Vale do Loire

Dicas do Vale do Loire

- Não é necessário visto prévio para brasileiros que viajam a turismo por até 90 dias na França. Embora o visto a turismo seja dispensável, pode ser preciso apresentar alguns documentos à imigração francesa ou à imigração de outros países que fazem parte do Espaço Schengen, do qual a França faz parte. Recomenda-se levar cópia da passagem de avião (ida e volta), comprovante de reserva de hospedagem, comprovantes financeiros (extrato da conta, fatura indicando o limite do cartão de crédito, dinheiro, VTM etc.) e cópia do seguro-saúde. Mais informações estão disponíveis no site do Consulado-Geral da França em São Paulo.

- Nenhuma vacina é requerida para entrar na França.

- A moeda utilizada na França é o euro (€). Ela pode ser adquirida em diversas casas de câmbio no Brasil ou em outros países - afinal, é uma moeda bastante forte. Não espere, no entanto, que seja tão fácil trocar real por euro em casas de câmbio europeias, principalmente em cidades pequenas. Portanto, é menos arriscado comprar euros ainda no Brasil, antes de viajar.
Caixas eletrônicos para fazer saques são encontrados com facilidade e cartões de crédito são amplamento aceitos pelos lojistas. 

- A PID (Permissão Internacional para Dirigir) pode ser requerida ao alugar um carro em território francês ou em cidades europeias. O documento deve ser feito junto ao Detran de sua cidade e não requer nenhum trâmite complicado, bastando que o documento seja pago para adquiri-lo.

- O Vale do Loire é um lugar seguro e tranquilo, entretanto, não custa nada manter o mesmo cuidado que se tem ao visitar uma cidade brasileira. Sempre tenha seus pertences consigo e carregue sua bolsa ou mochila sempre próxima ao corpo. O problema de muitas cidades europeias são os chamados pickpockets, que furtam turistas em lugares inesperados, como museus e shoppings. 

- Aos domingos, o comércio das pequenas cidades do Vale do Loire fica todo fechado. Tenha paciência e lembre-se de se programar, caso esteja no Loire durante esse dia. Até restaurantes ficam fechados! 

- Embora muita gente faça apenas um bate-volta de Paris ao Loire, esse lugar tem muito mais a oferecer do que um passeio de um dia. Planeje-se para ficar ao menos duas ou três noites e, assim, conhecer os principais castelos. Caso tenha mais tempo disponível, quatro, cinco ou mais noites são indicadas para visitar os castelos com calma e sair do programa básico, podendo explorar lugares menos turísticos. 

- Conhecer a história dos châteaux que se visita deixa o passeio muito mais interessante. Na entrada dos castelos costuma haver um folheto explicativo disponível para os visitantes. Esse material é interessante para compreender as circunstâncias em que o château foi construído, sua história e suas curiosidades. Muitas vezes o folheto está em português, facilitando a vida dos brasileiros que não falam outras línguas. Na falta do folheto explicativo, provavelmente haverá um serviço pago de audioguia. 

- Brasileiros que necessitem de ajuda consular em uma viagem à França podem contar com o consulado brasileiro em Paris. O setor consular da embaixada é responsável por ajudar brasileiros com questões como perda do documento de viagem ou registro de nascimento. O Consulado-Geral do Brasil em Paris está no endereço: 34 Cours Albert 1er, Paris 75008. Tel: (33) 01 45 61 63 00. E-mail: ambassade@bresil.org.

Tudo que você precisa saber sobre Vale do Loire !

Esse texto sobre Dicas do Vale do Loire faz parte do guia de Vale do Loire no Melhores Destinos

Comentários para Dicas do Vale do Loire

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.