Cidade do México

Transportes na Cidade do México

Conhecida por ter um dos piores trânsitos do mundo, a Cidade do México pode ser um pouco assustadora à primeira vista. Não se deixe levar pela má fama. Com um pouco de organização no itinerário e conhecimento sobre os melhores meios de locomoção, você certamente não passará aperto na cidade. O metrô e o metrobús são as melhores alternativas para fugir dos engarrafamentos. Automóveis devem ser utilizados apenas em trajetos curtos e mais afastados do Centro, onde o trânsito costuma ser mais ameno. Táxi e Uber são facilmente encontrados. Alugar carro na Cidade do México não é nada recomendado. Evite os ônibus comuns, um pouco decadentes e perigosos. Caso deseje uma voltinha completa pela cidade, não deixe de experimentar os ônibus panorâmicos e para trajetos curtos, os pés serão a melhor solução! Veja, abaixo, mais detalhes sobre os principais tipos de transporte. 

Avenida-paseo-de-la-reforma

Organização do itinerário

O tamanho da cidade e a enorme variedade de linhas de transporte são capazes de dar um nó na cabeça até do mais experiente turista. Antes de viajar, faça o download do mapa da cidade em aplicativos de locomoção, como o Google Maps. Eles serão de enorme valia durante toda a viagem e são extremamente eficientes na hora de montar rotas de locomoção. Com o mapa no celular, será muito mais fácil saber os horários dos transportes, as linhas disponíveis e até mesmo o tempo até o destino final. Os aplicativos costumam até dar o preço estimado da rota de táxi e Uber.

Escolha previamente (de preferência antes de começar a viagem) as atrações principais a serem visitadas e marque todas elas no mapa. Com isso, será possível definir áreas de visita para o dia, evitando assim perder muito tempo em deslocamento. Essa é a maneira mais eficiente de explorar a cidade do México. Seguindo por regiões, você evitará longos trajetos em transporte e poderá fazer vários passeios a pé, sem enfrentar o trânsito. Vale até mesmo salvar os restaurantes de interesse e ver qual está mais próximo na hora da refeição. Mapas e organização são fundamentais na Cidade do México. Caso contrário, você perderá quase toda a sua viagem tentando se deslocar de um ponto para o outro. 

Metrô 

O trânsito caótico é mesmo um dos pontos negativos para o turismo local, mas há soluções para driblar o eterno engarrafamento que assola a Cidade do México. O metrô, que mescla rotas subterrâneas a outras de superfície, conta com total de 12 linhas classificadas por números ou letras, sempre de cores diferentes. Com total de quase 200 estações, é o meio de transporte mais eficiente para os visitantes. Considerado um dos melhores do mundo, é fácil de ser utilizado, chega a quase todos os pontos turísticos e, além de tudo, é muito barato! A passagem tem custo de MXN 5 (aproximadamente USD 0,30) e o transporte é integrado com o metrobús. Com o mesmo cartão, você poderá pagar pelos dois meios de transporte mais eficientes da cidade. O cartão, que tem custo de MXN 10, pode ser adquirido ainda no aeroporto ou em qualquer uma das estações de metrô na cidade. Não deixe para comprar o bilhete a cada viagem, ou você perderá muito tempo. Faça a carga no cartão prevendo o número de trajetos durante a viagem. Para entrar no metrô, basta aproximar o cartão do sensor acima da roleta. 

Cidade-do-mexico

O principal ponto negativo do metrô é estar quase sempre lotado nos horários de pico. Por isso, evite utilizar o transporte no início da manhã e da noite, quando os moradores estão a caminho do trabalho. Na prática, ele funciona como o metrô de qualquer cidade grande. Com a diferença de não ter um ar-condicionado muito eficiente e algumas vezes o calor ser excessivo. Ainda assim é bem melhor que enfrentar o trânsito na rua. O metrô é seguro, mas vale ficar atento à carteira e ao telefone, especialmente quando os vagões estiverem muito cheios. Nos horários de pico, há vagões exclusivos para mulheres. 

Veja o site oficial do Metrô da Cidade do México e o mapa das linhas

Metrobús

Complementar e integrado ao metrô, o metrobús é uma espécie de ônibus articulado com faixa exclusiva. O sistema conta com seis linhas classificadas por números e cores e funciona de maneira muito similar ao metrô, com a diferença de ser 100% em superfície e rodar nas mesmas vias dos carros (em faixas exclusivas).

A tarifa do metrobús tem custo de MXN 6 (aproximadamente USD 0,35). O pagamento é realizado no mesmo sistema do metrô, em roletas na entrada de cada estação (classificadas por nomes). Você poderá, com uma mesma passagem, subir e descer do metrobús quantas vezes desejar dentro de um período de até duas horas, contanto que o trajeto seja na mesma direção. O metrobús não aceita pagamento em dinheiro e a venda de cartões é realizada apenas em máquinas. Vale dizer que o metrobús realiza o trajeto entre o Aeroporto da Cidade do México e o centro. A tarifa para esse trajeto é diferenciada e tem custo de MXN 30. 

