Normandia

Onde comer na Normandia

Viajar para a França é ter a certeza de viver maravilhosas experiências gastronômicas. E nem é preciso pagar caro ou reservar refinados restaurantes para se sentir maravilhado com as delícias locais. Especialmente na Normandia, podemos dizer que a felicidade mora nos pequenos prazeres, como saborear um caramelo salgado ou comprar um queijo artesanal direto das mãos do produtor, ali mesmo na pequena região rural de Camembert! Entre refrescantes goles de sidra, deliciosos frutos do mar, queijos frescos e até mesmo ovelhas naturalmente salgadas pelos prados do Monte Saint-Michel, você viverá dias repletos de sabor. Por isso, esteja sempre preparado para um delicioso piquenique de última hora ao passar em frente a uma boulangerie.

A região da Normandia oferece aos visitantes diversas tradições que merecem ser degustadas. A começar pelos frutos do mar. Com mais de 600 km de litoral, a Normandia não poderia deixar de presentear os glutões com maravilhosos pratos à base de peixes e crustáceos. Os cardápios normandos sempre estarão recheados de opções, porém é fácil perceber que o prato predileto dos moradores locais são as moules. Os pequenos mexilhões fazem a festa dos apaixonados por frutos do mar. Em generosas porções dentro de baldes-quase sempre acompanhados de batatas fritas (moules frites)-, eles ultrapassam o status de comida e transformam a refeição em um ritual, afinal, são muitos mexilhões a serem abertos.

Algumas cidades se destacam pelo frescor e qualidade dos pratos à base de frutos do mar. É o caso de Trouville, onde um grande mercado de peixes, crustáceos e outros produtos atrai centenas de pessoas todos os dias. Os visitantes se sentam ao longo da calçada, de frente para a feira, e ali mesmo escolhem as refeições que serão preparadas na hora. Mesinhas ao ar livre também são a maior atração de Honfleur, onde os clientes aproveitam a linda vista dos barcos ancorados para experimentar refeições bem elaboradas ou simplesmente curtir um grande balde de moules.  

Os viajantes que preferem pratos com carne vermelha também terão uma maravilhosa surpresa na Normandia. Na região que circula o Monte Saint-Michel, é possível experimentar a raríssima carne conhecida como Agneau de pré-salé, ou cordeiro pré-salgado. Os animais têm a carne naturalmente salgada devido ao local onde pastam. É uma oportunidade única de experimentar a iguaria que tem denominação de origem controlada e raramente é exportada.

Também no Monte Saint-Michel, os visitantes encontrarão um dos mais famosos pratos locais, o Omelette de la Mère Poulard. Batidos à exaustão, os ovos criam uma nuvem que dá forma ao prestigiado omelete. Se quiser vivenciar a experiência tradicional, vá ao restaurante que dá nome ao prato. Ainda que todos os outros em Saint-Michel vendam o produto como original, apenas no La Mère Poulard você experimentará o autêntico prato. Mesmo que seja muito tradicional, vale o alerta para o preço exorbitante (o mais barato, sem recheio, custa 40 euros) e para o fato de que ele não agrada a todos os paladares.   

Outro produto típico da região, porém já mundialmente famoso, é o queijo camembert. É quase irresistível fazer uma visita ao pequeno vilarejo que dá nome a um dos mais emblemáticos queijos franceses. Apesar de não haver quase nada no local – apenas o pequeno museu La Maison Du Camembert –, o que realmente importa será fácil de encontrar por lá! Basta pegar a Route du Camembert para comprar, diretamente dos fazendeiros, o autêntico queijo produzido artesanalmente!

A Fromagerie Durand é um dos pontos de parada mais procurados por quem deseja experimentar o produto. Eles estão preparados para receber os turistas que podem, além de comprar as iguarias, ver in loco o processo de produção. Outro local interessante para quem gosta de ver como os produtos são processados é a cidade de Livarot, a 10 minutos de Camembert. No local, há uma grande fábrica da Fromagerie E. Graindorge, onde os turistas poderão acompanhar, através de corredores de vidro, todo o processo de produção de queijos Livarot e Pont-L'Évêque, também típicos da região.  

A Normandia tem uma grande vocação para produtos artesanais. Ao longo da viagem não será difícil encontrar mercadinhos locais com uma grande variedade de iguarias capazes de fazer a felicidade de qualquer apaixonado por comida. Ao avistar uma feira, não deixe de passear por ela. Dificilmente será possível resistir aos queijos, conservas, embutidos e outras delícias produzidas artesanalmente.

Apesar de a gastronomia francesa ser reconhecida mundialmente pela qualidade, nem sempre será fácil degustá-la. A razão é tão simples que pode até gerar confusão. O horário de funcionamento dos restaurantes é bastante restrito e quase inacreditável, especialmente no jantar. Não é raro encontrar um estabelecimento que abre às 19h e fecha às 21h. Na verdade, esta é a regra. Por isso, não se deixe enganar pelo sol do verão, que se põe apenas às 22h. Se deixar para jantar quando já estiver noite, certamente você ficará com fome e ouvirá do atendente um sonoro “Je suis désolé”. Os restaurantes fecham as portas muito cedo e não abrem exceção. Depois de 21h, apenas grandes cidades-como, Caen, Le Havre e Rouen-permanecem movimentadas e com estabelecimentos abertos.

Durante toda a viagem, o mais comum de encontrar nos restaurantes, independente da especialidade, são menus de três passos. Entrada, prato principal e sobremesa compõem o cardápio básico de quase todos os estabelecimentos. Os preços variam de acordo com a complexidade do menu, e variam entre EUR 12 a EUR 21 nos bistrôs mais comuns. Uma refeição mais elaborada não sairá por menos de EUR 40. E, incrivelmente, uma taça de vinho costuma ter o mesmo preço de uma lata de refrigerante. Por isso, aproveite para brindar muito à Normandia! 

Tudo que você precisa saber sobre Normandia!

Esse texto sobre Onde comer na Normandia faz parte do guia de Normandia no Melhores Destinos

Comentários para Onde comer na Normandia

Para comentar você precisa se cadastrar ou fazer login.