Bangkok

Bem-vindos a Bangcoc, a capital do Reino da Tailândia, onde tradição e modernidade caminham lado a lado. Uma cidade de aproximadamente 9 milhões de habitantes e que, à primeira vista, impressiona não só pelo tamanho e pelo ritmo frenético das ruas, mas também pela atmosfera vibrante, pelos inúmeros e belíssimos templos budistas e pelos rituais religiosos, culturais e gastronômicos de um povo extremamente alegre e acolhedor.

Andar pelas ruas de Bangcoc é a melhor forma de descobrir/sentir a cidade e aproveitar tudo o que ela tem para oferecer. Além dos já mencionados templos budistas, a capital oferece áreas inteiras dedicadas ao entretenimento, shoppings centers bem estruturados, lojas de todos os tipos, mercados e uma infinidade de barracas de rua, cujo carro-chefe é, sem dúvida alguma, a rica gastronomia local.

Luzes, cores, prédios altíssimos (muitos deles com bares e restaurantes no topo), muita gente indo e vindo e um trânsito caótico completam o cenário. Sim, vá preparado para enfrentar alguns engarrafamentos, pois é enorme a quantidade de veículos trafegando nas ruas, sem esquecer os tuk-tuks - triciclos motorizados com cabine para dois ou mais passageiros. Por outro lado, maravilhe-se com o moderno sistema BTS Skytrain, meio de transporte público que é quase uma atração turística local, além de eficiente e muito barato!

"Turismo barato"

Bangcoc é considerada uma cidade barata para se fazer turismo, com tarifas de transporte público superviáveis, entradas em pontos turísticos que custam THB 50, THB 100 - o equivalente a R$ 3,60, R$ 7, e opções de restaurantes com preços excelentes. Isso sem contar que a capital da Tailândia também é um dos melhores e maiores hubs da Ásia, principalmente se a intenção é fazer um roteiro como o nosso, do Melhores Destinos, passando pelas ilhas do sul (Ko Phi Phi), Laos, Vietnã e pelo Cambodja.

A moeda local é o bath (THB) - confira a cotação aqui - e o idioma oficial é o tailandês, sendo o inglês uma língua bem difundida nas áreas turísticas e em locais públicos, como estações de trem, metrô, shoppings e centros comerciais. A seguir, convidamos você a embarcar numa aventura pelo destino que foi o nosso ponto de partida no sudeste da Ásia. Vamos nessa?