São Paulo

Catedral da Sé

0 avaliação
0% recomendam
0

A Catedral da Sé, apesar de inspirada nas igrejas medievais europeias, é uma obra bem jovem na cidade de São Paulo. Inaugurada em 1954, ela substituiu a antiga catedral, demolida em 1911, que por sua vez havia substituído uma pequena igreja construída em 1591 pelo Cacique Tibiriçá (hoje enterrado na cripta da Catedral). Por ordem de Dom Duarte Leopoldo e Silva, e com projeto neogótico do arquiteto alemão Maximilian Emil Hehl, a nova Catedral da Sé começou a ser construída em 1912.

A imponente construção marca o centro de São Paulo (o marco zero da cidade está na Praça da Sé), uma região bastante movimentada e até perigosa atualmente. A igreja, depois de alguns anos de abandono, passou por uma grande reforma entre 2000 e 2002 e hoje mostra toda a sua beleza aos visitantes. O exterior é marcado por duas torres de 92 metros e uma grande cúpula. O grande interior, com capacidade para 8.000 pessoas, é rodeado por vitrais, mosaicos e obras de arte sacra, além de um grande órgão com cinco teclados e 12 mil tubos, considerado o maior da América do Sul. A igreja é aberta para visitação, incluindo a cripta onde estão enterrados bispos e arcebispos, além do Cacique Tibiriçá, primeiro cidadão de Piratininga, e o padre Feijó, regente do império.

Pç. da Sé, s/n, São Paulo - SP - CEP: 01001-000
http://www.catedraldase.org.br
Visitação: segunda a sexta, de 8h a 19h; sábado, de 8h a 17h; domingo, de 8h a 13h. Missas: segunda e sexta, às 9h, 12h e 18h a 19h; terça, quarte e quinta, às 12h e 18h; sábado, às 12h; domingo, às 9h, 11h e 17h.

Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se Catedral-da-se
Avalie Catedral da Sé