Chapada dos Veadeiros

Cachoeira Santa Bárbara

0 avaliação
0% recomendam
0

Queridinha entre os turistas, a Cachoeira Santa Bárbara já se tornou uma das principais atrações da Chapada dos Veadeiros. A água, com intensos tons de azul claro, dá um certo ar de Caribe ao lugar. A cachoeira não é muito alta e tem apenas 30 metros, entretanto a beleza do poço que cerca a queda d’água é mesmo de apaixonar. Em dias de água perfeita, a transparência é capaz de causar comoção entre os amantes do mergulho e, claro, de fotografias. Prepare a câmera! Na Santa Bárbara será irresistível tirar muitas fotos.

Chegar à Cachoeira Santa Bárbara não está entre as tarefas mais fáceis da Chapada dos Veadeiros. Localizada a 120 km de Alto Paraíso, na cidade de Cavalcante, a Santa Bárbara exige tempo e desapego dos turistas. E quando falamos em desapego, estamos nos referindo ao carro, que sofre um bocado nas estradas de terra de péssima qualidade que levam até o povoado Kalunga Engenho II, porta de entrada para quem deseja visitar a Cachoeira Santa Bárbara, a Cachoeira Capivara e a Cachoeira Candaru. E já vamos adiantar que o sofrimento e sacolejos na pista continuam após o Centro de Atendimento ao Turista por mais alguns quilômetros. Esse trecho final é tão ruim que os nativos oferecem transporte alternativo em jardineiras para quem quer economizar o carro um pouquinho. O transfer tem custo de R$ 10 por pessoa (ida e volta) e sai, em média, a cada meia hora (o horário depende muito do número de turistas).

Para visitar a Cachoeira Santa Bárbara e também as vizinhas Capivara e Candaru, será obrigatória a contratação de um guia. O mais comum é contratar os próprios Kalungas, que ficam à disposição no Centro de Atendimento ao Turista do povoado Kalungas Engenho II, onde começa o trajeto até as cachoeiras. O serviço é bem organizado e os guias atendem por ordem de chegada. O preço é fixo e varia apenas a depender do número de cachoeiras visitadas no roteiro do dia. Vale dizer que qualquer guia é permitido no lugar, por isso, se preferir, você poderá também contratar guias já em Alto Paraíso.

Vencida a estrada de terra (seja no seu carro ou no transfer), será preciso percorrer uma trilha fácil de apenas 1500 metros. O trajeto é bem simples e aberto. Não há dificuldade na caminhada. Em menos de trinta minutos você estará de frente para a Cachoeira Santa Barbarinha, atração que antecede a Cachoeira Santa Bárbara e que dá uma pequena ideia do que está por vir. A cachoeira é uma mini Santa Bárbara. A água tem tons semelhantes, mas o poço e a queda d’água são bem menores.

Seguindo adiante por mais alguns metros, os turistas avistam em meio à vegetação a queda d’água da Cachoeira Santa Bárbara. A comoção, entretanto, acontece quando todos chegam diante do poço e avistam o incrível azul piscina. Aproveite o mergulho para ver o fundo do poço e se divertir com a transparência da água. Não deixe de nadar até a cachoeira, que oferece delicioso banho.

Vale dizer que a Santa Bárbara, durante os meses de verão, recebe mais luz e por isso o poço fica mais iluminado. Contudo, as chuvas constantes podem tornar a água turva e aquele azul maravilhoso nem sempre estará presente. Já no inverno — que coincide com o período da seca — o transparente da água estará garantido, mesmo com menos quantidade de luz.

Ah! A notícia triste sobre a Cachoeira Santa Bárbara é que, em dias de grande movimento, o tempo de permanência é limitado a uma hora por grupo. Pouquinho, mas ainda assim maravilhoso! Se quiser ficar mais tempo, evite finais de semana, feriados e períodos de férias escolares. Quem sabe você dá sorte de ficar um pouco mais naquele paraíso. Ir cedinho também ajuda a pegar a cachoeira vazia, porém a luz não estará incidindo totalmente no poço e o azul não será tão intenso.

