Museus de Bruxelas

Os museus de Bruxelas podem não ser tão aclamados mundo afora quanto o Louvre, de Paris, ou o British Museum, de Londres, mas não perdem em qualidade e surpreendem pela quantidade: são mais de 100 espalhados por todo o destino. 

A maioria das entidades mencionadas neste post ficam bem próximas umas das outras, facilitando muito a vida em termos de deslocamento. A dica, portanto, é que você separe algumas horinhas do seu dia para aproveitar as visitas com calma, afinal de contas, não vale a pena conhecer lugares tão incríveis como esses com pressa. 

Old-england-building-museu-de-instrumentos-musicais

Ao visitar a capital, "mergulhe fundo" no universo surrealista do Musée Magritte​. Um museu que reúne a maior coleção do mundo de trabalhos do artista belga, grande referência no estilo. Lembrando que o local faz parte do complexo de Museus Reais de Belas Artes da Bélgica, que reúne pelo menos 20 mil trabalhos de artistas diversos, entre eles Auguste Rodin, Paul Gauguin e Pieter Bruegel.

Outro museu da área que vale a visita é o de Instrumentos Musicais (MIM), onde estão expostos cerca de sete mil instrumentos. Além da incrível e muito bem conservada coleção, o nosso destaque vai para o prédio do museu, uma antiga loja de departamentos, em estilo art-nouveau. No último andar, inclusive, há um café/restaurante com terraço e uma bela vista de Bruxelas, perfeito para uns drinques ao longo do dia. A entrada no café é gratuita.

"Casa do Rei"

Na famosa Grand Place, encontra-se uma porção de museus interessantes, a começar pelo Museu da Cidade de Bruxelas, que fica dentro da Maison du Roi (A Casa do Rei). O belo prédio neogótico abriga um grande acervo artístico composto por pinturas e esculturas como o Manneken-Pis original — o famoso homenzinho fazendo xixi. A entrada na maison também dá direito à visita ao Garderobe Manneken-Pis, onde estão expostas as roupas "usadas pela estátua" em dias festivos. 

Bruxelas

É na Grand Place que o visitante ainda vai encontrar um museu totalmente dedicado à cerveja, um dos produtos belgas mais conhecidos no mundo. Além de ficar por dentro de toda a história da bebida que tornou-se um dos símbolos do país, o visitante tem a oportunidade de conhecer o café do museu, que abre todos os dias e está repleto de rótulos prontos para serem degustados. Mais informações aqui.

Se você, no entanto, é um apaixonado por carros, vai querer conhecer de perto o Autoworld, um museu que conta tudo sobre a história do automobilismo, desde os primórdios. Situado em um prédio neoclássico no Parc du Cinquantenaire, o local abriga mais de 300 veículos, dos mais diversos tipos e idades, incluindo a coleção de carros clássicos de Ghislain Mahy. Imperdível!

Brussels card

Pretende conhecer uma boa quantidade de museus de Bruxelas e ainda assim economizar? Então, o Brussels Card pode ser uma excelente alternativa para você. A lista de instituições que aceitam o benefício é extensa — são 40, no total, confira todos aqui —, inclusive várias das que foram citadas neste texto. Para que o cartão realmente valha a pena, a dica é que você avalie bem a quantidade de atrações a serem vistas naquele espaço de tempo, que é de 24, 48 ou 72 horas.

  • Atomium

    Atomium

    Nota:  de 10 (0)

    O Atomium é uma estrutura composta por nove esferas gigantes, de aço inoxidável, que formam um enorme e exuberante cristal de ferro. Construído em 1958 para a primeira feira mundial pós-guerra, o monumento de 102 metros — inicialmente temporário — é hoje uma das atrações mais famosas de...

  • Grand-place-grote-markt

    Grand Place/Grote Markt

    Nota:  de 10 (0)

    A Grand Place — ou Grote Markt, em flamengo — está para Bruxelas assim como a Torre Eiffel está para Paris. Ponto turístico mais famoso da capital belga, a praça patrimônio da Unesco começou a ser erguida no século XV, porém a arquitetura é do século XVII, cheia de elementos...

  • Mont-des-arts-kunstberg

    Mont des Arts (Kunstberg)

    Nota:  de 10 (0)

    Do alto do Mont des Arts, tem-se uma das mais belas vistas da cidade, o que faz dele um local sempre muito movimentado, tanto de dia quanto de noite. Além de ser um ponto turístico que enche os olhos do visitante e sempre rende belas fotos — especialmente durante o pôr do sol —, o Mont abriga alguns dos museus mais importantes de...

  • Palacio-real-paleis-royale-de-bruxelles

    Palácio Real/Paleis Royale de Bruxelles

    Nota:  de 10 (0)

    A bela construção erguida no lugar do Palácio dos Duques de Brabant — destruído por um incêndio em 1731 — é tida como uma das mais famosas da capital belga. Nela, o rei da Bélgica exerce as suas funções de chefe de estado, apesar de não ter nenhum poder político direto.

    Situado na parte...

  • Parc-du-cinquantenaire-jubelpark

    Parc du Cinquantenaire (Jubelpark)

    Nota:  de 10 (0)

    Construído em 1880 em razão do 50º aniversário da independência da Bélgica, o Parc du Cinquantenaire tem uma área verde incrível, com jardins, fonte e construções imponentes, como o belo Arco do Triunfo. Um lugar perfeito para boas caminhadas, um delicioso piquenique e visitas a museus, a exemplo do ...

Tudo que você precisa saber sobre Bruxelas!

Esse texto sobre Museus de Bruxelas faz parte do guia de Bruxelas no Melhores Destinos

Comentários para Museus de Bruxelas

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.