Bariloche

O que fazer em Bariloche

Bariloche é um destino com muitas coisas para fazer. Tente reservar ao menos cinco dias para ficar na cidade e aproveitar os principais passeios. Se quiser passar alguns dias conhecendo a região com calma e pegar mais jeito com os esportes de neve, uma semana ou dez dias talvez se encaixem melhor na programação. 

Como há muitos passeios diferentes, faça uma seleção dos que têm mais a ver com seu perfil. Não se esqueça de incluir no roteiro as paradas obrigatórias, como: Cerro Catedral, voltado para esqui e snowboard; Piedras Blancas, indicado para esquibunda; e Cerro Otto, que tem uma vista incrível de sua parte superior, com uma Confeitaria Giratória bem legal. O Cerro Campanário, com sua vista espetacular, também é imprescindível, assim como o Circuito Chico, que apresenta aos visitantes algumas paisagens ao longo do Lago Nahuel Huapi, na frente de Bariloche.

Se o tempo estiver mais folgado, aconselhados conhecer: Villa La Angostura e seu Cerro Bayo; San Martín de Los Andes; o Cerro Tronador e o Glaciar Negro; e fazer passeios de barco, como os que levam a Ilha Victoria e Puerto Blest. 

Recomendamos reservar um tempo para o centro de Bariloche, que pode não ter toda a beleza das montanhas, mas é cheio de lojinhas legais, incluindo as maravilhosas lojas de chocolates. Outro lugar importante para conhecer é Centro Cívico, onde estão o Museu da Patagônia, a bandeira argentina e o monumento a Julio Roca. 

À noite, descanse jantando num bom restaurante, pois pratos deliciosos não faltam. Nos cardápios da região você encontrará muitas carnes, peixes como truta e salmão, além de fondues. Se quiser curtir um lugar descontraído, vá ao Wilkenny, um dos points da vida noturna.

Muita gente viaja ao lugar imaginando que terá apenas contato com a neve, mas se surpreende ao ver que Bariloche é um destino para ir uma vez e voltar várias outras. A região tem boa estrutura, paisagens extraordinárias e um enorme leque de atividades para fazer. 

  • Cerro-campanario

    Cerro Campanário

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Cerro Campanário é um morro com 1049m de altura às margens do lago Nahuel Huapi. Do lugar é possível ter uma vista privilegiada para os arredores de Bariloche e muitas pessoas dizem, inclusive, que é o morro que proporciona as paisagens mais bonitas da cidade. O acesso é feito por um percurso de sete minutos em...

  • Cerro-catedral

    Cerro Catedral

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Cerro Catedral é o maior complexo de esportes de neve de Bariloche - e também da América do Sul. O lugar tem pistas para todos os níveis de esportistas, desde os que estão começando nos esportes aos mais experientes. São 25 meios de elevação no complexo e vários setores com pistas para snowboard e...

  • Chez-philippe

    Chez Philippe

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Chez Philippe é um restaurante pequeno e escondido de Bariloche, ideal para quem busca uma refeição com cara de "jantar em casa".  Pequeno, mas ao mesmo tempo charmoso, o lugar tem apenas seis mesas e é indicado para quem quer fugir do movimento dos grandes restaurantes e fazer um jantar quase que caseiro, com gastronomia...

  • Vista-da-confeitaria-giratoria-cerro-otto

    Confeitaria Giratória

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    No alto do Cerro Otto está a Confeitaria Giratória, um restaurante com cardápio variado, que se movimenta lentamente. A cada 20 minutos o lugar faz uma volta completa, permitindo admirar a paisagem em 360 graus, independentemente de onde você estiver sentado.  

    O cardápio não tem apenas doces, como sugere o nome, e serve...

  • El-boliche-de-alberto-parrilla

    El Boliche de Alberto - Parrilla

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O El Boliche de Alberto é conhecido como um dos lugares com melhor custo-benefício da cidade e faz tanto sucesso que é difícil encontrar a casa vazia. Apenas na região central de Bariloche são três filiais: duas dedicadas às carnes e uma, às massas.

    As carnes, suculentas, são bem servidas e uma...

  • Ice-bariloche

    Ice Bariloche

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Ice Bariloche é um bar diferente do habitual: ele é feito de gelo e mantém uma temperatura interna de -5°C. São dois ambientes: um feito todo em gelo e outro com temperatura "normal"; as pessoas circulam entre os dois conforme sua preferência.

