Chapada Diamantina

Cachoeira e Poço do Diabo (Rio Mucugezinho)

0 avaliação
0% recomendam
0

O Rio Mucugezinho reserva aos turistas deliciosos pontos para banho, e o destaque fica por conta do Poço e Cachoeira do Diabo. Com acesso fácil à margem da rodovia BR 242, o Poço do Diabo é uma excelente pedida para quem tem pouco tempo ou não quer fazer trilhas muito longas. O Poço do Diabo oferece infraestrutura de lanchonete, lojinha de souvenires e banheiro. Ótimo para quem está com criança ou não gosta se passar o dia todo sem um ponto de apoio. Próximo ao restaurante, o Poço dos Patos também agrada e é boa pedida para passar o dia. 

A trilha para chegar ao Poço e à Cachoeira do Diabo é fácil e rápida. Em menos de meia hora, você já estará de frente para a linda queda d’água com vinte metros de altura. O Rio Mugezinho segue em formato de cânion, o que dá ainda mais beleza à paisagem. Para mergulhar no poço, é preciso coragem. E nem estamos falando de perigo com correnteza. Nada disso! Estamos mesmo é falando da temperatura da água, uma das mais frias entre os passeios da Chapada Diamantina. Respire fundo, salte de uma vez e nade até a cachoeira. O corpo estará aquecido pelo exercício e o visual será ainda mais deslumbrante! Não deixe de reparar na tonalidade vermelha escura da água, muito semelhante à do uisque.

O passeio para o Poço e Cachoeira do Diabo é oferecido pelas agências combinado à visita da Cachoeira do Mosquito ou com a Gruta da Pratinha (onde está também a Gruta Azul), a Gruta da Lapa Doce e o Pai Inácio. Esse roteiro pode ser todo feito no mesmo dia e não é necessária a contratação de guia. Para quem está de carro, todos os passeios podem ser feitos por conta própria. 

  • Distância do trajeto de carro: 18 km a partir de Lençóis e 38 km a partir de Palmeiras;
  • Distância da trilha a pé: a trilha a partir da lanchonete à beira da estrada tem 1,5 km.
  • Tempo total do passeio: entre 1h e 2h, mas o passeio pode ser combinado com a Cachoeira do Mosquito, a Gruta da Lapa Doce, Gruta da Pratinha e Pai Inácio;
  • Nível de dificuldade: a trilha não é longa, mas exige um pouco do físico. Apesar de fácil, não é adequada para pessoas com dificuldade de locomoção;
  • Acompanhamento de guia: não é necessário um guia para realizar esse passeio. A trilha é bem fácil de ser identificada.
  • O que ver no passeio: a Cachoeira e o Poço do Diabo;
  • Custo do passeio em agência, por pessoa: entre R$ 150 e R$ 200, a depender do roteiro combinado com outras visitas;
  • Custo do guia particular para grupo: entre R$ 150 e R$ 200;
  • Custo da entrada no atrativo: a entrada é gratuita;
  • Cidade base para realizar o passeio: Lençóis.
Acesso pela BR 242, Lençóis - BA

Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo Cachoeira-e-poco-do-diabo
Avalie Cachoeira e Poço do Diabo (Rio Mucugezinho)