Melhores Destinos
Bariloche
Jéssica Weber Jornalista apaixonada por mato e praia, interessada na história dos lugares, na arquitetura das cidades e em comida, é claro.

Quando ir a Bariloche

Bariloche parece destinos diferentes dependendo da época do ano. O verão é indicado para andar de caiaque nos lagos, fazer caminhadas e passeios ao ar livre, pois nesse período as temperaturas são mais agradáveis e os dias, mais longos. Já o inverno traz a neve, é quando montanhas e bosques ficam branquinhos, dá para esquiar, fazer esquibunda e outras brincadeiras que transformam qualquer um em criança. 

Neste post, a gente detalha os prós e contras de cada período, para você fazer a melhor escolha de quando ir a Bariloche

Quando ir a Bariloche

Clima em Bariloche

Bariloche fica 1,4 km a sudoeste de Bariloche, perto da fronteira com o Chile. A temperatura média anual registada em San Carlos de Bariloche é de 7,4 °C. A média anual de pluviosidade é de 1.046 mm.

A região tem o clima influenciado pela imensa barreira topográfica chamada Cordilheira dos Andes, o que explica a grande quantidade de neve nessa região. Neste gráfico, disponibilizado no site Clima Data, você consegue ver as temperaturas médias mínimas e máximas, mês a mês, e também as médias de precipitação:

Quando ir a Bariloche

Bariloche no verão

No verão, a temperatura média em Bariloche fica na casa dos 14ºC, ultrapassando os 20ºC em dias quentes. Tem dias que "dá praia" — entre aspas, porque o vento e as águas de lagos como o Nahuel Huapi são sempre frios. Mas bastante gente ocupa a faixa de areia ao redor desse lago, alternando entre o biquíni e o casaco, para pegar um sol e curtir o visual incrível. Tipo esse da foto, que tirei na Baía Brava de Villa La Angostura. 

Quando ir a BarilocheBariloche no verão tem sol até tarde, só escurece por volta das 21h. É ótimo para quem quer fazer esportes aquáticos, passeios nos lagos da região e trekking, porque chove pouco — é a época do ano com menos precipitação.

Mas não pense que é nordeste brasileiro também, você pode encarar dias frios, nublados e chuvosos mesmo no verão. De três dias que eu passei lá no mês de fevereiro, eu peguei dois com sol entre nuvens e um nublado, chuviscando o tempo todo. Precisei recorrer ao casacão com capuz para subir os cerros.

Então se você for a Bariloche no verão, faça uma mala preparada para qualquer situação, com camisetas, com roupa de banho (vai que, né?!) e com roupas de inverno também! E não deixe de fazer os lindos passeios pela região, como o Circuito Chico e a Rota dos Sete Lagos da Argentina. A cor da água fica mais incrível quando tem sol. 

Outra vantagem é que os preços são bem mais convidativos no verão do que no inverno, especialmente de hospedagem. Veja nossas sugestões de hotéis e dicas de onde ficar em Bariloche

Quando ir a Bariloche

Bariloche no inverno

O inverno é o período das precipitações e, consequentemente, da neve. As temperaturas ficam em torno dos 2,5ºC, podendo ser mais altas durante o dia, na casa dos 8ºC, mas também chegando a médias mínimas de -3ºC e sensação térmica ainda mais baixa de madrugada. 

Sim, faz bastante frio! Leve na mala segunda pele (calça e blusa), casacos impermeáveis, suéteres, gorros, cachecóis, calça impermeável, luvas, sapatos para neve (mais indicados para o inverno)... Se não tiver peças impermeáveis, rola de alugar na cidade. A gente dá todas as dicas no post sobre roupas para neve em Bariloche

Quando ir a Bariloche

Mas a magia da neve não é barata. Inverno é alta temporada, o período mais caro da cidade. Especialmente julho, período de férias escolares, com preços mais altos nos hotéis e cidade cheia de gente. 

Viajar a partir da segunda quinzena de agosto já pode oportunizar preços melhores, além de ser mais interessante, também, para quem prefere encontrar a cidade e as pistas um pouco menos cheias. Junho também é melhor, mas tem menos chances de ter grande quantidade de neve para esquiar. 

Ah, uma coisa que você vai observar: no inverno, Bariloche enche de brasileiros. Tanto que tem locais que chamam o destino de Brasiloche hehe. 

Neve em Bariloche

Bem, se você viaja com o objetivo de esquiar, fazer snowboard ou mesmo esquibunda deve estar cheio de perguntas de quando ir a Bariloche. Infelizmente, a gente não consegue garantir nada, a temporada de esqui varia todos os anos, dependendo da quantidade de neve que cai. Normalmente, as estações começam a funcionar no final de junho e ficam abertas até o final de setembro ou início de outubro. 

Quer ter certeza que haverá neve suficiente para esquiar? Acompanhe os sites dos centros de esqui, como Cerro Catedral e Cerro Bayo. Como as condições climáticas mudam a cada ano, não dá para precisar quando começa e termina a temporada de neve com meses de antecedência. 

Mas sabemos que comprar passagem em cima da hora é caro, então o que eu faria para aumentar as chances de pegar neve é programar a viagem para o final de julho ou ao longo do mês de agosto. Ou, no máximo, primeira semana de setembro. Viajei no comecinho de setembro, peguei bastante neve e também dias de sol, o combo perfeito para visitar esquiar e visitar os cerros e lagos, com vista incrível. Dei muita sorte.  

Quando ir a Bariloche

Estações intermediárias em Bariloche

Em questão de clima, outono e primavera em Bariloche lembram o inverno na Serra Gaúcha, com  mínimas na casa dos 5°C, máximas que dificilmente passam de 15°C. Até pode ser que você pegue neve, mas não conte com isso. Chove mais que no verão: fica na casa de 80mm por mês. 

A vantagem dessas estações é relacionada ao preço, a cidade está bem menos cheia, dá para alugar carro, fazer passeios e se hospedar em bons hotéis sem pagar uma fortuna. Também não exige aquele planejamento de meses de antecedência: é tudo mais tranquilo.

Confira os 5 hotéis mais reservados por nossos leitores em Bariloche