    A área feita em gelo certamente é a mais interessante. Ao...

  • La-marmite

    La Marmite

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O La Marmite é um dos restaurantes famosos de Bariloche. Tradicional em servir trutas e fondue suíco, o lugar tem decoração rústica, com paredes de pedras e madeira. É indicado para um jantar tanto em casal como em família ou com amigos. 

    O serviço é atencioso e a cozinha, superágil em preparar o...

  • Piedras-blancas

    Piedras Blancas

    Nota: 5.0 de 10 (2)

    Piedras Blancas é uma estação que, diferentemente das outras na região, não é voltada para esqui e snowboard, mas para esquibunda ou descida com trineo - como chamam na cidade. O lugar é ideal para quem quer se divertir em família e brincar nas pistas de diferentes níveis de dificuldade. Se você...

  • Rapa-nui

    Rapa Nui

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    A Rapa Nui é mais uma das lojas de chocolate de Bariloche que vive cheia de gente. É especilizada em chocolates, mas oferece muito mais do que a iguaria vinda do cacau.
    É claro que são os chocolates que fazem mais sucesso, mas visitando o lugar você pode aproveitar para experimentar seus sorvetes ou sentar-se e fazer uma...

  • Refúgio Black Rock

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    O Black Rock é um bom local para curtir a vida noturna de Bariloche, tomar uma cerveja ou dançar. A programação do lugar é variada e toda noite há algo diferente - em alguns dias, dose dupla de cerveja ou algum prato em promoção, além de shows ao vivo que a casa organiza. 

  • Villa-la-angostura

    Villa La Angostura

    Nota: 5.0 de 10 (1)

    Villa La Angostura é uma cidade a cerca de 80km de Bariloche. O lugar é pequeno e bem charmoso, ideal para quem quer passar um dia tranquilo. Por lá você poderá conhecer o Cerro Bayo com uma paisagem impressionante de sua parte superior, fazer um passeio de barco, conhecer os bosques da região ou simplesmente caminhar pelas ruas da...

  • Chocolates-del-turista

    Chocolates del Turista

    Nota: 4.8 de 10 (2)

    Basta entrar na Chocolates del Turista da Rua Mitre para se perder. A loja é tão grande e oferece uma variedade tão incrível de produtos que é difícil sair de lá sem comprar ou consumir alguma coisa. 

    Além das diversas opções de chocolates, alfajores, doces e outros quitutes, o lugar também...

  • Mamuschka

    Mamuschka

    Nota: 1.0 de 10 (1)

    Caminhando pela Rua Mitre é bem provável que o visual chamativo da Mamuschka ganhe sua atenção. A loja de chocolates é das mais cobiçadas em Bariloche e tem chocolates dos mais diversos tipos, para nenhum amante de doces colocar defeito. Você poderá comprar chocolates por peso ou em embalagens já prontas,...

  • Abuela-goye

    Abuela Goye

    Nota:  de 10 (0)

    A Abuela Goye é outra das lojas famosas de chocolate em Bariloche. Ela tem um perfil de produtos mais artesanais, é cheia de chocolates gostosos - incluindo o chocolate quente, vendido para viagem e que ajuda bastante a se esquentar no frio que faz no inverno. 
    A empresa oferece chocolates de todos os tipos, com algumas misturas que fogem do habitual,...

  • Cassino-de-bariloche

    Cassino de Bariloche

    Nota:  de 10 (0)

    Bariloche tem seu cassino, para quem gosta de apostar algumas fichas - e, quem sabe, voltar para casa com a carteira mais cheia.

    O Cassino de Bariloche, que tem três andares e fica na área central da cidade, oferece várias opções de jogos e é uma boa opção para curtir a vida noturna da cidade. 

  • Catedral-de-bariloche

    Catedral de Bariloche

    Nota:  de 10 (0)

    Quando reservar um momento para andar pelo centro da cidade, não deixe de passar pela Catedral de Bariloche, que homenageia Nossa Senhora Nahuel Huapi. A igreja católica mais importante da cidade foi inaugurada em 1946 e construída em estilo neogótico, com muitas pedras e um pé direito bem alto.

    A Catedral chama atenção pela...

  • Cavalgada

    Nota:  de 10 (0)

    Tem vontade de cavalgar, mas nunca teve oportunidade? Bariloche é, também, um bom lugar para isso. A atividade é mais agradável no verão, com temperaturas mais quentes, e é apreciada por pessoas de diferentes faixas etárias. O trajeto e tempo de duração dependem do que for combinado previamente; há...

