Chapada dos Veadeiros

Cachoeiras da Chapada dos Veadeiros

As cachoeiras da Chapada dos Veadeiros são capazes de causar comoção entre os turistas apaixonados por roteiros de natureza. A região, em meio ao estado de Goiás e no coração do Brasil, oferece cenários espetaculares cercados por lindas quedas d’água. A diversidade de cachoeiras agrada a todos os viajantes e não faltará opção para os dias de viagem em meio às místicas águas da Chapada. Seja em Alto Paraíso, São Jorge ou Cavalcante, o banho revigorante estará garantido. Para percorrer as principais cachoeiras da Chapada dos Veadeiros, serão necessários ao menos dez dias na região. E pode ter certeza que sempre haverá uma nova porção de água para desbravar na próxima viagem. 

Em um roteiro curto de quatro dias — que casa bem com um feriado — será possível conhecer o básico, como as trilhas do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, o Vale da Lua, as Cachoeiras Almécegas I e II, a Cachoeira São Bento e a Cachoeira do Segredo. Para ir um pouco mais a fundo, o ideal é ficar por lá dez dias. Esse tempo será suficiente para percorrer as cachoeiras mais procuradas de Alto Paraíso, São Jorge e também Cavalcante. Essas são as três principais bases para quem pretende explorar as cachoeiras da Chapada dos Veadeiros. Uma viagem de dez dias permitirá conhecer a Cachoeira Santa Bárbara, a Cachoeira Candaru, Cachoeira Capivara, a Cachoeira dos Cristais, o Poço Paraíso, as Cachoeiras Macaquinhos, o Mirante da Janela e ainda investir em belas trilhas, como o Complexo do Prata e a Catarata dos Couros. As possibilidades de roteiros são muitas e tudo depende do tempo e disposição que você terá para se aventurar.

O passeio pelas cachoeiras da Chapada dos Veadeiros pode vir acompanhado de uma boa trilha, um percurso curto de carro ou uma longa viagem por estradas de terra. Há cachoeiras para todos os tipos de turista e com diferentes níveis de dificuldade de acesso, que passam por caminhos extremamente fáceis a trilhas com pernoite no Parque Nacional. O importante é ter em mente que não há transporte público para circular entre as atrações e um carro é altamente recomendado para quem pretende conhecer diversas cachoeiras. Locomover-se pela Chapada dos Veadeiros não é tarefa fácil. É preciso se organizar e estar preparado para enfrentar alguns trajetos de péssima qualidade. Nada que um pouco de paciência e cuidado não resolva. Veja o nosso post sobre como se locomover na Chapada dos Veadeiros para ter a certeza de montar o melhor roteiro para a sua viagem.

Diferente do que se imagina antes de viajar para a Chapada dos Veadeiros, nem todas as cachoeiras estão localizadas dentro do Parque Nacional. Há cachoeiras em propriedades privadas e também em territórios Quilombola. Com isso, o custo da taxa de visitação e a obrigatoriedade de um guia varia bastante entre as atrações. Antes de ir a uma cachoeira, vale conferir os detalhes sobre cada uma delas para ter certeza do que esperar. Podemos adiantar que todas as atrações do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros são gratuitas, entre elas a Trilha dos Cânions, a Trilha dos Saltos, a Travessia das Sete Quedas e a recém-inaugurada Trilha do Carrossel, assim como a Cachoeira Carioca e as Corredeiras do Rio Preto.

Já as cachoeiras situadas em território Kalunga, localizadas principalmente nos arredores de Cavalcante, têm como obrigatoriedade a presença de um guia. A regra vale para a Cachoeira Santa Barbara, a Cachoeira Candaru e a Cachoeira Capivara. O mesmo vale para as Cachoeiras do Complexo do Prata, que estão em propriedade privada onde há exigência de guia profissional acompanhando o grupo. Nesses casos, onde o guia é obrigatório, o custo do passeio será mais alto. Outras atrações, localizadas em área particular, exigem pagamento de taxa de visitação, porém o guia não é obrigatório, o que torna o passeio mais barato. É possível passar muitos dias na Chapada curtindo apenas cachoeiras gratuitas ou com ingressos de baixo custo. Se o dinheiro estiver apertado, não há com o que se preocupar. Basta se limitar às cachoeiras com preços mais acessíveis.

