Dinheiro e Gastos em Bali

A moeda utilizada em Bali e na Indonésia é a rupia indonésia (IDR). Ela geralmente é representada por “Rp” e seus valores vêm acompanhados de um monte de zeros. É uma moeda desvalorizada em relação ao real, o que faz com que Bali seja um destino barato quando comparado aos gastos que se têm em grandes capitais do Brasil, Europa ou Estados Unidos. 

Para realizar a viagem, optamos por comprar dólares e, ao chegar na Indonésia, trocá-los pela moeda local. Achamos uma boa opção e encontramos casas de câmbios em muitos lugares, tanto no aeroporto quanto nas principais áreas de interesse turístico, que apresentavam uma cotação superior à oferecida no aeroporto. Outra opção para ter rupias em mãos é se dirigir aos caixas eletrônicos e fazer saque diretamente na moeda local — existem muitos caixas eletrônicos em Bali, não será difícil encontrá-los. 

Os cartões de crédito são aceitos nos hotéis, lojas e em estabelecimentos com melhor estrutura, já o comércio de menor porte nem sempre possui a facilidade da venda com cartão, portanto é sempre bom ter mais de uma forma de pagamento para quitar seus gastos ao fazer compras. 

A grande quantidade de zeros da moeda indonésia pode causar um pouco de confusão no início da viagem, mas o que você deve prestar atenção mesmo são nos números antes do zero. No momento de nossa viagem, em junho de 2016, 100.000,00 rupias por exemplo, valiam em torno de R$26 na cotação oficial, então, toda vez precisávamos fazer a conversão, considerávamos apenas os números iniciais do valor, no caso: 100. Por ser uma moeda com muitos zeros, é até normal que as lojas e cardápios utilizem apenas os valores expressivos e desconsiderem o monte de zeros. 

A passagem até o outro lado do mundo pode ser cara, mas os gastos em Bali costumam ser tão baratos que algumas vezes você se surpreende, principalmente se você já esteve em cidades caras. É um destino acessível, onde não se gasta um valor tão alto em hospedagem ou alimentação. Você pode se hospedar em um bom hotel pagando US$50 na diária e fazer uma ótima refeição pagando US$10. Um tour com um motorista privado em um passeio de um dia inteiro custa em torno de US$45 e uma massagem em uma spa de qualidade sai por apenas US$12. 

Para mochileiros ou pessoas que querem economizar bastante, o custo da viagem pode ser uma verdadeira pechincha. É um destino barato e que tem excelente estrutura!

Veja abaixo alguns valores que encontramos* em nossa viagem a Bali:

Tour de dia inteiro com motorista: Rp 600.000
Chip com crédito para smartphone: Rp 60.000
Aluguel de scooter: Rp 30.000-60.000
30 minutos de massagem nos pés: Rp 50.000-70.000
1h de massagem em um spa: Rp 150.000-200.000
Prato principal em um restaurante: Rp 40.000-250.000
Drink em um restaurante: Rp 70.000-120.000
Suco em um restaurante: Rp 15.000-40.000
Aluguel de bicicleta por um dia em Gili: Rp 30.000-50.000
Aula de yoga em Ubud: Rp 60.000
Aula de culinária em Ubud: Rp 350.000
Show de dança balinesa em Ubud: Rp 80.000-100.000
Entrada em templos: Rp 10.000-30.000

*Valores observados em junho de 2016

Faça a conversão de valores aqui

Tudo que você precisa saber sobre Bali!

Esse texto sobre Dinheiro e Gastos em Bali faz parte do guia de Bali no Melhores Destinos

Comentários para Dinheiro e Gastos em Bali

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.