Deserto do Atacama

Subida aos Vulcões

0 avaliação
0% recomendam
0

San Pedro de Atacama está próximo de vários vulcões e ao invés de vê-los apenas de longe, você pode aproveitar a viagem para fazer um trekking e subir em alguns que ficam nos arredores da vila. A atividade não é das mais fáceis, é verdade, mas para quem um pouco de preparo físico e força de vontade, é possível. A maior dificuldade para subir esses vulcões é a altura, como esses locais são todos muito altos, o ar vai ficando rarefeito e a respiração difícil. O importante é fazer as subidas com calma, dar tempo ao tempo, fazer paradas para descansar e ter força para concluir o trajeto.

Há vários vulcões para ascender e cada um tem seu nível de dificuldade-há desde trekking de um dia àqueles de 5 dias, por exemplo. A vista de cada um deles é diferente e incrível, porque você pode ver uma área muito grande do deserto. No inverno, esse tipo de passeio pode ficar mais difícil devido à neve. Independente da época que você escolha para fazer a ascenção, tenha roupas de frio, pois as temperaturas do topo dos vulcões pode ser bem baixa. 

Abaixo você confere a altura de diferentes vulcões e morros para subir no Atacama: 
Vulcão Licancabur: 5.900 m
Vulcão Lascar: 5.550 m
Vulcão Sairecabur: 6.040 m
Vulcão Ojos del Salado: 6.893 m (vulcão ativo mais alto do mundo)
Vulcão Llullaillaco: 6.760 m
Cerro Toco: 5.604 m
Vulcões: Ollague e Aucanquilcha: 5.870 m

Em San Pedro de Atacama, há agências turísticas especializadas neste tipo de passeio e em passeios de aventura. Os valores e duração da atividade variam de acordo com a excursão contratada. 


Avalie Subida aos Vulcões