Transportes em Bali

Bali é uma ilha grande e muito mais desenvolvida do que muita gente pensa. As cidades não ficam tão próximas umas às outras e para visitar suas principais atrações será necessário um meio de transporte para fazer o deslocamento. Programe seu dia considerando que as distâncias para visitar as atrações podem tomar um bom tempo.

O trânsito na ilha é intenso, cheio de carros e principalmente motos, e não raramente você enfrentará congestionamentos. Buzinar é muito comum, fazer ultrapassagens em lugares que não parecem propícios também, e dividir o espaço com outros carros em ruas estreitas é algo do cotidiano. Como se utiliza a mão inglesa na ilha e o trânsito é um tanto quanto maluco, dirigir pode não ser das experiências mais satisfatórias, então avalie bem suas opções e escolha uma alternativa que se encaixe no seu perfil. 

Ubud

Muitos turistas optam por alugar um carro, outros preferem uma scooter, que é um meio de transporte barato e muitíssimo popular. Essas duas alternativas são boas para visitar as atrações por conta própria, lembre-se apenas de redobrar o cuidado ao dirigir na mão direita. Outra opção excelente e com um custo menor do que se imagina é contratar um motorista particular para levá-lo aos principais pontos da ilha. 

A pé
Embora Bali seja uma ilha grande e com várias cidades, há áreas onde vale a pena conhecer caminhando, como é o caso de Ubud e Seminyak. Se você estiver em um hotel centralizado, você conseguirá conhecer um pouco da região a pé. 


Motocicleta
Se você está viajando em até 2 pessoas, alugar uma moto sai muito barato, é possível encontrar diárias entre Rp 40.0000 e Rp 60.000. As motocicletas são muito utilizadas em Bali e provavelmente você se espantará com a quantidade de motos nas ruas e a habilidade dos motociclistas — não é incomum ver pessoas carregando volumes enormes em motos pequenas ou até uma família de 4 pessoas dividindo o mesmo assento. Até criança pilotando e cachorro sendo carregado na moto também tem. 

Usar capacete é obrigatório e para dirigir em Bali recomendamos fazer a PID (Permissão Internacional para Dirigir), que deve ser feita em sua cidade. 


Carro alugado
Para quem está em família e não gosta da ideia de alugar uma moto, outra alternativa é alugar um carro. A diária também sai barata, Rp 200.000 por dia. 

Embora o custo do aluguel seja baixo, preferimos a opção de alugar um carro com motorista, pela comodidade de transitar com uma pessoa que conhece melhor a ilha e seu modo de funcionamento. 


Carro com motorista
Se não quiser se preocupar com o trânsito complicado de Bali, uma opção é contratar um motorista particular. Alguns motoristas prestam apenas o serviço de translado, outros, além do transporte, fazem o serviço de um guia, o que faz toda a diferença para conhecer as atrações da cultura local. 

Um carro com um motorista é uma opção mais barata do que parece e se você está em grupo passa a ser uma excelente alternativa. Esses motoristas cobram o valor de uma diária e você pode escolher os lugares onde deseja ir. 

O trajeto ao longo do dia do passeio é você quem escolhe, mas o motorista também deve fazer sugestões, dar algumas dicas para incrementá-lo. Se o motorista sugerir parar em um lugar que não lhe pareça interessante, não tenha receio em recusar. Alguns motoristas apenas apontam as opções que existem ao longo do caminho e deixam os turistas à vontade para escolher, outros insistem em visitar lugares em busca de comissão. 

Nós experimentamos o serviço de diferentes motoristas e o que mais gostamos foi do Mopeto, que além de solícito em explicar sobre a ilha e suas crenças, sempre estava no local marcado com antecedência. Entramos em contato com ele através do Facebook e não temos do que reclamar de seu serviço, pelo contrário, achamos uma ótima escolha. 


Táxi
Andar de táxi em Bali é barato e pode ser uma boa pedida para conhecer alguns lugares. A ilha tem empresas de táxi, entre elas a Bluebird Taxi, que tem uma boa reputação e que funciona com taxímetro. Em um táxi de uma boa companhia, o taxista irá ligar o taxímetro antes de realizar a viagem, caso não ligue, peça a ele para que o faça. Para facilitar encontrar táxis de qualidade, você pode usar o app da BlueBird. 

Na prática, muitas pessoas fazem transporte ilegal em carros comuns como serviço de táxi. Essas pessoas geralmente utilizam seu carro pessoal, se denominam taxistas e ficam nas ruas oferecendo seus serviços, cobrando um preço fixo pelo trajeto. A prática é tão comum que parece até que todo mundo com um carro arrumado é taxista em Bali. Como a oferta de carros das empresas de táxi é pequena perto da quantidade de taxistas ilegais, utilizamos esse tipo de serviço por diversas vezes e não tivemos problemas. Em Ubud, por exemplo, nem se via o serviço de táxis cadastrados da BlueBird, então fez-se necessário pegar táxis ilegais. 

Uma dica importante ao pegar um “táxi” que não tenha taxímetro é perguntar pelo preço da corrida antes de entrar no carro e sempre (sempre!) negociar. O táxi é baratíssimo, então evite ser enganado e pagar valores altos para curtas distâncias. 

Outra dica boa é que em Bali também existe Uber, então você pode se valer de seus serviços sem se sujeitar aos preços desproporcionais que cobram os taxistas ilegais.

Tudo que você precisa saber sobre Bali!

Esse texto sobre Transportes em Bali faz parte do guia de Bali no Melhores Destinos

Comentários para Transportes em Bali

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.