Cachoeiras próximas à Vila de São Jorge

A Vila de São Jorge é a porta de entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. A portaria do parque está a poucos metros do centrinho da vila, o que facilita muito a vida de quem não está viajando de carro. O Parque Nacional é a principal atração nos arredores de São Jorge, mas não a única. Por lá, será possível curtir diversos roteiros e, tranquilamente, passar uma semana sem repetir um passeio sequer. E como São Jorge está bem perto de Alto Paraíso, será fácil circular entre as atrações das duas bases.

As cachoeiras mais procuradas na região próxima a São Jorge estão no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Há cinco diferentes roteiros abertos a visitação e todos eles são autoguiados, ou seja, não é necessário ter um guia (como acontecia antigamente). Os passeios mais populares do parque são a Trilha dos Cânions e Cachoeira da Carioca e a Trilha dos Saltos e Corredeiras do Rio Preto. Ambas exigem um dia inteiro de passeio e há limite de visitantes no local, por isso, em dias movimentados, é bom chegar cedo. A Trilha dos Cânions tem 12 km de trajeto total e oferece como atrações o Cânion II e a Cachoeira da Carioca. Já a Trilha dos Saltos, com 10 km de percurso total, passa pelo mirante do Salto de 120 metros, segue depois para um banho no poço da queda do Salto de 80 metros e termina com um relaxante mergulho nas Corredeiras do Rio Preto. Os dois passeios são igualmente bonitos e com grau de dificuldade semelhante. Não é preciso ser um atleta para percorrer as atrações. Basta ir cada um no próprio ritmo e todos chegarão lá. Vale dizer que as Corredeiras do Rio Preto são acessíveis a pessoas com dificuldade de locomoção, já que o local conta com acesso de carro até a rampa que leva ao rio.

Além das duas trilhas mais populares, no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros há também a Travessia das Sete Quedas e a recém-inaugurada Trilha do Carrossel. A Travessia das Sete Quedas tem trilha dedicada especialmente a quem deseja fazer um pernoite no parque e curtir a natureza mais intensamente. São 23 km de caminhada e é preciso agendar o trajeto com antecedência, já que o camping comporta apenas 30 pessoas. A mais nova atração do Parque Nacional é a Trilha do Carrossel, que permanece aberta apenas no período da seca, quando é possível tomar banho nos poços do percurso. Essa trilha é dedicada aos viajantes que desejam um pouco mais de emoção. No trajeto, é possível praticar escalada e rafting.

Fora do Parque Nacional, uma trilha que tem atraído cada vez mais visitantes é o Mirante da Janela. O percurso, com 8 km (ida e volta) e saída dos arredores da Vila de São Jorge, tem como ponto final uma janela natural, formada por grandes pedras, de onde se vê o Salto de 120 metros. Um cenário espetacular! O caminho tem parada também na Cachoeira do Abismo, que fica sem água no auge da seca. Outra boa trilha nos arredores de São Jorge é a da Cachoeira do Segredo, um dos mais lindos trajetos a pé da região. Em mata beirando o rio e com diversas passagens por pontes e pedras, esse percurso lembra cenários de conto de fadas. Há diversos pontos para banho na trilha (incluindo uma deliciosa prainha com deck de madeira), mas o auge da beleza é mesma a Cachoeira do Segredo, uma das mais bonitas da região.

Alguns clássicos da Chapada dos Veadeiros estão nos arredores de São Jorge. São cachoeiras que há muitos anos encantam os visitantes e até hoje, mesmo com a abertura de diversas novas trilhas, ainda atraem muita atenção. O Vale da Lua é um dos cenários mais famosos da Chapada e, sem dúvida, merece uma visita, mesmo que seja apenas para apreciar as incríveis formações rochosas. Para um banho por lá, o mais recomendado é ir em dias de semana e fora de feriados, já que o espaço é pequeno e bem disputado. 

