Entendendo Bali

Bali é uma das mais de 13 mil ilhas da Indonésia. Ela está localizada a leste de Java, a segunda maior ilha do país e onde fica a capital Jacarta. A Indonésia é um país de maioria muçulmana, mas Bali se diferencia de praticamente todo o país, seus moradores, em maioria, acreditam no hindu-balinês, cujas crenças são diferentes do hindu praticado na Índia. A língua oficial da Indonésia é a língua indonésia, mas em Bali fala-se o balinês. 

A ilha tem cerca de 5.780 km², que corresponde a uma área similar a do Distrito Federal, e sua população é de mais de 4,2 milhões de pessoas. Muita gente pensa em Bali como um paraíso para curtir o mar, sombra e água fresca, e sim, você encontra isso na ilha, mas é preciso entender que talvez essa imagem esteja um pouco distorcida. Para começar, saiba que a ilha não é tão pequena, que a população é grande, que existe trânsito e que eventualmente você pegará congestionamento. A população da Indonésia é maior do que a do Brasil e isso certamente reflete em Bali. 

A capital de Bali é Denpasar, que é onde fica o aeroporto, servido por diversos voos internacionais. Entre as principais áreas de interesse para turistas estão Ubud, Seminyak e Kuta. As atrações da ilha ficam afastadas umas das outras, as estradas em Bali não são duplicadas e os carros não andam em alta velocidade, então, para ir de uma cidade a outra, você pode levar um bom tempo de viagem, principalmente se houver trânsito. É por isso, principalmente, que ao longo da viagem muitas pessoas optam por hospedar-se em áreas diferentes. Desse modo, evita-se longos deslocamentos e perda de tempo. 

Para transitar de um lado a outro, muita gente opta por alugar uma moto; ao chegar na ilha, você verá como elas são muitas! É impressionante a quantidade de motocicletas nas ruas! Pra todo lado que se olha você verá motos de baixa potência, que são o suficiente para levar as pessoas aonde querem por um baixo custo. Os carros, que são mais confortáveis, nem sempre oferecem um custo/benefício tão interessante, principalmente porque enfrentam o trânsito, consomem mais combustível e porque transitam na mão inglesa, o que no início não é fácil para brasileiros. 

Se você quer conhecer a área histórica da ilha, visitar templos e se conectar com a natureza, provavelmente o melhor lugar para passar alguns dias será Ubud. Se você quer ficar na área mais urbanizada, com bastante opção de shoppings e restaurantes, Kuta seria uma boa opção. Para relaxar em um resort, a melhor pedida é Nusa Dua, onde estão instalados resorts de grandes redes hoteleiras em frente ao mar. Já para quem prefere um lugar que tem praias e bons restaurantes, mas com um clima mais intimista, a dica é Semyniak.

Há também quem pense que Bali, por ficar afastada, não oferece estrutura; esse pensamento não poderia estar mais equivocado. Certamente Bali tem suas áreas mais rústicas e as pessoas têm uma vida simples, mas os turistas contam com tudo que precisam na viagem! As cidades têm caixas eletrônicos, tem wi-fi nos hotéis, você pode comprar um chip pré-pago de celular, há uma enorme quantidade de táxis nas ruas, existem lojas de marcas internacionais, restaurantes de alta gastronomia e hotéis de ponta. O mais legal é que ser turista em Bali não é caro, pelo contrário, comparado aos preços praticados no Brasil, Estados Unidos e Europa, os valores em Bali são, algumas vezes, uma pechincha! 

Bali é um destino para ver mais do que praias, pois nem sempre elas são tão impactantes quanto as fotos mostram. 

Curiosidades sobre Bali:

- Os balineses fazem oferendas aos deuses em quem acreditam todos os dias. Essas oferendas são feitas em pequenas cestinhas de folhas de bananeira; dentro, coloca-se itens como flores, dinheiro, cigarro e comida. 

- As famílias de balineses nomeam seus filhos com os mesmos nomes, de acordo com a ordem de nascimento. Os primogênitos são chamados Wayan, Putu ou Gede, os segundos filhos, Made, Kadek e Nengah, os terceiros, Nyoman ou Komang e os quartos filhos, Ketut. Quando a família tem mais de 4 filhos, nomeiam-nos novamente com o nome do primogênito e seguem a ordem. 

- Os balineses enxergam a vida de uma forma diferente e festejam muitas coisas, entre elas a morte, o casamento, o nascimento e outros momentos da vida familiar. As casas tradicionais costumam sempre ter um templo para as práticas festivas familiares. 

Tudo que você precisa saber sobre Bali!

Esse texto sobre Entendendo Bali faz parte do guia de Bali no Melhores Destinos

Comentários para Entendendo Bali

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.