Restaurantes em Bruxelas

A gastronomia belga pode não ser tão famosa mundo quanto a francesa, no entanto aqueles que visitam o país não se decepcionam quando o assunto é comer bem. Engana-se quem pensa que snacks como a batata frita no cone e o waffle cobertos com açúcar ou Nutella são as únicas opções no menu.

Ao contrário disso, nos restaurantes da cidade são servidos pratos tradicionais com influência francesa e flamenga, sem contar com a infinidade de bares abastecidos com excelentes rótulos de cervejas e lojas que vendem um dos chocolates mais famosos do mundo. Dá água na boca só de pensar!

Um dos pratos mais comuns nos cardápios da cidade é o chamado carbonnade flamande, um substancioso ensopado de carne, cozido durante horas a fio, com ingredientes como cerveja. Em geral, ele é servido com purê de batatas e um pãozinho salgado, perfeito para "limpar" o resto de molho que pode sobrar no prato.

Bruxelas

Em Bruxelas, você vai experimentar um carbonnade muito bem servido no Fin de Siècle, um restaurante/cervejaria que fica bem próximo da área turística. Os preços são decentes — o carbonnade e uma cerveja Chimay Bleue custaram €18,61 —, porém no cardápio da casa há outros pratos tão deliciosos quanto e mais baratos, além de uma grande variedade de cervejas. Dica: chegue cedo caso não queira esperar, pois não são aceitas reservas.

Outra paixão dos belgas que vale a pena experimentar são os mexilhões servidos em grandes panelas escuras, acompanhados de batatas fritas sequinhas. Moules-frites, em francês, ou Mosselen-Friet, em flamengo, essas saborosas conchinhas são cozidas em um molho feito com vários ingredientes, sendo vinho branco, cebola, salsinha e manteiga uma das marinadas mais populares. Atenção, a dica é descartar as conchas que não abriram durante o cozimento para evitar problemas de saúde. Para provar essa iguaria, uma excelente pedida em dias frios, você pode ir até o restaurante La Maree.

 
As frituras também estão no ranking das iguarias mais consumidas localmente, destaque para as batatas fritas servidas no cone — já mencionadas anteriormente — e os croquetes de camarão ou de queijo. As batatas fritas são realmente muito sequinhas, geralmente servidas nos tamanhos pequeno, médio ou grande, acompanhadas de molhos diversos (preços a partir de €2,50). Um excelente lugar para experimentá-las é a friterie Maison Antoine. Confira o cardápio aqui.
 
Já os croquetes são de uma crocância e sabor inigualáveis. Alguns restaurantes servem os petiscos como entrada, uma ótima pedida para dividir com alguém, porém, acompanhados de uma saladinha, acabam tornando-se uma boa opção de prato principal. O De Noordzee, na place Sainte Catherine, serve um croquete de camarão (€13 a porção com uma saladinha) que vale a pena demais experimentar.
 
A graça do local, inclusive, é fazer o seu pedido, efetuar o pagamento no balcão e degustar essas e outras delícias — entre elas a sopa de peixe (€6), ostras frescas, peixes e mariscos — nas mesinhas que ficam na praça. Não é à toa que o restaurante atrai muitos nativos na hora do almoço.
 
Chocolates e waffles

Os aficionados por chocolate podem preparar o coração, pois em Bruxelas há lojas por todas as partes. E nem é preciso sair da área central para encontrá-las. Na Grand Place, por exemplo, está a Godiva e a poucos passos de lá, na Galerie de la Reine, encontra-se uma Pierre Marcolini. Outra loja que vale a pena demais visitar em Bruxelas é a Leonidas, cujas trufas de chocolate são uma verdadeira tentação.

E o que dizer dos waffles, que são vendidos por toda a capital belga? Somente que você precisa experimentá-los, seja nas lojinhas de rua — próximo à estátua do garotinho fazendo xixi há várias — ou em algum café da cidade. O gaufre de bruxelles, servido com uma camada de açúcar por cima, é um dos tipos mais consumidos, enquanto o gaufre liegeoise tem pedacinhos de açúcar na massa. O waffle custa a partir de €2 nas lojinhas de rua, e €8 em cafés como a Maison Dandoy que, além do waffle, também serve tortas e biscoitos como o tradicional speculoos

Cervejas

A cerveja belga é uma das mais celebradas do mundo e em Bruxelas você vai poder experimentar excelentes rótulos. O Delirium Café é um dos locais mais conhecidos, tão famoso que já foi parar até no Guiness book, por causa de um menu de cervejas de, pelo menos, 200 páginas. Mas se o seu interesse são as cervejas artesanais, a dica é visitar o Brussels Beer Project e a cervejaria En Stoemelings

Tudo que você precisa saber sobre Bruxelas!

Esse texto sobre Restaurantes em Bruxelas faz parte do guia de Bruxelas no Melhores Destinos

Comentários para Restaurantes em Bruxelas

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.