Uma dobradinha que faz sucesso entre os turistas que não desejam passeios com muito esforço é a Cachoeira Morada do Sol com a Cachoeira Raizama. As duas estão bem próximas uma da outra e são boas opções para quem não quer ir longe demais ou encarar grandes trilhas. Ambas têm acesso por trilha fácil com trajetos de apenas 2,4 km. Se a pedida for apenas relaxar, vale experimentar o passeio de boia cross no Vale Dourado, com descida pelas corredeiras do Rio dos Couros. Quem também faz sucesso em dias em que o que se deseja é descansar são os banhos de águas termais, como o Eden, onde a água é menos gelada e o banho delicioso. Ótimo para relaxar depois das trilhas.

Cachoeiras de Alto Paraíso

Alto Paraíso de Goiás é a cidade mais conhecida da Chapada dos Veadeiros e também a que atrai maior número de visitantes. Com grande concentração de cachoeiras, Alto Paraíso é um bom ponto de apoio para explorar a região. A partir de lá, será possível fazer passeios para cachoeiras de acesso muito fácil e outras com trilhas ideais para viajantes mais aventureiros. Sem falar que Alto Paraíso é quase vizinha de São Jorge, o que facilita bastante o trânsito entre as duas bases e permite visitar facilmente as cachoeiras do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, o Vale da Lua, a Cachoeira do Segredo e o Mirante da Janela.

Cinco dias de viagem são o ideal para conhecer as atrações mais próximas de Alto Paraíso. Com um feriado prolongado, já será possível visitar algumas das mais famosas cachoeiras da Chapada, entre elas as Cachoeiras Almécegas I e II, a Cachoeira São Bento, a Catarata dos Couros, a Cachoeira dos Cristais e as Cachoeiras Macaquinhos. Quanto mais tempo, melhor. O acesso às cachoeiras próximas a Alto Paraíso costuma ter cobrança de ingressos, já que quase todas ficam em área particular. A exceção é a lindíssima Catarata dos Couros, que conta com diversas quedas e opções para banho ao longo do trajeto. Visita imperdível para quem vai à Chapada dos Veadeiros.

Para começar pelas quedas d'água mais populares entre os turistas, visite o complexo da Fazenda São Bento, onde estão as Cachoeiras Almécegas I e II e a Cachoeira São Bento. As trilhas são fáceis, porém a Almécegas I exige um pouco do fôlego na subida de volta. Tudo recompensado pela vista incrível no alto do mirante. A taxa de visitação para as três cachoeiras é de R$ 40 por pessoa e o trio é um bom passeio para dia inteiro.

Outro roteiro que merece a visita e também rende um dia de passeio é a Catarata dos Couros. Distante 53 km de Alto Paraíso, essa trilha rende diversos banhos e paisagens deslumbrantes margeando o Rio dos Couros. As paradas para banho são muitas, mas os pontos altos são a Cachoeira Almécegas 1000 e a Cachoeira da Muralha. O acesso é gratuito e a trilha é fácil. O percurso total tem 6 km (ida e volta) e não há grandes desníveis. Bom para sentir um pouco de aventura sem grande dificuldade.

Para quem procura roteiros bem fáceis, sem grandes trilhas e ideais para toda a família, boas pedidas são a Cachoeira dos Cristais, a Cachoeira Loquinhas e a Cachoeira Poço Encantado. Cristais tem excelente infraestrutura de restaurante, um lindo jardim com mirante e decks de madeira, uma boa sequência de poços e quedas e termina a trilha de apenas 500 metros com uma pequena, mas deliciosa, cachoeira. Loquinhas se destaca pela trilha quase toda em palafita de madeira (o que facilita a locomoção de pessoas com dificuldade) e poços com águas bem transparentes, sendo um deles com água de nascente. Já o Poço Encantado agrada a quem busca uma bela cachoeira, um grande poço para banho e um lugar à sombra para passar o dia. No Poço Encantado, há ainda uma boa prainha de areia, aluguel de SUP e restaurante caprichado para passar o dia.

