Chapada Diamantina

Compras na Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina é um destino voltado para o ecoturismo, mas sempre é possível fazer algumas comprinhas durante a viagem. Além disso, pode, inclusive, ser necessário adquirir alguns itens de última hora, especialmente no caso de quem vai fazer trilhas e enfrentar roteiros que exigem maior preparo. Por isso é importante estar atento às oportunidades de comércio na região. Quem não abre mão de levar produtos típicos locais pode investir nos artesanatos feitos em pedra — muitas vezes com os traços das figuras rupestres encontradas na Chapada —, nos sabores regionais — como o mel do capão e o café da Chapada Diamantina — e, como não poderia deixar de ser, nas joias e bijuterias com pedras locais e design de artistas, joalheiros e ourives da região. 

Entre as bases de hospedagem da Chapada Diamantina, a que tem melhores oportunidades de compras é Lençóis. Não há grandes shoppings ou centros comerciais na cidade, mas as lojinhas do centro podem suprir bem a necessidade de itens básicos, equipamentos para trilhas (botas, casacos, meias e até mochilões) e alimentos para os dias de passeio. Como não poderia faltar, as lojinhas também oferecem lindos artesanatos locais. Um bom ponto para também adquirir peças que remetem ao turismo da região é o Poço do Diabo. Na entrada para a trilha, à beira da estrada, há uma lojinha que vende belas peças com imagens da Chapada Diamantina. Em Lençóis, não faltará também mercadinhos, farmácias e lojas de roupas. O básico será fácil de encontrar.

Quem busca por joias e bijuterias com design local pode conferir as lojas do vilarejo de Igatu, cidade conhecida pela vila de pedra abandonada que era morada dos garimpeiros no auge da busca por diamantes. Hoje a cidade abriga artistas locais que desenham joias e agradam com peças bem elaboradas. Entre os mais famosos artistas da região estão o Gabriel Macedo e o Cristiano Salles, da Ourivesaria (R. do Maxixe). Em Igatu, os amantes de peças de arte também encontrarão bom material de artistas locais na Galeria Arte e Memória (R. Luis dos Santos).

Os turistas que precisarem de produtos mais elaborados ou tenham uma necessidade muito específica de compra poderão recorrer à cidade de Seabra, onde está o comércio mais completo da região. Seabra não faz parte da rota turística da Chapada Diamantina, mas é um bom ponto de apoio para quem precisa de supermercados e grandes lojas.

Tudo que você precisa saber sobre Chapada Diamantina!

Esse texto sobre Compras na Chapada Diamantina faz parte do guia de Chapada Diamantina no Melhores Destinos

Comentários para Compras na Chapada Diamantina

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.