Normandia

O que fazer na Normandia

A variedade de atrações encontradas na Normandia torna o destino um dos mais procurados da França. A proximidade com Paris ajuda no deslocamento e facilita a vida do turista que deseja fazer apenas um bate e volta a partir da capital francesa. Os destinos mais procurados de toda a Normandia são o Monte Saint-Michel, os Jardins de Monet, as Praias do Dia D e as falésias de Etretat. Entre as cidades imperdíveis estão Honfleur, Caen, Rouen, Deauville e Trouville. Isso não quer dizer que esses sejam os únicos destinos a serem visitados na Normandia. Muito pelo contrário! A região é repleta de cidades charmosas, paisagens naturais hipnotizantes, rotas gastronômicas, circuitos ligados à Segunda Guerra Mundial, obras arquitetônicas imperdíveis, museus com temáticas variadas, belíssimos châteaux e até algumas praias. E se você se render a cada belo vilarejo à beira da estrada, talvez não volte nunca mais para casa.

Apesar de ser difícil resumir turisticamente uma região de 30 mil km², algumas atrações realmente se destacam e, por isso, tornaram-se parte da rota dos visitantes que chegam à Normandia. E como o tempo de visita é limitado, o ideal é focar nos pontos chaves. O mais importante é ter em mente que várias atrações podem ser visitadas em apenas um dia. Sendo assim, mesmo que você esteja de férias em Paris, vale dar uma escapadinha até a Normandia. Não será nenhum sacrifício, acredite! Ainda que a região possa ser visitada em um dia, o ideal é ter um pouco mais de tempo para percorrê-la por completo. Se você deseja ver os principais pontos, serão necessários ao menos dez dias de viagem. E serão dez dias bem corridos! Por isso, organize-se para viajar sem pressa e aproveite cada minuto da jornada. 

Monte Saint-Michel

A fortaleza medieval no meio do Canal da Mancha está no sonho de vários viajantes. Não é para menos! O Monte Saint-Michel, patrimônio tombado pela UNESCO, está entre os mais espetaculares cenários da França. É possível conhecê-lo em apenas um dia, mas será bastante corrido! Tente ficar ao menos uma noite hospedado na região, preferencialmente dentro dos muros. Só assim será possível fazer um tour pela baía do Monte Saint-Michel, ver a chegada da maré, conhecer a Abadia e ainda aproveitar os restaurantes locais. Se tiver três dias disponíveis, percorra os vilarejos medievais e fazendas nos arredores e aproveite para experimentar um carneiro de prado salgado (Agneau de pré-salé), encontrado apenas nos pastos ao redor do Monte Saint-Michel.

Veja mais detalhes e dicas sobre o Monte Saint-Michel.  

Giverny e os Jardins de Monet

Os Jardins de Monet estão entre os passeios prediletos de quem deseja apenas um bate e volta a partir de Paris. Localizados a apenas uma hora da cidade, eles são o destino perfeito para quem tem pouco tempo, mas não quer abrir mão de conhecer esse paraíso. A casa onde vivia o pintor impressionista Claude Monet é aberta ao público (exceto no inverno) que deseja ver de perto alguns dos cenários que inspiraram o artista. Caminhar pelos jardins é como se sentir parte de uma das telas do autor. Uma das mais incríveis experiências da Normandia. Giverny não é o único local a inspirar Monet. Etretat, Rouen, Honfleur e Le Havre também serviram de cenário para o artista.

Veja mais detalhes e dicas sobre Giverny e os Jardins de Monet.

Praias do Dia D

O roteiro das Praias do Dia D é imperdível para os visitantes que se interessam por assuntos relacionados a guerras. A Normandia ficou marcada pelo local onde aconteceu a Operação Overlord, ação que permitiu o desembarque das tropas aliadas na França e o início da retomada do país até a vitória na Segunda Guerra Mundial. Um trecho de 80 km do litoral normando é marcado por cinco pontos que foram estratégicos no Dia D. UtahOmahaGoldJuno e Sword são os codinomes das praias que serviram para o desembarque das tropas em 06 de junho de 1944. Há museus, memoriais, cemitérios e até destroços de equipamentos de guerra em toda a área. A região é bem grande e repleta de atrações. Por isso, se você realmente quer conhecer a fundo a história do Dia D, faça a visita em quatro dias. Para ver os pontos principais, serão necessários dois dias. Quem está com tempo apertado, pode também fazer a viagem de um dia (bem básica). Há tours que saem de Paris e de Bayeux para as Praias do Dia D. 

