Alter do Chão

Como se locomover em Alter do Chão

Distante apenas 34 km da cidade de Santarém, Alter do Chão é uma vila localizada às margens do Rio Tapajós. Quem viaja para a região quase sempre está em busca das lindas praias de água doce que se formam especialmente no período da seca (veja mais em quando ir a Alter do Chão). Não vamos negar que a maneira mais rápida, eficiente e divertida de percorrer as praias é navegando pelos maravilhosos rios da região, seja em passeios de lancha, barco, caiaque ou uma prancha de SUP. Podemos adiantar, no entanto, que há praias acessíveis também a pé e de carro. Portanto, seja qual for o seu meio de transporte favorito, não haverá problema ao visitar Alter do Chão.

Na hora de circular pela vila de Alter do Chão, o ideal é mesmo caminhar. O lugar é pequeno e a localização de muitas pousadas é bem próxima ao centro. Se estiver hospedado em áreas mais distantes, você poderá usar o serviço dos táxis. Nesse caso, tenha sempre em mãos o telefone de um profissional e ligue quando necessário. Não há serviços de locomoção por aplicativo de celular ou transporte público que circule pela vila. 

Alter do Chão de barco e lancha

As grandes estrelas de Alter do Chão são as praias, lagos, florestas e canais localizadas às margens do Rio Tapajós e Rio Arapiuns e o acesso a todas elas é possível navegando as águas dos rios da região. Apesar de algumas praias serem acessíveis também por via terrestre, a viagem é muito mais divertida, rápida e interessante quando feita pela água. Para conhecer bem as atrações de Alter do Chão e curtir o visual durante todo o trajeto, vale fazer os passeios de barco ou lancha. O transporte é mais rápido e permite ir a diferentes praias no mesmo dia e você ainda será presenteado com um lindo entardecer sobre as águas.

Fazer os passeios de barco ou lancha é a maneira mais comum entre os turistas para conhecer as atrações de Alter do Chão. Para baratear os custos, o ideal é dividir o tour com outros turistas. Vale pedir indicação à pousada, mas há diversas operadoras de turismo — e também a ATUFA (Associação de turismo fluvial de Alter do Chão) — que realizam passeios. Em todas elas é possível negociar os valores. E como são muitos roteiros, vale fechar tudo com o mesmo profissional para conseguir um desconto maior. O valor médio do roteiro de um dia, por pessoa, é entre R$ 100 e R$ 150, a depender do trajeto, transporte e número de turistas.

Alter do Chão a pé

A melhor maneira de circular pela vila de Alter do Chão é a pé. As distâncias entre as pousadas, restaurantes e a orla de onde partem os barcos e lanchas de passeios é quase sempre curta e facilmente percorrida caminhando. E a boa notícia é que algumas praias também são acessíveis a pé, entre elas a Ilha do Amor. A depender da época do ano, pode ser necessária uma pequena travessia de canoa para chegar até lá, mas a distância é tão curta que o trajeto leva menos de um minuto e o custo é de apenas R$ 5. 

A partir da Ilha do Amor (que não é uma ilha, mas sim uma ponta de areia) será fácil caminhar por diversas outras faixas de areia. O mesmo é possível também seguindo a orla da vila de Alter do Chão circulando o Lago Verde. Se você estiver com orçamento apertado e considerar os passeios de lancha caros, basta seguir caminhando até encontrar a sua porção de praia predileta. 

Alter do Chão de carro ou táxi

Ainda que não seja a maneira mais comum de percorrer Alter do Chão, há quem prefira viajar de carro ou se deslocar de táxi entre as praias. Além do acesso pelo rio, há estradas que levam a algumas famosas faixas de areia, como a Praia Ponta de Pedras, a Praia do Carapanari e a Praia do Pajuçara (já bem mais próxima de Santarém). O carro ou táxi podem ser úteis também para quem está hospedado afastado do centro da vila de Alter do Chão. Nesse caso, o custo da viagem de táxi não costuma passar de R$ 20.

Tudo que você precisa saber sobre Alter do Chão!

Esse texto sobre Como se locomover em Alter do Chão faz parte do guia de Alter do Chão no Melhores Destinos

Comentários para Como se locomover em Alter do Chão

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.