Melhores Destinos
Argentina

Bariloche

Jéssica Weber Jornalista apaixonada por mato e praia, interessada na história dos lugares, na arquitetura das cidades e em comida, é claro.

Bariloche ganhou contornos mágicos na minha memória como a cidade onde eu vi neve pela primeira vez. Eu não sei explicar por que pedacinhos minúsculos de gelo conseguem nos fazer crianças de novo, mas é verdade. Na hora você não pensa muito, quer correr para a rua, quer fazer anjinho de neve, boneco de neve, atirar bolinha de neve. Pelas fotos tiradas naquele 1° de setembro, na base do Cerro Catedral, eu posso comprovar que não parei de sorrir um segundo. 

E eu não fui a única a viver essa primeira experiência na cidade argentina: Bariloche é o destino de neve favorito dos brasileiros. Muito em razão da proximidade e facilidade de chegar — no inverno, tem até voo direto. Mas o charme dessa cidade, os seus lagos de água transparente e montanhas com vista fascinante também têm crédito. 

Para fazer esse guia especial, a gente visitou o destino no inverno de 2023 e no verão de 2024. O objetivo é trazer as melhores dicas para que Bariloche fique para sempre gravada na sua memória, como ficou na minha. 

Bariloche

Bariloche: o que você precisa saber

Bariloche fica na Argentina, mais especificamente na província de Rio Negro, a 1,4 mil quilômetros da capital, Buenos Aires. É a porta de entrada da Patagônia Argentina pelo norte e a cidade mais famosa na região dos lagos andinos. Com 130 mil habitantes, sua economia é voltada ao turismo, com grande estrutura de atrativos, hotéis e restaurantes. 

É, essencialmente, um destino de inverno, e recebe tantos brasileiros nessa época que os locais a chamam de Brasiloche. Mas pode ser visitada em qualquer época do ano, pois há muito mais que esqui e snowboard para fazer.

Lagos de tons intensos, lindos bosques, cerros (morros) verdes no verão e branquinhos de neve no inverno, Bariloche é um lugar com natureza privilegiada e uma enorme variedade de passeios para explorá-la. Aliado a eles, há ainda o charme da colonização alemã e austríaca, impresso na arquitetura e na gastronomia. Parece um destino europeu no meio da Argentina. 

Bariloche

Voos para Bariloche

Não é difícil chegar a Bariloche. No inverno, há até voos diretos partindo de São Paulo, mais especificamente do Aeroporto de Guarulhos (com a Aerolíneas Argentinas) e do Aeroporto de Viracopos (com a Azul). O voo dura aproximadamente 3 horas e 30 minutos.

Nas demais épocas do ano, será necessário fazer ao menos uma escala, normalmente, em Buenos Aires. Da capital argentina a Bariloche, o voo dura cerca de 2h20min. Para ir de carro ou ônibus, levaria pelo menos 16 horas. Leia todas as dicas de como chegar a Bariloche

Baixe o aplicativo do Melhores Destinos e ative as notificações por região para receber as promoções de passagem para o país vizinho em primeira mão.

Quando ir a Bariloche

Bariloche - Argentina é um destino que pode ser visitado o ano inteiro, mas como você deve imaginar, as paisagens são muito diferentes dependendo da época do ano. O inverno, principalmente nos meses de julho e agosto, é época de curtir a neve e praticar esportes na neve. É quando tudo fica mais mágico, mas também mais caro — trata-se da alta temporada. Nas outras estações e, principalmente, no verão, é ideal para fazer passeios ao ar livre, admirar as montanhas, fazer trilhas e curtir as praias de lago. Antes de tomar qualquer decisão, leia nosso post sobre quando ir a Bariloche.

Hotéis em Bariloche

Bariloche é um daqueles destinos que pedem conforto. E escolher bem o hotel vai fazer toda a diferença na sua experiência. Tudo o que a gente quer depois de um dia de esqui ou caminhada é um quarto quentinho, com uma cama gostosa... Mas se tiver vista para o lago, ninguém vai reclamar. 