Veja mais detalhes e dicas sobre as Praias do Dia D.

Falésias de Etretat

Apesar do litoral normando ser marcado em vários trechos por falésias, é em Etretat que elas ganham os mais belos contornos. A paisagem está entre os incríveis cenários da Normandia e é uma visita imperdível para quem gosta de belezas naturais. Quem chega a Etretat poderá percorrer dois trajetos distintos pelo alto das falésias. A cada passo, a paisagem se torna ainda mais impressionante. Faça o passeio calmamente, aproveitando cada segundo. Se tiver um pouco mais tempo, fique para ver o pôr do sol. As falésias ganham novos tons e se tornam um imenso paredão laranja. É emocionante! Um dia será suficiente para conhecer a pequena cidade e fazer as trilhas. Porém, se for temporada de calor, fique dois dias em Etretat e aproveite a linda praia. Ir de carro é ideal para chegar até lá, especialmente para quem tem apenas um dia de viagem.  

Veja mais detalhes e dicas sobre as falésias de Etretat.

Honfleur

A pequena cidade portuária de Honfleur encanta pela paisagem ímpar que apresenta aos turistas. Difícil não se emocionar ao sentar nas muretas em torno do Vieux Bassin. O porto, construído no século XVII, é o principal cartão postal da cidade atualmente. Entre barcos enfeitados e casas que inspiraram Eugène Boudin e Claude Monet, dezenas de restaurantes recebem a multidão de visitantes que chega a Honfleur sempre que o sol está a pico. Aproveite a visita para passear pelas ruas do centro histórico, onde estão construções remanescentes do século XVI e XVII e vários comércios com iguarias gastronômicas maravilhosas. A cidade pode ser percorrida toda a pé e um dia de visita será suficiente para conhecê-la. Aproveite cada minuto da paisagem das casas e barcos refletidos na água. É um dos mais belos cenários da Normandia.

Veja mais detalhes e dicas sobre Honfleur.

Deauville e Trouville-sur-Mer

O glamour das cidades vizinhas de Deaville e Trouville está refletido nos belos casarões, hotéis cheios de charme, refinados cassinos e calçadões à beira-mar que mais parecem passarelas de moda. As duas cidades representam o auge da Belle Époque parisiense e até hoje são consideradas uns dos balneários preferidos entre os franceses ricos e famosos. Independentemente da vocação para destino de elite, Deauville e Trouville são cidades lindas, com praias deliciosas (e lindos guarda-sóis coloridos), além de excelentes opções para os amantes da boa mesa. Aproveite a visita sem ter muitas obrigações a cumprir. As duas cidades podem ser facilmente percorridas a pé. É um delicioso passeio para descansar no meio da viagem.

Veja mais detalhes e dicas sobre Deauville e Trouville-sur-Mer.

Rouen

Rouen é a capital da Alta Normandia. Ela se destaca por ter uma vida mais agitada do que a maior parte das cidades da região. Com uma história bastante turbulenta, Rouen passou por invasões vikings, foi cenário da morte de Joana d’Arc e, séculos mais tarde, quase totalmente destruída durante a Segunda Guerra Mundial. Ainda que os combates tenham sido muitos, a cidade preserva um belo centro histórico. Há projetos arquitetônicos realmente incríveis, em especial o da Catedral de Rouen, pintada mais de 30 vezes por Claude Monet. Um desses quadros pode ser visto no Museu de Belas Artes de Rouen. A cidade é jovem, com farta opção de atrações culturais, tem uma vida noturna agitada e bons restaurantes. Tudo respaldado por séculos de história. O centro histórico de Rouen, onde está a maior parte das atrações, pode tranquilamente ser percorrido a pé. Deixe o carro de lado e aproveite cada rua da cidade.  

Veja mais detalhes e dicas sobre Rouen

Caen

A cidade de Caen, capital da Baixa Normandia, faz parte da rota que segue os acontecimentos relacionados à Segunda Guerra Mundial. Quem visita as Praias do Dia D acaba seguindo até Caen, especialmente para visitar o Mémorial de Caen-Cité de l'Histoire pour la Paix. O museu com temática de guerra é um dos mais completos da Normandia. Além dele, quem visitar Caen poderá também ver a Château de Willian, o Conquistador, Duque da Normandia. O castelo medieval-construído no século XI – marca o centro da cidade e é sede do Museu de Belas Artes e do Museu da Normandia, além de oferecer uma maravilhosa área verde. Caen foi quase totalmente destruída na Batalha da Normandia, porém alguns belos exemplares arquitetônicos resistiram de pé. A Abadia de Saint-Étienne (também chamada de Abbaye aux Hommes) e a Abadia de Sainte-Trinité (Abbaye aux Dames) são visitas imperdíveis. As atrações estão espalhadas pela cidade, o que limita o deslocamento a pé; mas o trânsito é extremante tranquilo. Vale rodar um dia pelo lugar.

