Caminho Dos Escravos

0 avaliação
0% recomendam
0

Em meio à paisagem de Diamantina, destacam-se pequenos caminhos de pedras que em outros tempos serviram de passagem para os tropeiros e mercadores que viajavam em função da exploração de diamantes e minérios. O que parece ser uma estrada comum, na prática é um longo caminho entre Diamantina, Ouro Preto, Tiradentes e Paraty para o escoamento da produção de pedras e metais preciosos. Tudo construído com uso de trabalho escravo no século XVIII. Essa era a principal rota até o porto que levava todas as riquezas extraídas do Brasil para Portugal.

O Caminho dos Escravos é também conhecido como Estrada Real. Em Diamantina, é possível ver e percorrer um parte desse trajeto a partir da BR-367. Para encontrar o caminho, basta seguir pela Rua Salto da Divisa até o encontro com a rodovia. Bem ao lado, estará a placa que identifica o caminho, de onde se tem uma linda vista da cidade e uma pequena noção de como foi doloroso para os escravos construir, com os próprios braços e suor, esse caminho. 

No encontro da BR-367 com a Rua Salto da Divisa, Diamantina - MG

Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos Caminho-dos-escravos
Avalie Caminho Dos Escravos