Se a vontade for de um roteiro mais difícil ou se a ideia for fugir um pouco do movimento de turistas, experimente ir às Cachoeiras Macaquinhos, às Cachoeiras Anjos e Arcanjos ou fazer a trilha da Cachoeira Sertão Zen. Mais afastadas de Alto Paraíso e com percursos de trilha que chegam ao nível médio de dificuldade, essas cachoeiras garantem o baixo número de visitantes, o que permite curti-las com mais tranquilidade. Macaquinhos está distante 33 km de Alto Paraíso e conta com mais de vinte quedas d’água e poços em trilha que segue por 2 km margeando o Rio Macaquinhos. O passeio tem custo de R$ 30 por pessoa e rende o dia todo. As Cachoeiras Anjos e Arcanjos — localizadas a apenas 13 km de Alto Paraíso — se destacam pelas duas quedas principais e, apesar da trilha curta, chegar às cachoeiras exige habilidade e fôlego nas subidas e descidas. O ingresso, por pessoa, tem custo de R$ 15. Sertão Zen, entre as cachoeiras da Chapada dos Veadeiros, é uma das que exige melhor preparo físico. São quase 20 km de caminhada até chegar ao mirante de onde se vê a cachoeira. Vale dizer que essa trilha é gratuita, porém mal sinalizada. Caso deseje percorrê-la, é recomendada a contratação de um guia.

Cachoeiras próximas a Cavalcante

Cavalcante é a base mais distante para quem pretende visitar a Chapada dos Veadeiros, no entanto é lá onde estão alguns dos mais espetaculares cenários na região. O mais famoso deles é a Cachoeira Santa Bárbara, que tem atraído muitos turistas com um incrível poço de água de cor azul piscina. Um espetáculo raro e digno dos quilômetros de estrada de terra. Ainda que a Santa Bárbara seja a mais procurada, ela não é a única cachoeira nos arredores de Cavalcante e vale esticar a visita com alguns dias de hospedagem por lá. 

A Cachoeira Santa Bárbara está localizada em território Kalunga e para conhecê-la é obrigatória a contratação de guia, bem como o pagamento da taxa de visitação. No mesmo povoado, será possível ainda conhecer a Cachoeira da Capivara e a Cachoeira Candaru. As três são espetaculares, sendo assim, vá a todas elas. Você poderá fazer a visita em apenas um dia (é preciso começar cedo para dar tempo) ou escolher apenas uma ou duas das atrações. Tudo vai depender do seu pique e tempo disponível. O passeio não custa barato, já que a presença de guia é obrigatória. Para diminuir os custos, forme um grupo com outros turistas. O guia, para as três cachoeiras, sai por R$ 150 (grupos de até seis pessoas), sendo que o ingresso para todas elas tem custo de R$ 40. Se quiser conhecer apenas Santa Bárbara e Capivara, o valor cai para R$ 30 o ingresso e R$ 100 o serviço de guia. Os profissionais podem ser contratados no Povoado Kalunga Engenho II, onde começa a trilha para as cachoeiras. Veja mais detalhes sobre a Cachoeira Santa Bárbara, a Cachoeira da Capivara e a Cachoeira Candaru.

Ainda pouco explorado pelos turistas que vão a Cavalcante, as Cachoeiras do Prata chamam cada dia mais atenção pela beleza. Com águas extremamente transparentes e de tom esmeralda, o Rio da Prata forma diversas quedas e corredeiras ao longo de uma trilha de 14 km. A principal delas é a Cachoeira do Prata, que conta com enorme poço para banho em intenso tom de verde. Além dela, vale curtir também a Cachoeira Pratinha e o visual para a Cachoeira Urubu. O trajeto é permeado de deliciosas opções para banho e não faltarão paradas para um bom refresco. É uma das mais belas trilhas da Chapada dos Veadeiros e, apesar da distância, não tem alto grau de dificuldade. Assim como a Cachoeira Santa Bárbara, para visitar as Cachoeiras do Prata é obrigatória a contratação de guia. O valor médio, para grupos de até cinco pessoas, é R$ 180, sendo que há ainda a cobrança de taxa de visitação de R$ 20 por pessoa. Veja mais detalhes sobre as Cachoeiras do Prata.