Cidade-do-mexico

Dentro do bairros e em localidades menores, estão disponíveis ônibus comuns mais populares. Nós não recomendamos a utilização desses ônibus por não terem bem especificadas as rotas e apresentarem com frequência péssimo estado de conservação. Entretanto, em avenidas maiores, há opções de ônibus executivos de excelente qualidade. Difícil é só saber a rota. Nesse caso, o aplicativo de locomoção será muito importante!

Veja o site oficial do Metrobús da Cidade do México e o mapa das linhas

Táxi e Uber

É possível alugar um carro na Cidade do México? Sim, com certeza! Mas é boa idéia? Não, nem pensar! O trânsito na cidade é realmente uma loucura e o estresse de pegar a direção por lá não valerá a viagem. Por isso, caso seja necessário um trajeto de carro, prefira usar o táxi ou o Uber. Os dois estão disponíveis por toda a cidade e o custo é muito baixo. Evite apenas usar táxis que estejam em más condições. Ao escolher um veículo, verifique se ele está em bom estado antes de entrar.

Cidade-do-mexico

O Uber pode ser chamado por aplicativo de smartphone, já o táxi pode ser pedido na rua, com um simples aceno de mão. Lembre-se sempre de pedir para que o motorista ligue o taxímetro. Se o trajeto for muito curto, experimente pegar os “táxibikes”. Eles são ágeis em meio ao trânsito e facilitam na hora de fugir do engarrafamento. 

Bicicleta

A Cidade do México oferece serviço de bicicleta de aluguel, o EcoBici. Entretanto, para utilizar as bikes, será necessário fazer um cadastro prévio no site da empresa ou localizar uma das estações de 4ª geração, onde é possível fazer o registro temporário. Não é possível retirar uma bicicleta sem esse registro. Caso deseje experimentar um passeio de bike durante a viagem, realize o cadastro no site da EcoBici. O pacote de um dia tem custo de MXN 90, três dias sai por MXN 180 e para uma semana de uso o valor é MXN 300. Viagens de até 45 minutos não têm custo adicional. Entre 45 e 60 minutos, o valor adicional é de MXN 10 e a cada hora a mais será cobrado adicional de MXN 35. 

Cidade-do-mexico

Andar de bike em meio ao trânsito louco da Cidade do México pode não parecer uma boa ideia. Porém, alguns pontos, como o bairro Polando, a Avenida Paseo de La Reforma e o Bosque Chapultepec são excelente locais para um bom passeio.  

Veja o site oficial da EcoBici e o mapa das estações

Ônibus panorâmico

Um dos mais populares passeios entre os turistas que visitam a Cidade do México é o ônibus panorâmico. Duas empresas realizam os trajetos que se dividem em três diferentes rotas. Eles são eficientes para quem tem pouco tempo na cidade, mas deseja ver de tudo um pouco. Para completar as três rotas em apenas um dia, será necessário permanecer todo o tempo no ônibus, sem descer em nenhuma parada. Caso deseje fazer paradas e conhecer de perto as atrações, será preciso investir em mais dias de tour no ônibus. 

Cidade-do-mexico

O custo do tíquete para um dia, com descidas e subidas ilimitadas, é entre MXN 140 e MXN 165. Os ônibus costumam funcionar das 9h às 21h. Veja mais detalhes em passeios na Cidade do México

Ônibus interestadual e trem

Para realizar alguns passeios até localidades mais afastadas ou nos arredores da Cidade do México, é possível utilizar os ônibus interestaduais ou os trens. É o caso das Pirâmides de Teotihuacán, Xochimilco, Puebla e até mesmo as praias de Acapulco. Veja mais em passeios na Cidade do México

Tudo que você precisa saber sobre Cidade do México!

Esse texto sobre Transportes na Cidade do México faz parte do guia de Cidade do México no Melhores Destinos

Comentários para Transportes na Cidade do México

  • Vay7k Felipe Rosa Guia há quase 4 anos

    Aterrissei tarde da noite no aeroporto Benito Juarez, Cidade do México. Peguei um taxi na porta do aeroporto e pedi ao motorista para me levar ao centro histórico. Resultado: ele deu a volta na cidade toda. Fui enganado. O taxímetro registrou 850 pesos mexicanos, sendo que o transfer pré combinado custa 250 pesos. Cuidado com os taxistas da cidade do México ! Só ande de transfer com tarifa já pré combinada. Descobri depois que há linhas de ônibus até o aeroporto que funcionam muito bem. Não se deixe ser enganado por ser turista.

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.