Veja mais detalhes e dicas sobre Caen.

Bayeux

A cidade de Bayeux é o principal ponto de apoio para quem pretende explorar a região da costa da Normandia marcada pelo desembarque das tropas aliadas. Bayeux está bem no centro das cinco Praias do Dia D, por isso atrai muitos visitantes. A cidade em si oferece poucas atrações e o turismo na região se baseia na visita aos sítios relacionados à Segunda Guerra Mundial (nos arredores da cidade). O destaque local é a Tapeçaria de Bayeux. A obra de arte em tapeçaria bordada, produzida no século XI, é um dos mais importantes registros históricos do período medieval na Normandia, quando os normandos, sob comando de Guilherme, o Conquistador, invadiram a Inglaterra. A peça única tem 70 metros de comprimento por meio metro de altura. Ela está em exposição no  Musée de la Tapisserie de Bayeux.

A Catedral de Bayeux, que marca o centro da cidade, também merece uma visita. O prédio original data do século XI. A catedral, após sofrer danos em um incêndio no século XII, foi reconstruída e só no século XIX ganhou os contornos definitivos vistos hoje. A cidade de Bayeux mantém muito da característica histórica por ter sido a primeira libertada pelas tropas aliadas na Segunda Guerra Mundial, sofrendo poucos danos em comparação a outras cidades, como Caen, que foram quase totalmente destruídas. Bayeux é uma cidade extremamente tranquila; é possível percorrê-la por completo apenas caminhando.

Le Havre

Com uma das maiores regiões portuárias da França, Le Havre foi um dos principais alvos durante a Segunda Guerra Mundial. A cidade, quase totalmente destruída, passou por um longo processo de reconstrução. As novas construções deixaram Le Havre com uma aparência bem mais moderna que a maior parte da Normandia. E, talvez, exatamente este fator tire um pouco da graça da cidade. Le Havre não tem características marcantes e se parece com qualquer outra cidade grande. Mas como ela é ponto de passagem entre Honfleur e Etretat, vale uma escapadinha para visitar os dois museus locais mais relevantes. O principal deles é o MuMa-Musée d'art moderne André Malraux. O espaço apresenta grandes obras de Claude Monet, André Derain, Auguste Renoir, Édouard Manet, Henri-Edmond Cross, Edgar Degas, Camille Pissarro, Eugène Boudin e outros grandes nomes. Para quem gosta de explorar novos museus, esse certamente é imperdível. Além do MuMa, Le Havre oferece aos visitantes um espaço dedicado à arte com projeto arquitetônico do brasileiro Oscar Niemeyer. A obra, de nome Le Volcan, funciona como um complexo cultural, onde acontecem vários eventos simultâneos. Na saída da cidade, não deixe de passar pela Ponte da Normandia. A obra é impressionante!

Lisieux

A pequena cidade medieval de Lisieux atrai majoritariamente os turistas mais religiosos. E o motivo é muito especial. Foi em Lisieux que viveu Santa Teresinha. A cidade é ponto de peregrinação atualmente, recebe centenas de milhares de fiéis todos os anos em visita à basílica construída para homenagear a santa católica. Na cidade, estão em exposição várias relíquias referentes à santa. Não há outras grandes atrações em Lisieux além da basílica.

Rotas gastronômicas

A Normandia é reconhecida como um excelente pólo gastronômico na França. Os produtos regionais são de excelente qualidade e alguns são característicos da região. Viajar pelas estradas normandas é uma grande tentação. A todo o momento, é possível ver placas de restaurantes caseiros e muitos produtores de queijos, calvados e sidras à beira das estradas. A felicidade para quem gosta de comer extrapola as mesas dos restaurantes e proporciona excelentes experiências, bem mais verdadeiras que um menu fixo de três passos. Os pequenos mercadinhos semanais vendem iguarias que jamais chegarão ao comércio brasileiro, produtos tão deliciosos que talvez você comece a traçar a rota de passeios para cruzar com vários mercados ao longo da viagem. Por isso, experimente tudo o que puder lá mesmo!