As acomodações se situam, basicamente, em duas áreas: no centro e ao longo da longa Avenida Bustillo, que margeia o Lago Nahuel Huapi, como o famoso Llao Llao (foto). A gente traz os pós e contras de cada região no post sobre onde ficar em Bariloche

Bariloche

Bariloche - as melhores opções de hospedagem!

A lista a seguir apresenta ótimas opções de hospedagem em Bariloche. As acomodações foram escolhidas pela nossa equipe, priorizando qualidade, preço das diárias e localização. Também incluímos as notas do Booking.com, que indicam a avaliação que hóspedes reais tiveram da acomodação.

HOTEL NOTA LINK
Llao Llao Resort, Golf-Spa 9.0 Ver preços
Monasterio Hotel Boutique 8.9 Ver preços
Hotel Tirol 8.8 Ver preços
Hotel Ayres Del Nahuel 8.8 Ver preços
Hotel Aspen Ski 8.6 Ver preços
Hotel Cristal 8.6 Ver preços
Patagonia Jazz Hostel 8.6 Ver preços
Hotel Nahuel Huapi 8.6 Ver preços
Hotel EcoSki by bund 8.5 Ver preços
Hotel Tres Reyes 8.3 Ver preços
Pesquisar passagens aéreas

O que fazer em Bariloche

O Cerro Catedral (foto abaixo) é a grande estação de esqui da região de Bariloche, na verdade é a maior da América do Sul, com infraestrutura impressionante de pistas, restaurantes e lojas — tem até um charmoso shopping na base. Mas outros lugares para brincar na neve são o complexo de Piedras Blancas, ideal para esquibunda, o Cerro Otto, que tem como marca seu teleférico fechado, e o Winter Park, onde eu esquiei de noite, um sonho que nem sabia que tinha. 

Bariloche

Subir o Cerro Campanário também é imprescindível no seu roteiro, para admirar a vista panorâmica mais incrível da região. É uma das paradas do Circuito Chico, bem como a Playa Bonita, a Capela San Eduardo, com vista incrível para o Hotel Llao Llao, a Trilha dos Arrayanes, o lindo mirante Punto Panoramico. 

Recomendamos reservar um tempo para o centro de Bariloche, que é cheio de lojinhas legais, incluindo as maravilhosas lojas de chocolates. Você pode começar pela Catedral, que chama atenção pela arquitetura neogótica em pedra branca, depois percorrer a Rua Mitre, a principal rua do comércio da cidade, até o Centro Cívico, cercada por prédios de pedra e detalhes em madeira, arquitetura influenciada pelas regiões montanhosas da Europa e Estados Unidos. Logo abaixo, há o Mirador Nahuel Huapi, um passeio revitalizado à beira do lago, onde dá para tirar uma foto no letreiro de Bariloche.

Bariloche

Mais do que admirar esse lago da margem, vale também escolher um dos passeios de barco, que fazem paradas em lugares mágicos. Os principais roteiros são Puerto Blest e Cascata de Los Cántaros e Ilha Victoria e Bosque de Arrayanes

Quem tem mais tempo na região, precisa fazer a Rota dos Sete Lagos da Argentina, entre as cidades de Villa La Angostura (foto abaixo) e San Martín de Los Andes. As curvas pela região montanhosa vão revelando lagos com várias cores, de azul Caribe aos tons mais intensos. O passeio até o Cerro Tronador e Glaciar Ventisquero Negro, a maior montanha da região, é menos conhecido, mas muito elogiado pelos turistas.BarilocheEu ainda me deliciei no chiquérrimo chá da tarde do Hotel Llao Llao, bebi um drink em um bar de gelo, visitei um cassino. No inverno, dá ainda para andar de moto de neve ou quadriciclo de neve à luz do luar. Todas essas dicas você confere no post de o que fazer em Bariloche

Restaurantes em Bariloche

A gastronomia é um dos motivos da minha saudade por Bariloche. Reservar parte do dia para fazer a refeição com calma, acompanhada de um bom vinho, é das melhores pedidas na cidade. 

