Melhores Destinos
Alter do Chão
Monique Renne Repórter fotográfica. Com um mundo inteiro a ser descoberto.

Dicas de Alter do Chão

  • A primeira coisa a saber sobre Alter do Chão é que não há praias durante todo o ano. Apenas na estiagem — especialmente de agosto a dezembro — é possível ver as faixas de areia à beira do Rio Tapajós e Rio Arapiuns. Para ter certeza de viajar no período em que as praias surgem — conhecido como verão amazônico —, veja o nosso post sobre quando ir a Alter do Chão;
  • Quem viajar para Alter do Chão fora da temporada de praias também encontrará lindas paisagens, porém elas serão bem diferentes no período de chuva. Tão diferentes que vale ir a Alter do Chão duas vezes no mesmo ano: uma na seca e outra na cheia; a vila é linda em qualquer época do ano;
  • A principal base para fazer os passeios pelos rios Tapajós e Arapiuns é a vila de Alter do Chão. Vale saber, entretanto, que Alter do Chão é um distrito do município de Santarém e isso causa um pouco de confusão por lá. Na teoria, muitas praias são de Santarém, e não de Alter do Chão. Na prática, somente a partir de Alter do Chão é possível fazer os passeios de lancha e barco pela região. Sendo assim, é mais comum entre os turistas dizer que as praias são de Alter do Chão, e não de Santarém; 
  • Seja um turista consciente e ajude a proteger a natureza nos arredores de Alter do Chão. Nada de lixo nas praias ou nos rios;
  • Prepare-se para o calor. Costuma ser bem quente em Alter do Chão. Para os dias de praia, lembre-se de levar chapéu, óculos escuros, protetor solar e roupas com proteção contra raios UV. Ah! Claro! Não esqueça a roupa de banho. Você vai usar muito por lá;
  • Apesar do calor, um casaco leve é bem-vindo para os dias de vento, passeios de lancha e à noite;
  • Leve uma mochila ou bolsa impermeável para os passeios. Além de proteger seus bens das ondas do rio no trajeto de lancha, ela protege também da areia;
  • Chinelos serão seus maiores companheiros na viagem. Vale, entretanto, levar um calçado que possa entrar na água (como sapatilhas de borracha) para proteger os pés em locais com pedras e galhos e também para ajudar na caminhada pela Floresta Nacional do Tapajós;
  • Tenha uma lanterna sempre à mão. Não é incomum a falta de luz e ela será útil também para dar uma volta na praia à noite;
  • Repelente contra mosquitos é fundamental. Eles costumam aparecer no final da tarde; 
  • Leve todo o medicamento necessário para os seus dias de viagem. Até tem farmácia em Alter do Chão, mas você poderá não encontrar o seu remédio ou produto que precisar por lá;
  • Alter do Chão é um destino seguro para o turismo, mas é sempre bom não deixar objetos de valor soltos e afastados dos olhos. Como muitas praias são desertas, você conseguirá relaxar bastante quanto a isso;
  • O padrão de voltagem em Alter do Chão é de 127 V.