  • Centro-civico

    Centro Cívico

    Nota:  de 10 (0)

    O Centro Cívico de Bariloche é um dos pontos turísticos mais importantes da cidade. É no lugar, cercado por edifícios de arquitetura peculiar, que estão o monumento a Julio Roca, a bandeira argentina e o Museu de La Patagonia.

    Para muita gente que vive ou passeia na cidade, o Centro Cívico é um ponto de encontro, onde...

  • Vista-do-cerro-otto

    Cerro Otto

    Nota:  de 10 (0)

    O Cerro Otto é um passeio imperdível e que não deve faltar em sua programação. O acesso ao topo do morro é feito em um teleférico fechado, com capacidade para quatro pessoas, e mesmo antes de desembarcar do teleférico, a beleza da região já impressiona.

    Lá em cima do cerro, coberto de neve durante...

  • Cerro-tronador

    Cerro Tronador e Glaciar Negro

    Nota:  de 10 (0)

    O passeio ao Cerro Tronador e a seus arredores é uma excursão de dia completo, que pode ser feita com agências ou por conta própria, caso você tenha um carro.

    O Cerro Tronador, que pertence ao Chile e à Argentina, tem 3.478m e é o mais alto da região - que é composta por lagos, cachoeiras, praias, boques e outras...

  • Vista-do-cerro-viejo

    Cerro Viejo

    Nota:  de 10 (0)

    Esse não é dos cerros que mais fazem sucesso em Bariloche, mas tem um diferencial frente aos demais: a subida é feita com teleférico, como nos outros, porém a descida pode ser feita em um tobogã! Quem gosta de aventura pode optar por descer pelo tobogã sentindo um ventinho no rosto - quem preferir a opção...

  • Cerro-campanario-visitado-durante-circuito-chico

    Circuito Chico

    Nota:  de 10 (0)

    Circuito Chico é um passeio tradicional em Bariloche, onde percorrem-se cerca de 60km, do centro da cidade até o famoso Hotel Llao Llao, construído em 1948. 

    Durante o passeio chico (pequeno) os turistas passam pela Av. Bustillo, às margens do lago Nahuel Huapi, e têm visões belíssimas da região - como as ilhas do...

  • El-boliche-de-alberto-massas

    El Boliche de Alberto - Massas

    Nota:  de 10 (0)

    El Boliche de Alberto tem vários restaurantes em Bariloche, alguns especializados em parrillas, alguns em massas. Nossa dica: conheça os dois! O custo-benefício de ambos é excelente, assim como a qualidade da comida.

    Conseguir uma mesa pode exigir um pouco de paciência; afinal, é comum a casa estar cheia. Apesar de esperar...

  • El Bolsón

    Nota:  de 10 (0)

    El Bolsón é uma pacata cidade a 80km de Bariloche. O lugar pode ser conhecido em um passeio bate-volta, mas também é procurado por pessoas que querem se hospedar em um lugar tranquilo.

    A cidade, famosa produtora de cervejas artesanais argentinas, é indicada para fazer passeios ao ar livre, pescar, praticar trekking ou simplesmente...

  • El-patacon

    El Patacon

    Nota:  de 10 (0)

    O restaurante é um dos mais famosos de Bariloche - e com razão. Conhecido pelos pratos bem preparados, típicos da Argentina e da região de Bariloche, o El Patacón oferece em seu cardápio boas opções de saladas, massas e, sobretudo, os pratos-chefes, que são as carnes de boi, o cordeiro kobe e os peixes regionais...

  • Familia-weiss

    Família Weiss

    Nota:  de 10 (0)

    Basta passar na frente do restaurante Família Weiss para que o lugar já chame a atenção. Da rua mesmo se observa a construção rústica e cheia de madeiras que difere o lugar dos outros edifícios da região. Lá dentro, a atmosfera é aconchegante, ótima para se esquentar, pedir um vinho e...

  • Frantom-chocolates

    Frantom Chocolates

    Nota:  de 10 (0)

    Quer tomar um café da manhã diferente ou já começar o dia cercado de coisas gostosas? Nossa dica, então, é ir até à Frantom, uma loja com produtos de fabricação própria, que, além de vender diversos tipos de chocolate, oferece tortas, salgados e bolos. 

    O lugar é aconchegante e,...