Tem muita variedade de restaurantes em Bariloche, focados, principalmente, na cozinha argentina e na gastronomia regional, que também tem raízes europeias. Você precisa provar a truta patagônica, que parece salmão, o cordeiro, as empanadas fritas... Mais dicas no post sobre onde comer em Bariloche.

Bariloche

Bariloche — Argentina: informações essenciais

Quais documentos são necessários?

Turistas brasileiros que ficam até 90 dias em território argentino não necessitam de visto, vacinas, nem mesmo de passaporte. Para os trâmites da imigração, o RG é suficiente — só atente que o documento precisa ter menos de dez anos de expedição. Caso você pretenda alugar um carro lá, não precisa nenhuma licença especial, a nossa CNH é aceita. Mas leve o documento físico, porque pode ser que impliquem com a versão digital.

Não é obrigatório ter seguro-viagem para entrar na Argentina, mas qualquer incidente por lá pode acabar saindo bem caro. O seguro de viagem é tipo um plano de saúde temporário e também uma garantia de indenização para várias situações e acidentes. Ele será válido pelos dias da contratação e dentro das normas especificadas em cada contrato.

A Allianz é parceira do Melhores Destinos. Utilizando o cupom promocional MELHORESDESTINOS no ato da compra no site da Allianz, você garante um desconto exclusivo no seguro de viagem!

Que dinheiro levar a Bariloche? 

A moeda da Argentina é o peso argentino (ARS), simbolizado pelo $ em prateleiras e cardápios de todo o país. Diante das mudanças políticas e econômicas mais recentes, pode ser difícil saber qual moeda levar para a Argentina, como fazer o câmbio por lá e se o câmbio blue (câmbio paralelo) vale a pena. Esclarecemos essas questões no post que moeda levar para a Argentina

Eu enviei um valor para sacar em pesos argentinos na Argentina, via agência da Western Union, e usei bastante os cartões de débito internacional Nomad e Wise. No geral, os bancos digitais têm uma cotação melhor do que o cartão de crédito tradicional. A Nomad, por exemplo, cobra um spread/ágio de 2% e IOF de 1,1%, enquanto os cartões de crédito convencionais podem ter um spread/ágio de até 7%, além do IOF de 4,38%. 

Se você ainda não é cliente, baixe o app Nomad clicando aqui e utilize o cupom MDGUIA no código de convidado (não pule essa etapa!). Depois, insira os seus dados pessoais e envie a foto de seu passaporte, RG ou CNH. Pronto: você receberá um bônus de 2% do valor da sua primeira operação de câmbio, limitado a US$ 20 de bônus (cerca de R$ 100), em até 15 dias úteis.   

Como é a internet em Bariloche?

A internet não é muito boa em Bariloche, vai funcionar no centro, mas pode e provavelmente vai te deixar na mão nas atrações mais distantes, então vale habilitar o modo offline no seu aplicativo de gps. 

Dá para comprar um chip pré-pago da Movistar ou Claro no centro, habilitar roaming do seu plano (cheque a política de uso antes) ou, se o modelo do seu celular for compatível, adquirir um eSim. Eu usei a internet da Airalo, um eSIM (chip virtual) que permite comprar planos de dados móveis temporários ao viajar para o exterior.

Use o código exclusivo MELHORESDESTINOS15, que dá 15% de desconto em qualquer compra ou serviço. Basta acessar o site do Airalo e usar o cupom de desconto.

Que roupas levar a Bariloche?

Independentemente da época da viagem, esteja preparado para o frio. No verão, pode até dar praia nos lagos gelados da região, mas à noite esfria bastante. Caso não tenha casacões, calças e botas impermeáveis, você poderá alugá-las em lojas do Centro do Bariloche. Se você não vai para destinos de neve com frequência, essa é uma alternativa mais vantajosa do que comprar e deixar mofando no armário. Leia mais sobre roupas de neve em Bariloche

A gente traz mais informações essenciais, como o formato da tomada, meios de transporte e aluguel de equipamentos de esqui no post dicas de Bariloche.

Bariloche