Maragogi é uma cidade alagoana com cerca de 30 mil habitantes, que fica entre Maceió e Recife. O lugar, cujo nome provém de um rio da região, é banhado pela Costa dos Corais, área de proteção ambiental brasileira, e se tornou o segundo polo alagoano mais visitado.

O sucesso de Maragogi deve-se, principalmente, às suas águas. Embora os milhares de coqueiros, a tranquilidade e a culinária com muitos peixes e frutos do mar sejam motivos suficientes para cativar pessoas de diferentes partes do país, é mesmo por causa das águas cristalinas que o lugar deixa os turistas extasiados. 

Quando a maré baixar e o solzão nordestino se fizer presente, prepare-se: é a melhor hora para aproveitar o mar. É no período de maré baixa que as piscinas naturais podem ser melhor observadas e, com o sol forte, as águas ficam ainda mais transparentes. Nas piscinas, chamadas também de galés, peixes e corais dão vida a um mundo subaquático colorido e encantador. Basta entrar no mar para que seja fácil observar vários peixinhos. 

Passeio-de-buggy-em-maragogi

Em terra firme a maré baixa também é muito bem-vinda. Nesse período as praias ganham uma longa e bela faixa de areia e também surgem os bancos de areia - é possível caminhar vários metros "mar a dentro". As praias de Maragogi, quando aproveitadas no período certo, são ideais para quem curte um mar digno de águas caribenhas e com uma tranquilidade fora de série, ideal para quem viaja com crianças. Barra Grande, Antunes, Ponta de Mangue e Peroba: guarde esses nomes e lembre-se de visitar essas praias.  

Passeios de buggy, passeios de barco, praias desertas, sossego e uma culinária deliciosa... Maragogi é um destino que cabe no bolso e um lugar onde o clima pacato se destaca. Passando alguns dias na cidade você pode comer boas lagostas, conhecer o bolo de goma (que não dá para parar de comer) e, principalmente, relaxar e desfrutar de uma região bucólica. Maragogi é um lugar simples, que ainda tem pouca estrutura e carece de cuidados básicos, mas para quem procura descanso e quer ficar distante de grandes centros urbanos, revigora a mente e o corpo.