Maputo

Maputo é aquele tipo de cidade que vai conquistando o turista aos poucos, pois para conhecer bem a capital de Moçambique, é preciso captar a sua essência. Essência esta que vai além do simples ato de lançar um primeiro olhar e tirar conclusões precipitadas, sem conhecer a história que está por trás daquilo tudo.

Antes chamada de Lourenço Marques, Maputo é uma cidade em pleno desenvolvimento, repleta de marcas de um passado difícil. Entre eles o fato de os moçambicanos terem vivido sob domínio português até 1975, ano no qual o país tornou-se independente após 10 anos de luta armada.

Outro triste episódio foi a guerra civil que perdurou até 1994; destes dois momentos da história do país, restaram vários problemas que perduram até os dias de hoje. Uma herança ruim que acabou refletindo-se, também, no turismo.

Turismo de Sol e Mar

Prova disso é que aqueles que desejam explorar o país atualmente — principalmente as belas praias do Oceano índico — ainda encontram certas dificuldades. Nada impossível quando se tem boa vontade, uma dose extra de paciência ou bastante dinheiro para gastar. Você sabia, por exemplo, que Moçambique abriga resorts maravilhosos à beira do índico? Pois é, nós descobrimos isso somente lá!

Em Maputo, o turista vai encontrar ruas não tão conservadas e limpas, mas irá se deparar com com largas avenidas repletas de belas árvores, como acácias e jacarandás, praças, parques e construções muito bonitas e cheias de história.

Outros pontos fortes da capital moçambicana são, ainda, o seu povo — alegre e receptivo com o turista — e a fantástica gastronomia local, um paraíso para os apaixonados por peixes e frutos do mar! Isso sem contar com os preços, que cabem direitinho no bolso do brasileiro — e o fato de o português ser o idioma oficial de Moçambique torna tudo muito mais fácil para quem vem do Brasil.

Neste guia, você ainda vai encontrar informações sobre os principais pontos turísticos da cidade, dicas de passeios nos arredores, como as ilhas da Inhaca e dos Portugueses, dicas de transportes e muito mais. Lembrando que os leitores que já estiveram na cidade também podem deixar a sua avaliação aqui