Quem busca pelos prazeres da mesa não pode deixar de passar por Camembert e Livarot. Apesar de muito pequenas, é nessas cidades onde se encontram os verdadeiros, autênticos e típicos queijos normandos. Em Camembert há um pequenino museu sobre os queijos, mas o bom mesmo é ir até a route du camembert e comprar um queijo direto da mão do produtor. É incrível poder experimentar um camembert fresquinho, direto da fazenda. Em Livarot também há uma excelente atração para os fãs de queijos. A Fromagerie E. Graindorge-com porte de indústria – recebe os turistas, que podem percorrer toda a fábrica e ver o processo de produção dos queijos.

Também autênticos produtos locais, as tradicionais bebidas normandas fazem sucesso. Sidras e calvados são vendidos em todos os mercados; e você poderá visitar um produtor e fazer um tour para entender o processo de produção das bebidas. Quer saber um pouco mais sobre as tradições culinárias da região? Veja o post sobre onde comer na Normandia.   

  • Abbatiale-saint-ouen

    Abadia de Saint-Ouen (Abbatiale Saint-Ouen)

    Nota:  de 10 (0)

    De tão linda e grandiosa, a Abadia de Saint-Ouen é constantemente confundida com a Catedral de Notre-Dame. Quem chega desavisado à cidade de Rouen não acharia nada estranho que aquela imponente construção gótica, em meio a um lindíssimo jardim, fosse a principal igreja da cidade. A Abadia de Saint-Ouen,...

  • Arromanches-360

    Arromanches 360

    Nota:  de 10 (0)

    A paisagem no Arromanches 360 Circular Cinema já valeria a visita. No alto do rochedo, com vista para Gold Beach-uma das praias da batalhas do Dia D-, este cinema circular ajuda os visitantes a se ambientarem no momento histórico da Segunda Guerra Mundial. O cinema exibe um vídeo documentário em que são apresentados vários eventos...

  • Batterie Allemande de Longues-sur-Mer

    Nota:  de 10 (0)

    Bem no meio do caminho entre Omaha Beach e Gold Beach, os visitantes encontrarão um sítio no alto do penhasco com vários resquícios da Segunda Guerra Mundial. Algumas das mais bem preservadas construções utilizadas pelos soldados nazistas na defesa da costa normanda estão na região de Longues-sur-Mer. Várias...

  • Cathedrale-notre-dame-de-rouen

    Cathédrale Notre-Dame de Rouen

    Nota:  de 10 (0)

    Construída no coração do centro histórico de Rouen, a Catedral de Notre Dame reina soberana na paisagem da cidade. Do alto da torre do Gros Horloge, é possível ter noção da dimensão da sua grande torre, com 151 metros de altura. A construção em estilo gótico teve início no...

  • Cemiterio-americano-normandie-american-cemetery-and-memorial

    Cemitério Americano (Normandie American Cemetery and Memorial)

    Nota:  de 10 (0)

    Um dos pontos de visitação mais procurado nas Praias do Dia D é o Normandy American Cemetery and Memorial (Cemitério Americano). O espaço abriga 9387 túmulos de soldados americanos falecidos nos combates da Batalha da Normandia. Muito mais que apenas um cemitério, o local é um ponto de homenagem aos que perderam suas...

  • Château de Vendeuvre

    Nota:  de 10 (0)

    Esta residência rural data do século XVIII e é um perfeito exemplar de uma casa típica da aristocracia francesa. Construído por Alexandre de Vendeuvre, descendente de uma das mais antigas famílias da Normandia, o Château de Vendeuvre recebe os visitantes para uma deliciosa visita. Quem adquire o ticket completo, pode conhecer a...

  • Gold-beach-arromanches

    Gold Beach - Arromanches

    Nota:  de 10 (0)

    Os grandes destroços que restam do porto artificial construído pelos ingleses para receber navios e equipamentos durante a Batalha da Normandia atraem milhares de turistas para Arromanches. O local, bem no centro das praias do desembarque, recebeu o codinome de Gold Beach e hoje preserva grandes peças que lembram a Segunda Guerra Mundial. Além...

  • Gros-horloge

    Gros Horloge

    Nota:  de 10 (0)

    A luz dourada do sol ilumina os ponteiros do grande relógio de Rouen. O Gros Horloge é marca registrada da cidade e um dos mais belos cenários locais. No meio de uma das mais importantes avenidas do centro, ele segue impassível entre milhares de pedestres e comércios movimentados. As engrenagens e ponteiros transportam os visitantes direto...