O passeio pela Cachoeira Santa Bárbara pode ser aliado a visitas à Cachoeira da Capivara e à Cachoeira Candaru. É possível fazer as três no mesmo dia, mas para isso será preciso começar o circuito no início da manhã.

Como chegar à Cachoeira Santa Bárbara

O acesso à Cachoeira Santa Bárbara é pelo povoado Kalunga Engenho II, localizado a 27 km do centro de Cavalcante. O caminho segue pela GO-241 e depois há um desvio à direita que segue até o povoado. A estrada é de terra. A partir do Centro de Atendimento ao Turista no povoado, já será preciso acompanhamento de guia. Serão mais 4 km em estrada de terra até o início da trilha. Nesse ponto, a estrada é de péssima qualidade e exige um bocado dos carros (em época de chuva há dias em que só 4x4 passam). É possível pagar um transfer (R$ 10 ida e R$ 10 volta) que faz essa parte do trajeto por R$ 20. A trilha a pé até a cachoeira, a partir do estacionamento final, tem apenas 1500 metros.

Taxa de visitação e contratação de guia

O custo do ingresso para visitar a Cachoeira Santa Bárbara é R$ 20 por pessoa, sendo possível comprar o pacote que também inclui a Cachoeira da Capivara e a Cachoeira Candaru. Cada cachoeira a mais custará R$ 10. Sendo assim, o ingresso para as três cachoeiras será R$ 40.

A contratação do guia é obrigatória e os grupos são formados por até 6 pessoas. O guia pode ser contratado em Alto Paraíso, São Jorge ou na própria sede do povoado Kalunga Engenho II (recomendamos contratar lá). Para visita à Cachoeira Santa Bárbara e à Cachoeira da Capivara, o custo será de R$ 100 pelo guia. Se o passeio incluir também a Cachoeira Candaru, o valor sobe para R$ 150. Vale juntar com outros visitantes na sede do Centro de Atendimento ao Turista para baratear os custos por pessoa.

Onde comer na Cachoeira Santa Bárbara

Os restaurantes mais próximos da Cachoeira Santa Bárbara estão no povoado Kalunga Engenho II. Há poucas opções e todas as refeições são bem caseiras e preparadas pelos nativos do povoado. Os guias sempre oferecem, antes do passeio, as refeições. Você poderá deixar o almoço reservado para quando voltar. Assim terá certeza de ter comida. Caso não faça a reserva, não se preocupe. Sempre há um lugar com comida de sobra para os turistas. Vale também pedir um açaí, pastel ou tapiocas fresquinhas. Se o lanche da trilha não estiver garantido na ida, pare em uma das lojinhas do povoado e garanta alguns quitutes, como frutas desidratadas e salgados.

Hospedagem para visitar a Cachoeira Santa Bárbara

O caminho até a Cachoeira Santa Bárbara, a partir de Alto Paraíso, é bastante longo e cansativo. Apesar de um bate e volta ser possível, recomendamos o pernoite em Cavalcante para diminuir o trajeto total e o cansaço da viagem. Fazendo o pernoite, será possível aproveitar o dia seguinte para conhecer as Cachoeiras do Rio da Prata, visita também imperdível. Vale também hospedar-se no povoado Kalunga Engenho II, onde há hostel, pousada e campings bem simples. Veja mais sobre onde se hospedar em Cavalcante e na Chapada dos Veadeiros.

Dicas

  • Leve dinheiro. Os guias não aceitam cartão e alguns restaurantes também não. 
  • Saia com combustível suficiente para ir e voltar. Não há postos de combustível no povoado.
Povoado Kalunga Engenho II, Cavalcante - GO

Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara Cachoeira-santa-barbara
Avalie Cachoeira Santa Bárbara