  • Galeria-del-sol

    Galería del Sol

    Nota:  de 10 (0)

    A Galería del Sol (ou Galeria do Sol) é um centro comercial na Rua Mitre que concentra diversas lojinhas boas para fazer compras. Apesar de o exterior não evidenciar, a parte interna do lugar é muito bonita, com madeira em sua estrutura, cobertura em vidro no teto e muitas plantas fazendo a decoração. O lugar é bonito, vale a...

  • Grisu

    Nota:  de 10 (0)

    A boate Grisu é uma das mais tradicionais de Bariloche e, para quem quer dançar, o lugar é certeiro. Sua estrutura é muito boa, com vários andares e diferentes ambientes.

    A programação varia de acordo com o dia, porém é preciso saber que há períodos em que o lugar fica aberto, principalmente, para...

  • Havana

    Havana

    Nota:  de 10 (0)

    A Havana não é uma novidade para muitos brasileiros que já visitaram a Argentina - como Bariloche é o paraíso dos chocolates, não poderia faltar um loja dessa marca na cidade. Aliás, é em Bariloche mesmo que está uma das fábricas de chocolates da Havana, que conquista muitas pessoas com seus sabores.

    ...

  • Ilha Victoria e Bosque de Arrayanes

    Nota:  de 10 (0)

    O passeio para Ilha Victoria e o Bosque de Arrayanes é uma excursão lacustre com duração de meio dia. Durante o passeio, os turistas têm a oportunidade de navegar pelo lago Nahuel Huapi e conhecer de pertinho suas águas claras, além de ver as praias e paisagens belas do norte da Patagônia Argentina. 

    No Bosque de...

  • Museu-da-patagonia

    Museu da Patagônia

    Nota:  de 10 (0)

    O Museu de La Patagônia, no Centro Cívico, é um lugar interessante para quem quer entender a história da região patagônica. O museu mostra, através de gravuras, painéis e objetos, um pouco da história dessa região, desde seus primeiros habitantes até a época de colonização de...

  • Museu-do-chocolate

    Museu do Chocolate

    Nota:  de 10 (0)

    O museu do chocolate da empresa Havana, conhecida por seus alfajores e pelo doce de leite irresistível, é uma boa oportunidade para entender a história do chocolate. Em uma visitada guiada, turistas podem conhecer a história da guloseima desde o seu início e aprender como o pó da semente de cacau se tornou em um dos alimentos mais...

  • Lago-nahuel-huapi

    Passeio de caiaque

    Nota:  de 10 (0)

    Quem gosta de praticar esportes na água pode apostar em um passeio de caiaque pelo Lago Nahuel Huapi. A atividade fica melhor se for praticada durante o verão, que tem temperaturas mais agradáveis, e permite não apenas apreciar a natureza, mas estar em pleno contato com ela.

    Caso deseje fazer o passeio, procure alguma das agências de...

  • Passeio Noturno - La Cueva

    Nota:  de 10 (0)

    O passeio a La Cueva se parece bastante com o passeio da Noite Nórdica, mas tem um desfecho diferente. Nesse passeio os passageiros também podem pilotar seus próprios quadriciclos, porém o jantar é servido em um restaurante dentro de uma caverna, com decoração superaconchegante.

    Esse passeio, apesar do preço mais...

  • Passeio noturno - Noite Nórdica

    Nota:  de 10 (0)

    A noite nórdica é um passeio noturno em que os turistas têm a oportunidade de pilotar seus próprios quadriciclos, no meio de bosques nos arredores do Cerro Otto. É uma experiência peculiar, pois o passeio foge completamente do cenário urbano, proporcionando uma experiência de contato com a natureza. Após pilotar o...

  • Pista-uno

    Pista Uno - Patinação no Gelo

    Nota:  de 10 (0)

    Já patinou no gelo? Bariloche pode ser uma boa oportunidade para se aventurar nos patins e aproveitar mais uma das atrações que a cidade oferece. A Pista Uno fica na Rua Mitre, anexa a lojas de chocolate Rapa Nui, e é visitada por muitas crianças, além dos adultos.

    O preço atrativo ($50 por uma hora ou $70 com tempo livre)...

  • Retorno-de-puerto-blest

    Puerto Blest e Cascata de Los Cántaros

    Nota:  de 10 (0)

    Esse é um dos passeios lacustres de Bariloche que vai até Puerto Blest, navegando até o lago Nahuel Huapi.