  • Historial-jeanne-d-arc

    Historial de Joana d'Arc

    Nota:  de 10 (0)

    Um dos mais novos espaços culturais de Rouen, o Historial de Joana d’Arc homenageia a importante heroína francesa. O local escolhido para o memorial é o Palácio Episcopal (Palais Archiépiscopal), onde teria acontecido, em 1431, o julgamento que condenou Joana d’Arc à morte e onde depois, em 1456, ela foi inocentada...

  • Eglise-saint-jeanne-d-arc

    Igreja Santa Joana d'Arc (Église Saint-Jeanne d'Arc)

    Nota:  de 10 (0)

    Em meio à Place di Vieux Marché, após ser condenada por heresia, Joana d’Arc foi queimada em uma fogueira. O local onde aconteceu a morte da heroína francesa, hoje santa da igreja católica, é marcado por uma igreja construída em sua homenagem. A Igreja Santa Joana d'Arc é uma das mais polêmicas...

  • Memorial-de-caen

    Mémorial de Caen

    Nota:  de 10 (0)

    Fora da região à margem do Canal da Mancha, a cidade de Caen também é um ótimo ponto de parada para os turistas interessados na história do Dia D. A cidade foi uma das mais atingidas pelos ataques e hoje, totalmente reconstruída, oferece aos visitantes um dos melhores museus sobre questões de guerra e paz. O ...

  • Musee-du-debarquement-d-day-museum

    Musée du Débarquement - D Day Museum

    Nota:  de 10 (0)

    À beira da praia de Arromanches, o D Day Museum relembra os dias da Batalha da Normandia. Na região que recebeu o nome de Gold Beach, esse museu convida os visitantes a conhecerem um pouco mais sobre os detalhes que envolveram a Operação Overlord. 

    O espaço onde funciona o Musée du Débarquement-ou D Day Museum-...

  • Musee-des-beaux-arts

    Museu de Belas Artes (Musée des Beaux-Arts)

    Nota:  de 10 (0)

    A Normandia é conhecida por ser o berço do movimento impressionista. E Rouen faz parte da rota de grandes artistas do movimento. O museu de Belas Artes da cidade é especialmente interessante por apresentar grandes obras inspiradas pelos cenários de Rouen. É uma oportunidade incrível de ver, no mesmo dia, um grande quadro de Monet e...

  • Museu-memorial-d-omaha-beach

    Museu Memorial d'Omaha Beach

    Nota:  de 10 (0)

    Omaha Beach é conhecida por ter sediado um dos mais sangrentos embates da Batalha da Normandia. Atualmente, o local pouco guarda dos combates. No entanto, o Museu Memorial d'Omaha Beach mantém viva a lembrança dos que lutaram naquele período.

    O museu, apesar de pequeno, tem uma considerável variedade de peças relacionadas...

  • Omaha-beach

    Omaha Beach

    Nota:  de 10 (0)

    Um dos pontos mais procurados pelos visitantes que buscam as Praias do Dia D é Omaha Beach. A praia é famosa por ter sediado o mais sangrento combate no desembarque das tropas aliadas. Foram mais de 2000 soldados americanos mortos nas primeiras horas da batalha. O acesso das tropas foi o mais difícil entre todas as praias, especialmente porque havia...

  • Overlord-museum

    Overlord Museum

    Nota:  de 10 (0)

    Um dos mais recentes museus inaugurados nas Praia do Dia D, o Overlord Museum é também um dos mais impressionantes. Para quem se interessa pela Segunda Guerra Mundial e tem curiosidade em relação aos grandes veículos e armamentos de Guerra, o Overlord Museum é imperdível.

    O museu se parece mais com os tipos encontrados nos...

  • Pointe-du-hoc

    Pointe du Hoc

    Nota:  de 10 (0)

    Localizado entre Utah Beach e Omaha Beach, Pointe Du Hoc não é propriamente uma das praias demarcadas pela Operação Overlord. Entretanto, o rochedo é um dos que mais preserva resquícios da infraestrutura utilizada pelo exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial. A operação em Pointe Du Hoc tinha...

  • Utah Beach, Juno Beach e Sword Beach

    Nota:  de 10 (0)

    Apesar de as principais atrações nas Praias do Dia D estarem concentradas em torno de Omaha Beach e Gold Beach, as praias de Utah, Sword e Juno também oferecem aos visitantes pontos interessantes para visitação. Se houver tempo na viagem, invista em um roteiro completo e siga de Utah até Sword, passando por todas as praias da...

Tudo que você precisa saber sobre Normandia!

Esse texto sobre O que fazer na Normandia faz parte do guia de Normandia no Melhores Destinos

Comentários para O que fazer na Normandia

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.