de 2024, o que superava R$ 180. Lembrando que os preços são por pessoa.

Táxi e remis no Ushuaia

Táxi ou remis é uma opção válida para percursos pequenos, dentro da cidade, especialmente, ou entre o aeroporto e o centro. Algumas vezes, os dois serviços são oferecidos pelo mesmo motorista, no mesmo carro. O que muda é onde que a corrida é feita. Usa-se o taxímetro dentro da cidade e faz um preço pré-estabelecido para lugares mais distantes.

Para quem nunca foi para a Argentina: o remis é como táxis, mas oferece preços tabelados. Independentemente do percurso que o motorista tome, o valor final da corrida é fixo para aquele destino. Esses motoristas se organizam em agências e cooperativas, você não terá dificuldade de encontrar o contato na internet ou caminhando pela cidade. Daí você anota o número e pede por Whatsapp mesmo. 

Transportes em El Calafate

Uma das maiores agências se chama Lago Argentino e fica na Plaza Perito Moreno, no centro da cidade. Eu reservei um carro no dia anterior a um passeio, mas acho que me esqueceram. Daí mandei uma mensagem no WhatsApp e um carro chegou em dois ou três minutos. Vale alertar que os carros são, em grande parte, antigos e pequenos. 

Para usar táxi no centro da cidade, eu não achei assim tão caro. Paguei o equivalente a R$ 20 para ir até a baía redonda e depois Reserva da Laguna Nímez. Mas para ir até atrações distantes de Remis, não é nada barato. Paguei 27 mil para ir e voltar de Punta Walichu (8km do centro), com uma hora de espera lá, o que passava de R$ 100 em fevereiro de 2024. Para ir até Perito Moreno, a 80km, com espera de 3 horas lá, passava de R$ 650. 

Não há garantia de que os taxistas aceitarão cartão, portanto é bom ter pesos argentinos em mãos. Essa agência de remis que citei aí, queria cobrar 30% a mais para usar cartão. Daí também não dá, né?!

Conhecendo El Calafate a pé

Se você estiver sem carro, dê preferência a se hospedar bem no centro de El Calafate. As melhores localizações são próximas à Avenida El Libertador, especialmente no trecho entre  as ruas 15 de Febrero (Plaza Perito Moreno) e Valentin Felberg. Assim, você vai pode sair para jantar, ir a bares e ver as lojinhas da avenida principal a pé. 

Transportes em El Calafate

Também é interessante caminhar pela orla da baía redonda (foto), que tem um calçadão ao longo de quase toda sua extensão — essa é uma região maravilhosa para praticar atividade física. Vale esticar a caminhada até a Reserva Laguna Nimez, uma área protegida onde é feita observação de aves. 



Confira os 5 hotéis mais reservados por nossos leitores em El Calafate