Dois dias serão suficientes para visitar as principais cachoeiras de Cavalcante. Prefira fazer os pernoites antes e depois dos passeios já na cidade. Cavalcante está a 100 km de Alto Paraíso e a viagem até as cachoeiras é bem cansativa. Se tiver mais tempo disponível, procure também conhecer a Cachoeira Ave Maria (apenas para contemplação e não para banho, com acesso a partir da GO-241) e a Cachoeira São Bartolomeu (com trilha de apenas 1,8 km a partir da Pousada Vale das Araras e um delicioso poço para banho). No caminho de volta para Alto Paraíso, dê uma paradinha na Cachoeira Veredas (com acesso pela Pousada Veredas em trilha de 800 metros que passa por dentro do rio) e na Cachoeira Poço Encantado (mesmo acesso para a Cachoeira Veredas, com uma deliciosa praia e praticamente sem trilha). O lugar é lindo e conta ainda com um bom restaurante.

Outras cachoeiras da Chapada dos Veadeiros

Nunca é demais dizer que há centenas de cachoeiras e poços catalogados na região da Chapada dos Veadeiros e sempre é possível encontrar algum segredinho durante a viagem. Não é preciso se limitar às atrações mais conhecida e nem às cachoeiras com maiores quedas. Muitas vezes, um refrescante banho de rio em meio às pequenas corredeiras pode ser tão prazeroso quanto um banho em uma forte cachoeira com dezenas de metros de altura. Mantenha os olhos abertos na estrada. Sempre aparecem algumas surpresas para conhecer. 

Além de Alto Paraíso, São Jorge e Cavalcante, há outros municípios que compõem a Chapada dos Veadeiros e que são menos procuradas pelos turistas. O que oferece mais atrações é São João da Aliança, localizado a 70 km de Alto Paraíso e Portal da Chapada dos Veadeiros. São João da Aliança ainda está engatinhando no turismo e por isso é pouco procurada pelos viajantes. Se quiser investir em uma parada no caminho de Brasília até a Chapada, vale conferir a grandiosa Cachoeira do Label; a trilha que leva ao Cânion Bocaina do Farias, com direito a linda trilha e mergulhos em águas em meio aos paredões; além da Cachoeira do Buracão e da Cachoeira do Fundão, as duas no Vale do São Pedro.

  • Alto-paraiso-de-goias

    Alto Paraíso de Goiás

    Nota:  de 10 (0)

    Localizada a 230 km de Brasília, no caminho entre a Vila de São Jorge e Cavalcante, Alto Paraíso de Goiás é a cidade mais movimentada entre as bases da Chapada dos Veadeiros. Com ampla oferta de pousadas, restaurantes e comércio, Alto Paraíso atrai especialmente os turistas que buscam mais conforto e infraestrutura na Chapada...

  • Cachoeira-candaru

    Cachoeira Candaru

    Nota:  de 10 (0)

    A Cachoeira Candaru é um daqueles segredinhos ainda bem guardados na Chapada dos Veadeiros. Apesar de fazer parte da mesma rota da Cachoeira Santa Bárbara e da Cachoeira da Capovara, próximas ao povoado Kalunga Engenho II, em Cavalcante, a Cachoeira Candaru não é muito visitada. Por ter acesso mais difícil e o tempo ser curto para...

  • Cachoeira-da-capivara

    Cachoeira da Capivara

    Nota:  de 10 (0)

    Com um lindo conjunto de quedas d’água e um grande poço de água transparente para banho, a Cachoeira da Capivara encanta os turistas que visitam a Chapada dos Veadeiros em busca de cenários espetaculares. A Capivara está localizada em Cavalcante, nos arredores da comunidade Kalunga Engenho II, onde estão também a...

