Melhores Destinos
Cusco
Camille Panzera Entusiasta da fotografia, curiosa por outros idiomas, culturas, costumes e histórias!☺️

Dicas de Cusco

Visto e passaporte para o Peru

  • Brasileiros que viajam a negócios ou turismo e permanecem até 90 dias em viagem não precisam de visto para entrar em território peruano. Também não é obrigatório ter passaporte, sendo possível utilizar apenas o RG para os trâmites de imigração. Consulte o site do Consulado do Peru para informações mais detalhadas.
  • Viajar com seguro não é obrigatório, mas é bom considerar essa opção, pois é bastante comum pessoas desacostumadas com grandes altitudes sofrerem o mal de altitude.

Vacinas para visitar o Peru

Os brasileiros não são obrigados a tomar nenhuma vacina para entrar em território peruano, mas é recomendável tomar a vacina contra febre amarela pelo menos dez dias antes da viagem se você visitará áreas remotas do país. A vacina contra a COVID-19 também não é obrigatória, mas na ausência do comprovante de vacinação contra COVID-19, você deverá apresentar um teste negativo. Confira aqui as informações oficiais sobre o tema.

Dicas de Cusco
Moeda peruana

A moeda utilizada no Peru é o Novo Sol. Confira aqui a cotação do Novo Sol em relação ao real. Os cartões de crédito são amplamente aceitos nos comércio e nos restaurantes de Cusco, bem como nos hotéis. Você também encontrará caixas eletrônicos e bancos na cidade, onde poderá sacar dinheiro diretamente em novos soles. 

Geralmente os preços nos supermercados e restaurantes de Cusco estarão dispostos em soles, mas em alguns casos onde o apelo turístico é muito forte, pode ser que os valores dos serviços sejam exibidos em dólares americanos. Você não precisa levar dólares para a viagem, a moeda do dia a dia da cidade é realmente o novo sol, mas eventualmente pode ser que o valor ou a cobrança seja feita em dólares (com a conversão em soles também). 

  • Pechinchar ao comprar algum produto é natural no comércio de rua da cidade. Muitos vendedores dão um primeiro valor mais alto ao perceber que o turista tem interesse na compra, mas muitos vendedores estão dispostos a negociar e chegar a um valor melhor. 

Dicas de Cusco

Mal de altitude

O mal de altitude, mal das montanhas ou soroche, perturba muita gente que planeja conhecer lugares altos no Peru e em outros destinos na América do Sul. Para evitar esse contratempo indesejável causado pelos efeitos da altitude, o ideal é ir se aclimatando ao longo dos dias, em vez de fazer uma mudança abrupta de altitude. Muitos viajantes acabam sofrendo com dores de cabeça, enjoos, dores de estômago, dificuldade para respirar ou um mal-estar geral quando visitam cidades como Cusco ou outros destinos mais altos. 

Como nem sempre é possível fazer a aclimatação, use um tempo da viagem para descansar e tente ter boas noites de sono. Beba água constantemente, faça refeições leves e não abuse da comida, prefira pratos mais saudáveis. Tomar o chá de coca ou as soroche pills, remédio contra o soroche vendido nas farmácias, também ajudam bastante. 

Recomendamos muito que você faça o seguro saúde ao visitar Cusco, Machu Picchu e região, porque o mal de altitude pode ser severo para algumas pessoas. 

Se você não estiver se sentindo bem, respeite o seu corpo e evite fazer passeios para altitudes ainda maiores, como os que levam à Laguna Humantay ou às Montanhas Coloridas. Pegue leve nas caminhadas e descanse sempre que possível. Estar a 3.400 metros de altitude não é como estar na altura do mar. Caminhadas serão mais cansativas do que o normal e subidas muito mais árduas, mesmo que você tenha um bom condicionamento físico. 

Boleto turístico, seu grande aliado durante a viagem!

A dica para quem quer conhecer diversos sítios arqueológicos da região de Cusco é comprar um dos boletos turísticos, que dão direito a entrada em diferentes atrações e sítios arqueológicos por um preço inferior ao dos ingressos comprados separadamente. Esse boleto será necessário para você entrar em vários atrativos da região, e não costuma estar incluído nos passeios vendidos pelas agências turísticas. 

Dicas de Cusco

O que levar para Cusco

Abaixo estão alguns itens que poderão ser úteis para aproveitar sua viagem a Cusco:

  • Roupas de frio.
  • Segunda pele, gorro e luvas (útil para os passeios em grandes altitudes).
  • Tênis e sapato de trekking (essencial para as caminhadas nos sítios arqueológicos).
  • Casaco impermeável (útil para viagens no período de chuva).
  • Repelente.
  • Protetor solar.
  • Bolsinha com seus remédios essenciais.
  • Hidrante corporal e labial, já que Cusco pode ser bem seco.
  • Garrafa térmica para beber chá de coca ao longo do dia.

Faça um seguro viagem para não se preocupar com contratempos

Fazer o seguro-viagem é uma boa ideia para viajar com segurança e é obrigatório em determinados países. Sempre que viajamos para fora do Brasil, procuramos fazê-lo, mesmo que o país não exija o seguro, porque caso haja uma emergência médica ou seja necessário assistência durante a viagem, o seguro pode cobrir os possíveis gastos e te amparar em várias situações. Faça a cotação do seu seguro-viagem com desconto usando o código MELHORESDESTINOS!

Confira os 5 hotéis mais reservados por nossos leitores em Cusco