Melhores Destinos
Cidade do México
Monique Renne Repórter fotográfica. Com um mundo inteiro a ser descoberto.

Museu Soumaya

A estrutura assimétrica, com 46 metros de altura e formada por 16 mil placas de alumínio em formato hexagonal, encanta os visitantes que chegam ao Museo Soumaya. O prédio parece dançar em meio ao elegante bairro de Polanco e atrai olhares curiosos para seu interior. Na fachada, apenas uma abertura aparente. E ela é porta de entrada para um dos mais espetaculares museus do México.

A arquitetura, projetada pelo mexicano Fernando Romero, já seria suficiente para valer a visita, mas é no interior onde estão os maiores tesouros do museu. O acervo — composto por escolas francesas, italianas, inglesas e espanholas que vão do século XV ao XVIII — é comparável a grandes museus europeus. Na coleção, estão nomes como Sandro Botticelli, Claude Monet, Camille Pissarro, Pierre-Auguste Renoir, Edgar Degas, Vincent van Gogh, Henri de Toulouse-Lautrec, Pablo Picasso, Max Ernst, Joan Miró e uma enorme coleção de Salvador Dalí. 

Os nomes do acervo são mesmo excepcionais, porém o maior destaque do Soumaya é a mais importante coleção de Rodin fora da França. É realmente inacreditável a quantidade de peças dispostas no grande salão que marca o último andar do museu. É importante destacar que o Museo Soumaya também oferece um excelente acervo de artistas mexicanos, entre eles nomes como Gerardo Murillo, Diego Rivera, José Clemente Orozco, Rufino Tamayo e David Alfaro Siqueiros.  

A entrada no museu é gratuita todos dos dias, para todos os frequentadores. 


Museu Soumaya

Plaza Carso

Miguel Hidalgo
11529
http://www.museosoumaya.org