Chapada Diamantina

Dicas da Chapada Diamantina

Dicas gerais

A voltagem da Chapada Diamantina é 220V e o código DDD é 75;

Seja um turista consciente e ajude a preservar a Chapada Diamantina. Não jogue lixo nas trilhas, não cause danos ao meio ambiente, não faça fogueiras em locais proibidos e siga as regras de visitação de cada um dos atrativos;

Ao contratar um agência ou guia, procure serviços credenciados e a associação de guias locais de cada uma das cidades base. O conhecimento dos guias é fundamental para a segurança nas trilhas. Procure um profissional sério, e não apenas preço baixo;

Não se aventure sozinho em trilhas desconhecidas. Trilhas longas na Chapada Diamantina costumam ser mal sinalizadas e não é seguro fazer o trajeto sozinho ou sem acompanhamento profissional;

A Chapada Diamantina é um destino seguro e não é comum o relato de assaltos ou outros crimes contra turistas. Ainda que não seja comum, é importante sempre estar atento aos bens de valor, especialmente ao visitar os atrativos. Evite deixar dentro do carro objetos à mostra e não largue bolsas nas cachoeiras sem supervisão;

As estradas da região não são confiáveis. Há muitos buracos, terrenos irregulares e os motoristas costumam, constantemente, fazer ultrapassagens em locais proibidos. Fique sempre atento caso esteja dirigindo;

Nas cidades maiores, como Lençóis e Mucugê, será fácil encontrar farmácia. Nos pequenos  povoados e trilhas não será tão simples comprar um remédio. Tenha em mãos todo o necessário para os dias de viagem, incluindo produtos para curativos e bolhas;

As agências costumam oferecer no pacote de passeios o seguro viagem para caso de acidente. Verifique com a agência contratada se esse serviço está incluído no valor. 

Repelente contra insetos é altamente recomendável para quem viaja à Chapada Diamantina; 

Alguns locais fora da rota turística passam por período de contaminação por esquistossomose. Não mergulhe em rios desconhecidos sem antes consultar os moradores e guias sobre a segurança da região em relação à contaminação. As regiões turísticas não foram afetadas; 

Protetor solar é item obrigatório na Chapada Diamantina. O calor na região é intenso e muitas vezes haverá longa exposição ao sol. Previna-se também com roupas que tenham proteção contra raios UV. Protetor labial é importante principalmente no período da seca, quando a umidade está baixa e os lábios podem apresentar rachaduras;

Quedas de energia são comuns em Lençóis, especialmente durante feriados, quando a cidade está lotada; 

Cartões de crédito — principalmente Mastercard e Visa — são amplamente aceitos na cidade de Lençóis e em grandes estabelecimentos de cidades menores, como Mucugê e Vale do Capão. Porém vale ficar atento, pois é comum que comércios aceitem pagamentos apenas em dinheiro. Tenha sempre uma reserva em espécie para emergências e também para pagar a entrada em atrativos, caso seja necessário;

Na cidade de Lençóis, há um Banco do Brasil e também postos de atendimento do Bradesco (para saque, mas com serviço inconstante) e Caixa Econômica Federal (lotérica), assim como agência dos Correios. Serviços do Banco do Brasil, Caixa Econômica e Bradesco também são encontrados em Andaraí, Mucugê e Rio de Contas. No Vale do Capão, há atendimento Bradesco. O único Banco 24 Horas da Chapada Diamantina está localizado em Itaberaba.

Telefonia e Internet

Nas cidades de Lençóis e Mucugê o sinal de celular é mais forte e todas as operadoras funcionam. O mesmo não acontece em locais mais remotos, onde praticamente não há sinal. Caso precise resolver algum problema, não conte com a internet ou o telefone na Chapada Diamantina. O serviço poderá estar indisponível;

É comum que as pousadas ofereçam Wi-Fi na cidade de Lençóis, mas pode acontecer de não ter sinal devido à queda de energia ou manutenção da rede. Nas cidades menores, as chances de ter Wi-Fi é bem menor. Se for importante para você, consulte a agência ou pousada contratada para ter certeza de que haverá sinal de internet sem fio.

Lista básica de itens para levar

  • Câmera fotográfica e câmera fotográfica subaquática (com acessórios)
  • Bota ou outro calçado para trilha
  • Chinelo
  • Meias especiais para trilha (ajudam muito a não machucar os pés)
  • Roupas para trilha (opções de bermudas e calças)
  • Lanterna (para o caso de trilhas de mais de um dia)
  • Protetor solar
  • Repelente contra insetos
  • Medicamentos de uso pessoal
  • Produtos de higiene pessoal (para quem fará trilha com pernoite, o ideal são potes pequenos)
  • Roupas de banho
  • Mochila pequena para trilhas curtas e mochila média para trilhas de mais de dois dias
  • Casaco leve para o verão ou trilhas com pernoite 
  • Casaco mais pesado para o período do inverno, especialmente se houver pernoite em camping
  • Casaco corta vento e impermeável ou capa de chuva para o período de chuvas
  • Toalha compacta de alta absorção
  • Boné, chapéu e óculos de sol
  • Carregador externo de bateria (caso você não viva sem o telefone)
  • Bolsa impermeável
  • Calçados e roupas confortáveis para sair à noite (o calçamento é quase sempre de pedra e não há luxo na Chapada Diamantina)

Lista de agências para realização de passeios na Chapada Diamantina

Contatos das associações de condutores e guias na Chapada Diamantina

  • ACVL - Lençóis - (75) 3334-1425
  • ACVVC - Vale do Capão - (75) 3344-1087
  • ACVM - Mucugê - (75) 98292-8121
  • ACVIB - Ibicoara - (75) 3413-2048
  • ACVA - Andaraí - (75) 98128-8441
  • ACVI - Itaetê - (75) 99124-4682

Tudo que você precisa saber sobre Chapada Diamantina!

Esse texto sobre Dicas da Chapada Diamantina faz parte do guia de Chapada Diamantina no Melhores Destinos

Comentários para Dicas da Chapada Diamantina

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.