    O passeio faz uma parada para caminhada pela trilha da Cascata Los Cántaros, que está cercada por uma vegetação exuberante. Após a parada para admirar a Cascata, é hora de seguir até Puerto Blest,...

  • Refúgio Neumeyer

    Nota:  de 10 (0)

    O Refúgio fica a 18km de Bariloche e pode ser conhecido por meio de passeios oferecidos por empresas turísticas ou por conta própria. O local, na região do Valle del Chacall Huaco, tem diversas atividades na neve, como caminhadas pelos bosques nevados, passeio de trenó e esqui. No verão, há atividades como trekking,...

  • Rock-chicken

    Rock Chicken

    Nota:  de 10 (0)

    Pode até parecer que o Rock Chicken é um restaurante que serve apenas frango, mas o cardápio traz muitas opções. É um local simples, com bom atendimento e especializado em pratos rápidos. Indicamos para o dia em que você estiver com pressa ou quiser apostar em uma comida não tão saudável, digamos...

  • Rua-mitre

    Rua Mitre

    Nota:  de 10 (0)

    A Rua Mitre, ou Calle Mitre no idioma local, é considerada a mais importante da cidade. Nela se concentram boa parte das lojas de roupas e chocolates, além de bancos, casas de câmbio, agências turísticas e até supermercado. 

    A rua é movimentada durante todo o dia, inclusive à noite, pois o comércio abre,...

  • San Martín de Los Andes

    Nota:  de 10 (0)

    San Martín de Los Andes é uma cidade a cerca de 260km de Bariloche; se tiver tempo livre em seu roteiro, pode ser uma boa oportunidade para conhecer a cidade ou mesmo passar algumas noites por lá. 

    O lugar é interessante para quem busca tranquilidade e contato com a natureza. As paisagens ao redor da cidade são muito bonitas, com...

  • San Martín de Los Andes por 7 Lagos

    Nota:  de 10 (0)

    San Martín por 7 Lagos é um circuito com mais de 300km, em que os turistas chegam à cidade de San Martín de Los Andes margeando diferentes lagos ao longo de seu percurso. Toda a viagem é feita acompanhada de belas paisagens, bosques e rios. Entre os lagos que se vê no caminho estão: Nahuel Huapi, Correntoso, Espejo, Escondido,...

  • Wilkenny

    Wilkenny Bariloche

    Nota:  de 10 (0)

    O Wilkenny é uma das melhores opções na noite de Bariloche. O lugar funciona como pub estilo irlandês e restaurante, e costuma ficar animado durante a noite, especialmente nos fins de semana. É um ótimo lugar para tomar uma cerveja, conhecer gente nova e conversar com amigos. 

    Além do pub em si - que já é...

Tudo que você precisa saber sobre Bariloche!

Esse texto sobre O que fazer em Bariloche faz parte do guia de Bariloche no Melhores Destinos

Comentários para O que fazer em Bariloche

  • Ammzz Weverson Soares Santos há quase 4 anos

    Olá estarei indo nos dias 06/11 a 13/11, há alguma possibilidade de ver neve??

  • X9rqx Adriana Magalhães há mais de 2 anos

    Nessa época não!

  • Missing yeda lins há mais de 2 anos

    Olá,em agosto irei visitar Bariloche, sozinha. Chego dia 16 e volto dia 24. Oito dias me parece muito tempo na cidade...mesmo fazendo planos de visitar Vila Angostura e El Bolson. Por isso, pensei em passar uns três dias em Puerto Varas ou San Martin de Los Andes. O que vocês acham dessa ideia? No caso de Puerto Varas, perderia dois dias só com deslocamento de ônibus e ficaria dois dias na cidade. San Martin também me parece muito bonita. Difícil decidir! Obrigada,

  • Missing yeda lins há mais de 2 anos

    Ok, obrigada! Vou deixar Puerto Varas para outra ocasião, talvez no verão. Verei hostel em Villa la Angostura para variar de estadia. Abs!

  • Missing Thiago há quase 2 anos

    Boa tarde, irei visitar a Argentina em junho/18. Vou para Bariloche e posteriormente Buenos Aires, gostaria de dicas, quanto tempo ideal para conhecer tudo (o foco de Bariloche é para esquiar). Estava pensando em passar uma média de 7 a 8 dias na viagem inteira. Poderia me passar dicas importantes, pontos turísticos que não poderia perder. Obrigado.

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.