Dicas de Hong Kong

Hong Kong é uma região administrativa especial da China. Na prática, isso significa que Hong Kong tem leis e organização própria, mas que são um só país, mesmo que muitas vezes não pareça.

Visto: Brasileiros a passeio que visitam Hong Kong por até 90 dias não precisam de visto, mas o passaporte é obrigatório. As condições impostas aos brasileiros que visitam a Macau é a mesma de Hong Kong: não é necessário visto. Se você pretende visitar a China continental, é preciso ter visto, que deve ser obtido ainda no Brasil.

As línguas oficiais de Hong Kong são o chinês (cantonês) e inglês. Entretanto, não pense que as pessoas falam um inglês primoroso, porque na prática é bem diferente. Muita gente não entende inglês ou entende muito pouco… Nos estabelecimentos mais preparados para o turismo, aí sim, as pessoas falam inglês melhor. 

A moeda de Hong Kong é o dólar de Hong Kong (HKD), representado pelo $ ou HK$. O custo de vida na cidade é bem alto, então prepare o bolso. Para mais informações sobre dinheiro e gastos, leia nosso post sobre Dinheiro e Gastos em Hong Kong.

Horário: O horário adotado em Hong Kong é o UTC/GMT +8h, o que significa que a cidade está 11 horas a frente do horário regular de Brasília. 

Tomada: O padrão das tomadas em Hong Kong é o mesmo utilizado no Reino Unido, com três pinos chatos, sendo os dois pinos inferiores horizontais e um pino superior vertical (os três pinos juntos formam um triângulo). Alguns hotéis já deixam no quarto adaptadores de energia, outros disponibilizam na recepção e você também tem a opção de comprá-los ainda no Brasil ou ao chegar na cidade. A rede elétrica é de 220V, 50Hz. 

Celular: Para facilitar seu deslocamento pela cidade ou conseguir se orientar melhor, pode valer muito a pena comprar um chip de telefone pré-pago para usar internet e todas as outras funcionalidades que você utiliza em seu smartphone no Brasil. Aplicativos como Google Maps são de grande ajuda quando você está perdido em um lugar que não conhece. 

Nossa escolha foi por comprar um chip da China Mobile, que oferecia 1.5 GB de internet por 5 dias e custou $80. A compra do chip foi feita em uma loja da China Mobile, no próprio aeroporto de Hong Kong. Os próprios atendentes da empresa configuraram o telefone como foi preciso e o chip funcionou muito bem! 

Os chineses não são tidos como um povo muito educado, mas em alguns momentos em Hong Kong ficamos surpresos com a cordialidade e bom atendimento. Há, certamente, pessoas de trato mais rude (e não são poucas), mas há também aquelas que são mais simpáticas e sorridentes. Depende muito das pessoas com quem você lida, da situação, do lugar… Não se espante se alguém encostar em você na rua e não pedir desculpas ou se ouvir alguém arrotando em público — essas coisas acontecem. 

Em geral, o comércio funciona entre 10 e 20h/22h. Há locais que iniciam sua jornada mais cedo e outros que terminam mais tarde, mas grandes lojas costumam ficar abertas até às 22h. 

Ao pegar um transporte público (metrô, ônibus, bonde), note que as pessoas costumam fazer fila para entrar nos veículos, portanto não vá entrando de qualquer jeito, sem notar quem já está esperando. Nas escadas rolantes, geralmente as pessoas ficam em pé do lado direito e deixam o lado esquerdo livre para quem tem mais pressa passar. 

A gastronomia em Hong Kong é realmente muito diferente da do Brasil. Tente se aventurar um pouco na comida local, mas se essa não for a sua praia, você encontrará opções de restaurantes com cardápio ocidental. 

Vá preparado para sofrer um choque cultural! Tudo é muito diferente do nosso país, e a quantidade de pessoas nas ruas é enorme! 

Segurança: HK é um lugar seguro e você não precisa se preocupar com andar na rua sozinho ou durante a noite. Não tivemos qualquer tipo de problema em nossa viagem, tudo foi muito tranquilo, mas sempre vale o alerta para ficar de olho em seus pertences ao andar por locais de muito movimento. 

Tudo que você precisa saber sobre Hong Kong!

Esse texto sobre Dicas de Hong Kong faz parte do guia de Hong Kong no Melhores Destinos

Comentários para Dicas de Hong Kong

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.