  • Cachoeira-do-segredo

    Cachoeira do Segredo

    Nota:  de 10 (0)

    O nome da Cachoeira do Segredo já é motivo suficiente para despertar interesse e curiosidade entre os turistas que visitam a Chapada dos Veadeiros. Ainda que o nome seja um grande atrativo, o que leva mesmo os visitantes até lá são as lindas fotos da queda d’água, espalhadas especialmente por São Jorge, base mais...

  • Cachoeira-dos-cristais

    Cachoeira dos Cristais

    Nota:  de 10 (0)

    A Cachoeira dos Cristais é ideal para toda a família e para quem não abre mão de infraestrutura próxima à cachoeira. Localizada a apenas 8 km de Alto Paraíso, a Cachoeira dos Cristais é excelente pedida para dias em que não se deseja grandes deslocamentos ou muita atividade física nas trilhas. Com...

  • Cachoeira-poco-encantado

    Cachoeira Poço Encantado

    Nota:  de 10 (0)

    Estrategicamente localizada entre Alto Paraíso e Cavalcante, a Cachoeira Poço Encantado é ideal para quem está viajando entre as duas cidades base da Chapada dos Veadeiros. Com excelente infraestrutura para receber os visitantes e fácil acesso pela GO-118, o Poço Encantado agrada especialmente às famílias e aos...

  • Cachoeira-santa-barbara

    Cachoeira Santa Bárbara

    Nota:  de 10 (0)

    Queridinha entre os turistas, a Cachoeira Santa Bárbara já se tornou uma das principais atrações da Chapada dos Veadeiros. A água, com intensos tons de azul claro, dá um certo ar de Caribe ao lugar. A cachoeira não é muito alta e tem apenas 30 metros, entretanto a beleza do poço que cerca a queda...

  • Cachoeira-sao-bento

    Cachoeira São Bento

    Nota:  de 10 (0)

    Uma das mais populares e acessíveis atrações da Chapada dos Veadeiros, a Cachoeira São Bento é uma boa pedida para quem busca pouco esforço aliado a um lindo visual. Localizada entre Alto Paraíso e a Vila de São Jorge, São Bento facilita muito a vida do turista que não deseja ir longe demais. O complexo...

  • Cachoeiras-almecegas-i-e-ii

    Cachoeiras Almécegas I e II

    Nota:  de 10 (0)

    O conjunto formado pela Cachoeira Almécegas I, Almécegas II e São Bento está entre os mais procurados pelos viajantes que chegam à Chapada dos Veadeiros. As três estão localizadas na Fazenda São Bento e podem ser facilmente visitadas em um dia ou, para os mais acelerados, uma manhã. Apesar de estarem na mesma...

  • Cachoeiras-do-prata

    Cachoeiras do Prata

    Nota:  de 10 (0)

    Na divisa de Tocantins com Goiás, o Rio da Prata presenteia os visitantes com lindas quedas d’água em meio ao cerrado. Chegar até lá não é tarefa fácil, mas a esplêndida paisagem recompensa todos os quilômetros de estrada de terra até esse paraíso entocado na Chapada dos Veadeiros. O Complexo...

  • Cachoeiras-loquinhas

    Cachoeiras Loquinhas

    Nota:  de 10 (0)

    A complexo de cachoeiras da Fazenda Loquinhas é um dos mais indicados para famílias com crianças. Com dezoito poços e quedas d’água com cor de esmeralda, o circuito da Fazenda Loquinhas oferece trilha com excelente infraestrutura, acesso fácil, diversas opções para banho e simpáticos macaquinhos soltos na...

