Bariloche

Como chegar a Bariloche

Bariloche está a cerca de 1600km de Buenos Aires pelas estradas argentinas, ou a menos de 2h em avião. Durante todo o ano há voos diários da capital portenha até a cidade, especialmente no período de inverno, quando o fluxo de aeronaves chegando e partindo é intenso. 

Uma alternativa interessante é aproveitar a viagem para conhecer o lado chileno dos lagos andinos e agregar um novo destino ao roteiro. Do lado chileno, pode-se utilizar o Aeroporto de Puerto Montt, por exemplo, e fazer a travessia pelos lagos através do Cruce Andino, ou, se quiser economizar, fazer o caminho entre os dois países de ônibus. Leia mais detalhes aqui

Avião
Entre as principais empresas que operam no destino estão LAN, Aerolíneas Argentinas e Austral (que pertence ao grupo da Aerolíneas). Para os brasileiros que querem conhecer o lugar, uma das melhores opções é o combo TAM + LAN, ou a própria Aerolíneas Argentinas, que tem voos partindo das principais capitais brasileiras. O Aeroparque, aeroporto argentino com diversos voos domésticos, é o principal meio de ligação até Bariloche. 

Os horários de conexões nem sempre são favoráveis para os brasileiros, principalmente para os que não vivem nas maiores capitais do país. Pode acontecer de os horários de voos e conexões não serem atrativos e exigirem várias horas de espera em um aeroporto. Nesse caso, nossa sugestão é fazer da conexão um momento mais agradável: tente fazer um stopover. Se você precisar passar muitas horas esperando pelo próximo voo em Buenos Aires, por exemplo, uma sugestão é ficar um ou dois dias no destino e só depois partir para Bariloche. 

O Aeroporto de Bariloche é de pequeno porte, mas tem a estrutura básica de que um turista precisa. Ele está localizado a cerca de 13km do centro da cidade, tem visual moderno e até uma loja de chocolates Rapa Nui, para quem precisar fazer compras de última hora. A chegada ao terminal é bonita, pois o aeroporto está cercado pela Cordilheira dos Andes - vale a pena estar em um assento na janela do avião.

Nossa dica é chegar ao aeroporto com pelo menos uma hora de antecedência em relação ao horário programado para o voo, pois vez ou outra chegam ao terminal grupos grandes de turistas de uma só vez, podendo deixar o check-in mais lento. 

Saindo do aeroporto
Na hora de deixar o Aeroporto Teniente Luis Candelaria você conta com o serviço de táxis, ônibus e vans. Um táxi cobra cerca de $100 para ir até o centro, enquanto uma van compartilhada sai por $40 por pessoa. Os ônibus são indicados apenas para quem está com mala pequena, porque não há espaço destinado às bagagens. 

Nossa sugestão: para quem está em família, vale a pena utilizar os táxis. Lembrando que você pode negociar o valor se o veículo em questão for um remis (sem taxímetro, com preços tabelados). 
Se estiver em poucas pessoas (uma ou duas), as vans compartilhadas são suficientes para fazer o trajeto. 

De ônibus
As 22 horas de ônibus a partir de Buenos Aires contra as duas de avião não contam a favor de quem deseja fazer essa viagem por terra. O trajeto é realmente demorado e o preço, comparado ao ofertado pelas companhias áreas, muitas vezes não compensa.
Caso opte por fazer a viagem por terra, tenha ciência do tempo gasto e, para seu maior conforto, opte por um ônibus onde o assento vire uma cama. 

De Puerto Montt ou Osorno - ambos no Chile - até Bariloche, de ônibus, são cerca de cinco horas. O trajeto em si não é longo, porém é preciso parar duas vezes ao longo do caminho para fazer os trâmites de imigração dos lados chileno e argentino. Para mais informações sobre a travessia, veja esse post.

De carro
Partindo de Buenos Aires, são cerca de 1600km - a maioria deles percorridos em estradas como a RN 5, a RN 152, a RN 237 e a RN 40, passando, principalmente, pela cidade de Neuquén, onde é possível fazer uma parada. 

Partindo do Chile, é possível passar por diferentes cidades, incluindo Puerto Varas, Osorno e Pucón - o tempo de viagem varia de acordo com as cidades incluídas ao longo do trajeto. Villa La Angostura, do lado argentino, é um dos acessos mais utilizados para chegar a Bariloche. 

* Preços em pesos argentinos, que são representados por um "$". Para fazer a conversão, utilize o site do Banco Central.

  • Aeroporto-de-bariloche

    Aeroporto de Bariloche - Teniente Luis Candelaria

    Nota:  de 10 (0)

    O Aeroporto de Bariloche está a cerca de 13km do centro da cidade e é o principal meio de chegada dos brasileiros ao destino. Ainda que seja um terminal de pequeno porte, há vários voos diários oferecidos pelas empresas que nele operam, especialmente entre Bariloche e a capital argentina.

    No terminal há um balcão de...

  • Terminal de Ônibus

    Nota:  de 10 (0)

    O Terminal de Buses de Bariloche tem uma estrutura bastante pequena, porém oferece o básico de que um turista precisa para viajar.

    No lugar há diversos quichês de empresas que operam na cidade e que vendem passagens para cidades argentinas e de outros países.  

    O terminal tem duas lanchonetes e fica a cerca 3km da Rua Mitre. 

Tudo que você precisa saber sobre Bariloche!

Esse texto sobre Como chegar a Bariloche faz parte do guia de Bariloche no Melhores Destinos

Comentários para Como chegar a Bariloche

  • Missing Silvio Rizzo há 6 anos

    Existe Trem de Viedma x Bariloche e vice versa nos finais de semana, como sou fã de ferrovias, gostaria de saber notícias e informaçoes a respeito.

  • T6g7m Sávyo Aguiar há 4 anos

    Acho legal colocar os nomes das empresas que fazem o percurso BsAs-Bariloche de ônibus. Fiz este percurso e acharia muito construtivo ter estas dicas.

  • Missing Danillo Pesquero há 1 ano

    E de trem? Não tem esta opção?

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.