  • Canions-e-cachoeira-da-carioca-parque-nacional-da-chapada-dos-veadeiros

    Cânions e Cachoeira da Carioca (Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros)

    Nota:  de 10 (0)

    Um dos maiores clássicos da Chapada dos Veadeiros, a Trilha dos Cânions agrada em cheio aos turistas que buscam paisagens arrebatadoras. Parte do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e com trajeto total de 12 km (ida e volta), a Trilha dos Cânions tem como principais atrações o Cânion II e a Cachoeira da Carioca. A trilha, apesar...

  • Catarata-dos-couros

    Catarata dos Couros

    Nota:  de 10 (0)

    A depender da beleza deste roteiro, ele tem tudo para se tornar um dos mais procurados da Chapada dos Veadeiros. Ainda desconhecida pela maioria dos viajantes, a trilha da Catarata dos Couros em nada perde para outras famosas atrações da Chapada dos Veadeiros. A área ainda está em desenvolvimento turístico e não é explorada...

  • Cavalcante

    Cavalcante

    Nota:  de 10 (0)

    Cavalcante é a base mais afastada para quem visita a Chapada dos Veadeiros e por isso, muitas vezes, deixa de ser conhecida pelos turistas. O esforço para chegar até lá, entretanto, é recompensado com algumas das mais espetaculares cachoeiras da região. Localizada a 90 km de Alto Paraíso e 325 km de Brasília,...

  • Jardim-de-maytrea

    Jardim de Maytrea

    Nota:  de 10 (0)

    Imagem icônica da Chapada dos Veadeiros, o Jardim de Maytrea é parada obrigatória para quem gosta de um belo registro fotográfico. Localizado à beira da GO-118, entre Alto Paraíso e São Jorge, esse campo de cerrado é uma das imagem que melhor representa a Chapada. Emoldurada por imponentes morros, como o Morro da Baleia...

  • Mirante da Janela e Cachoeira do Abismo

    Nota:  de 10 (0)

    Destino de quem busca um lindo cenário e aquela foto especial, o Mirante da Janela atrai cada dia mais turistas na Chapada dos Veadeiros. As pedras, no alto da montanha, formam um linda janela natural com vista para a queda de 120 metros do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Um visual inesquecível e arrebatador. De quebra, o caminho (no período...

  • Parque-nacional-da-chapada-dos-veadeiros

    Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

    Nota:  de 10 (0)

    O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros ocupa uma área de 240.586,56 hectares no interior de Goiás e a ampla área protegida presenteia os turistas com paisagens espetaculares em meio ao cerrado. A entrada oficial para o Parque Nacional está localizada na Vila de São Jorge e por lá que se chega às principais...

  • Saltos-do-rio-preto-parque-nacional-da-chapada-dos-veadeiros

    Saltos do Rio Preto (Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros)

    Nota:  de 10 (0)

    Parte do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, os saltos e corredeiras do Rio Preto formam um dos mais exuberantes passeios da região. Conhecido como Trilha dos Saltos, esse roteiro inclui o Salto de 120 m, o Salto de 80 m e as Corredeiras do Rio Preto. A trilha não é das mais fáceis e exige um pouco do físico do turista. Serão...

  • Vale-da-lua

    Vale da Lua

    Nota:  de 10 (0)

    O Vale da Lua está entre as imagens mais famosas da Chapada dos Veadeiros e também entre as atrações mais visitadas da região. O lugar já foi cenário de seriados e filmes e todos os dias serve de pano de fundo para fotos espetaculares. Difícil não se encantar com as pedras lapidadas pela água do Rio...

  • Vila-de-sao-jorge

    Vila de São Jorge

    Nota:  de 10 (0)

    Porta de entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a Vila de São Jorge é uma das principais bases para quem deseja explorar a região. Distante apenas 36 km de Alto Paraíso, o pequeno vilarejo se mantém impassível ao crescimento da Chapada e tenta manter o ar rústico que durante anos atraiu tantos visitantes para...

Tudo que você precisa saber sobre Chapada dos Veadeiros!

Esse texto sobre Cachoeiras da Chapada dos Veadeiros faz parte do guia de Chapada dos Veadeiros no Melhores Destinos

Comentários para Cachoeiras da Chapada dos Veadeiros

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.